10 Principais Tipos de Transtorno de Personalidade

Os tipos de transtorno de personalidade se resumem ao grupo de doenças psiquiátricas em que traços emocionais e comportamentais da pessoa são caracterizados bastante inflexíveis que geram problemas na vida pessoal e profissional destas pessoas.

Tais distúrbios são comprometedores sérios da qualidade de vida dos indivíduos, que passam por grande dificuldade em adaptação a certas situações que, assim, geram sofrimento e ainda incômodos aos mesmos e às pessoas que convivem junto.

1) 10 Principais Tipos de Transtorno de Personalidade

Há vários tipos diferentes de transtorno, entre os principais estão:

  • Transtorno de personalidade dependente
  • Antissocial
  • Esquizóide
  • Esquizotípica
  • Transtorno de personalidade de isolamento
  • Limítrofe ou Borderline
  • Transtorno de personalidade narcisista
  • Histriônica
  • Paranóide
  • Transtorno de personalidade obsessivo-compulsiva

A causa exata de transtornos de personalidade ainda não é conhecida. Mas, sabe-se que vários fatores genéticos e ambientais estejam relacionados. Cada tipo do transtorno pode existir uma causa diversa.

2) Sintomas

Os sinais e sintomas oscilam bastante segundo tipo de transtorno. De forma geral, os transtornos formam um padrão de sentimentos, comportamentos e pensamentos que não têm adaptação a situações diferentes.

Normalmente, inicia-se na adolescência e pode gerar vários problemas em casos sociais e profissionais. A gravidade destas doenças e a intensidade dos sintomas diferem bastante também, segundo o transtorno de personalidade em evidência.

3) Diagnóstico

Para diagnóstico do paciente com determinado transtorno de personalidade, o especialista faz avaliação mental, com análise do histórico médico e gravidade de sintomas do indivíduo.

 4) Tratamento

A psicoterapia, juntamente com tratamento medicamentoso, tem sido a opção principal em relação aos médicos e pacientes. Mas, mesmo o foco do tratamento sendo de forma básica o mesmo, com sintomas amenizados e controlados, a abordagem tem a tendência de variar segundo o tipo de transtorno de personalidade.

Os indivíduos doentes não costumam procurar auxílio médico por conta. E apresentam a tendência de fazer isso quando a doença já gerou grandes complicações às próprias vidas, para relacionamentos, emprego e grupos sociais.

A principal complicação que decorre de transtornos de personalidade se resume ao comprometimento grave da qualidade de vida da pessoa. Esta passa a apresentar problemas nas relações, círculo social e na vida profissional. E os indivíduos com determinado transtorno psiquiátrico caracterizam-se com maior propensão a desenvolver outros.

Onde fazer o tratamento?

Amborder

Telefone: (11) 5904-3961

Endereço: Rua Coronel Lisboa, 969 Vila Clementino – SP

5 Dicas e curiosidades sobre perfume

Muita gente acredita que para o perfume ter o seu efeito, basta borrifá-lo em qualquer parte do corpo. Mas, não é bem assim que funciona, existem truques e pontos estratégicos que potencializam ainda mais seu efeito e prolongam a duração da sua fragrância. Confira a lista.

1. Devemos aplicá-lo onde há maior corrente sanguínea

Muita gente acredita que aplicar atrás dos pulsos, atrás do joelho, na nuca e atrás da orelha são pontos estratégicos. Mas você sabe o por quê? Esses pontos são escolhidos por possuírem maior corrente sanguínea e, desta forma, o perfume é absorvido para dentro de nossas veias, espalhando-se pelo corpo e inalando seu aroma por mais tempo.

2. Quantidade para o dia e para a noite

O ideal é que optemos por uma quantidade diferente de dia, enquanto trabalhamos, ou a noite, quando vamos àquele evento badalado. Durante o dia é interessante passá-lo apenas em dois pontos, por exemplo, na nuca e nos pulsos, sempre borrifando uma só vez em cada área.  Já durante a noite, podemos “abusar” um pouquinho mais, aplicando em mais áreas, porém, seguindo a ideia de um borrifo por ponto escolhido.

3. No verão

Precisamos ter um maior cuidado durante esta estação, utilizando perfumes mais suaves, sem exagerar na aplicação, já que o calor e o suor podem provocar efeito contrário e a fragrância adquirir um aroma desagradável.

4. Duração das fragrâncias

Normalmente, uma fragrância dura cerca de quatro horas na pele, por isso, é ideal reaplicá-la de três a quatro vezes por dia. Dependendo da marca do perfume a fixação na pele pode ser maior, além disso, alguns fatores influenciam neste quesito, como: exposição do frasco à luz do sol.

5. Diferença entre colônia e perfume

A diferença nada mais é do que a concentração da fragrância de ambos: a colônia possui menos concentração que o perfume, por isso, um torna-se mais “fraco” que o outro.

Dormir Melhor: 10 Dicas Incríveis que te Ajudarão Dormir Bem

Dormir é importante para a saúde do corpo e da mente. Se o descanso não for pleno, todo o bom funcionamento do organismo é prejudicado, o que nos causa diversos problemas ao longo do dia e de nossas vidas. Dormir melhor ajuda a combater doenças e a melhorar o funcionamento do cérebro.

Estudos mostram que uma boa noite de sono faz com que você se lembre de algo aprendido momentos antes de dormir. Além disso, ajuda a diminuir taxa de deterioração da memória. Quem sobre de insônia fica aquém destes benefícios, por isso, separamos dez dicas que irão ajudar a combater a insônia e dormir bem e melhor.

Vejas as 10 Dicas que te Ajudarão Você Dormir Melhor

1. Consumir queijos e outros alimentos ricos em triptofano, no mínimo 3 horas antes de dormir.

Alimentos ricos em triptofano, ajudam na formação de serotonina, o que irá ajudar o corpo a sentir-se mais vigoroso, logo, devem ser consumidos durante o dia ou, de preferência, na parte da manhã. Assim, irá sentir-se mais dispostos ao longo do dia.

Além disso, o triptofano ajuda na liberação de outros componentes energéticos e a manter a vitalidade do organismo ao longo do dia. Efeito contrário ao que se espera no momento de repouso.

Os principais alimentos ricos em triptofano são os mesmos ricos em proteínas, como leite e derivados (como queijo), carne de frango, carne vermelha, peixe, ovos, amendoim, batatas, couve-flor.

2. Faça exercícios. Mas termine cerca de 3 horas antes do horário de dormir.

Exercícios e dormir têm uma ligação bem estreita. Sim, o exercício pode ajudar a dormir, mas tudo irá depender do tipo de exercícios que irá ser realizado. Se você fizer um exercício padrão de academia, ou seja, os que geralmente estão relacionados com perda de gordura e aumento de massa muscular, dentro de 3 horas ou menos do momento que irá dormir, irá estimular o coração, o cérebro e os músculos e, por isso, seu corpo estará em um estado contrário do adequado para que seja possível relaxar e dormir.

No entanto, exercitar-se três ou quatro vezes por semana, antes destas 3 horas, poderá ajudar a ter uma noite de sono muito mais proveitosa.

3. Reduza todo o barulho do quarto. Durma no silêncio.

Pode parecer uma ideia simples, mas reduzir o ruído do quarto irá realmente te ajudar a dormir melhor. Nossos ouvidos continuam funcionando normalmente enquanto dormimos, é o nosso cérebro que ignora boa parte dos sons para que possamos desancas. Caso existam barulhos súbitos e altos, o cérebro nos coloca em estado de alerta e, por isso, dormir, torna-se realmente difícil.

Desligar a TV, computador, rádio e qualquer outro dispositivo que pode criar ruído durante a noite é uma solução rápida e simples para os problemas de ruído.

Já eliminar ruídos de cães latindo, vizinhos barulhentos, tráfego da cidade ou até mesmo barulhos de outras pessoas em sua casa pode ser mais difícil, então, tente mascará-los ou bloqueá-los. Para mascarar, experimente ouvir músicas ou sons suaves, por exemplo. Para bloquear, tente usar um fone com cancelador de ruído. Veja aqui como um cancelador de ruído funciona.

4. Deixe o quarto totalmente escuro.

Em suma, a luz inibe a liberação de melatonina, um hormônio que promove o sono naturalmente. “Mesmo se você cochilar, a luz pode ser detectada através de suas pálpebras e seu cérebro não irá produzir melatonina, pois estará confuso se é noite ou dia”, diz Joyce Walsleben, PhD, professor associado da Faculdade de Medicina da Universidade de Nova York.

O corpo está programado para dormir quando está escuro. Este é um momento vulnerável e o escuro relaxa o corpo e nos faz sentir seguros para que possamos obter o melhor sono.

5. Durma e acorde regularmente no mesmo horário todos os dias.

Com a correria do dia a dia, às vezes, pode ser difícil para regular um horário de sono. No entanto, é essencial. Ao conseguir ir dormir, toda noite, no mesmo horário e levantar, toda manhã, também no mesmo horário, o corpo entra em uma rotina de sono e mantém um relógio biológico que lhe permite obter um sono melhor.

Vá para a cama no mesmo horário todas as noites. Saia da cama no mesmo horário todas as manhãs. Programe-se para que você durma cerca 7-8 horas por noite.

Não mude sua agenda nos finais de semana. Por mais tentador que seja dormir um pouco mais aos sábados, isso jogaria fora sua rotina. Também, embora mais difícil ainda, seria conseguir cerca de 20 minutos no meio da tarde para tirar um cochilo. Isso ajudaria a adormecer à noite.

6. Comece a desligar a televisão pelo menos uma hora antes de dormir

Assistir televisão antes de dormir pode até parecer indefeso, mas pode prejudicar significativamente a qualidade do seu sono durante a noite. Em vista disso, recomenda-se desligá-la pelo menos uma hora antes de ir se deitar, e isso vale também para qualquer outro aparelho eletrônico, tais como o celular, o computador, o vídeo game e por aí vai.

Tanto a televisão como qualquer outro aparelho eletrônico são prejudiciais para o sono, visto que possuem a capacidade de acordar o cérebro, deixando-o mais ativo. E é por isso, que a maioria das pessoas, acabam perdendo o sono depois que tem contato com um deles. Se for para deixar algo ligado no quarto durante o sono, o ideal é deixar uma rádio em alguma estação de músicas mais calmas, como é o caso de sons da natureza, e o ar condicionado ou o ventilador dependendo da sua preferência, visto que ambos produzem alguns ruídos que na maioria das vezes estimulam o sono.

7. Comece a ler antes de ir dormir

Nem todo mundo gosta de ler, isso é verdade, mas quem está sofrendo com algum distúrbio do sono deveria começar a praticar esse hábito saudável. O mais indicado é que você deite apenas na hora em que de fato sentir vontade de dormir, mas você pode sentar na cama ou em algum outro local antes, e escolher algum livro para ler.

Dê preferência a ambientes com uma luz mais fraca e a livros mais tranquilos, que te tragam uma sensação de paz e aconchego. Pode parecer difícil no começo para as pessoas que não tem hábito de leitura, mas com o passar do tempo todos acabam aderindo o hábito e consequentemente notando significativas melhoras no sono. Vale a pena tentar!

8. Comece a cochilar após o horário do almoço

Poucas pessoas sabem da verdadeira importância que existe em simplesmente cochilar logo após que se almoça. Mas vale ressaltar: estamos falando de um breve cochilo entre dez e trinta minutos, nada de dormir horas a fio. Esse pequeno intervalo é o bastante para promover o relaxamento do indivíduo, sem afetar negativamente a sua qualidade do sono durante a noite.

Ficar tirando cochilos prolongados e intermitentes durante o dia, faz com que ao chegar a noite você perca totalmente o sono, já que repôs durante os cochilos. O que você pode fazer é cochilar rapidamente depois do almoço. Se dormir em outros horários já tenha ciência de que durante a noite provavelmente você terá muitos problemas para pegar no sono.

Aliás, os cochilos mais prolongados durante o decorrer do dia são indicados para as crianças e bebês com até quatro anos de vida. Isso não prejudica o sono delas. Então se você já é um adulto, evite fazer isso para melhorar a qualidade do seu sono.

9. Café depois das cinco da tarde está proibido

Essa dica não é uma regra, até porque muitas pessoas que não sofrem distúrbios do sono, tomam café durante a noite e ainda assim conseguem dormir perfeitamente. Mas se você está no grupo daquelas que estão querendo dormir melhor, o recomendado é que se evite tomar café e qualquer outra bebida rica em cafeína, pelo menos depois das cinco da tarde. Dentre as mais comuns podemos destacar as bebidas à base de cola, chás preto, guaraná e assim por diante.

Se você é daquela pessoa que gosta de beber algo relaxante antes de dormir opte por um leite em temperatura morna ou até mesmo uma taça de vinho tinto. Se for comer algo, dê preferência aos alimentos que estimulam o sono. É muito viável procurar um médico da área de nutrição para que ele monte um cardápio voltado para os seus objetivos, que no caso pode ser melhorar a qualidade do sono.

10. Deixe o ambiente o mais confortável possível

Para dormir com qualidade é muito importante que o seu quarto seja um ambiente que transmita conforto, pois automaticamente irá contribuir e muito para o seu processo de relaxamento. Lembre-se: o local precisa ser escuro durante a noite, então você pode investir em cortinas que garantam esse requisito para você. Outro aspecto muito importante a se considerar é relacionado a temperatura do quarto. Extremos prejudicam o sono, ou seja, quartos muito quentes ou muito frios irão atrapalhar, o ideal é que haja um equilíbrio.

Não tenha medo de investir em travesseiros de qualidade, pois eles são determinantes na garantia do seu sono de qualidade. Inclusive você pode escolher pijamas mais confortáveis para esse momento ou até mesmo dormir pelado, visto que também traz muitos benefícios para a sua saúde.

11 – Bônus. Veja também Este vídeo com outras dicas para dormir melhor

No infográfico listamos cada dica, para você baixar no seu computador e lembrar toda vez que precisa para dormir melhor.

5 dicas para dormir melhor

Fonte:

http://news.nd.edu/news/29625-learning-best-when-you-rest-sleeping-after-processing-new-info-most-effective-new-study-shows/

http://www.prevention.com/health/sleep-energy/20-ways-sleep-better-every-night