10 Benefícios de Schisandra Chinensis para a Saúde

Quer ter mais energia, melhor digestão e uma pele que seja resistente aos sinais de envelhecimento? Então você vai querer aprender sobre Schisandra Chinensis, um tipo de erva medicinal com muitas propriedades de cura que tem sido utilizada na medicina tradicional chinesa por milhares de anos.

Schisandra chinensis vem de uma videira nativa da China e partes da Rússia. Tem um lugar especial na história desde que foi usada junto com outras ervas antigas por mestres taoístas e imperadores chineses. Na Rússia, a schisandra foi reconhecida pela primeira vez em 1960, após a descoberta de que ela ajuda a combater a fadiga, problemas cardíacos e os efeitos negativos do estresse.

Curiosamente, schisandra possui um gosto bastante complexo, com os cinco sabores: amargo, doce, azedo, salgado e picante. É por isso que a schisdanra às vezes é chamada de “a erva de cinco sabores”.

Você pode comê-la em forma de extrato de pó ou em frutas, suplementos em pílulas ou cápsulas ou beber no chá ou vinho.

A Seguir os 10 Benefícios de Schisandra Chinensis para a Saúde:

 

Schisandra chinensis

1) Poderoso anti-inflamatório

Graças à sua elevada concentração de antioxidantes, a schisandra ajuda a combater os danos dos radicais livres e reduz as respostas inflamatórias – que estão na raiz de doenças como o câncer e as doenças cardíacas. Os radicais livres ameaçam a nossa saúde, porque aceleram o processo de envelhecimento.

2) Reduz o estresse

A schisandra ajuda a equilibrar os hormônios naturalmente e, portanto, melhora a nossa capacidade de lidar com estresse, tanto físico e psicológico. Ajuda a equilibrar uma superprodução de “hormônios do estresse” como o cortisol. Quanto mais estressados estamos, menos capazes somos de nos defendermos de doenças.

3) Desintoxica o fígado

Melhora a função hepática, desintoxicando o fígado. E reduz os triglicérideos, diminuindo as chances de desenvolver um fígado gorduroso.

4) Protege a pele

Schisandra é um tônico de beleza natural que é capaz de proteger a pele do vento, exposição ao sol, reações alérgicas, dermatites e acumulação de toxinas. Tem sido amplamente utilizada para tratar doenças da pele devido aos seus efeitos anti-inflamatórios.

5) Saúde mental

Um dos mais antigos usos para schisandra é promover a clareza mental e elevar os níveis de energia. Séculos atrás, na Rússia, foi usada pelo povo Nanai para promover a resistência para os caçadores que iam em viagens longas sem muito descanso ou nutrição.

Uma das grande coisa sobre schisandra é que ela faz você se sentir mais calmo, enquanto luta contra a fadiga. Protege contra transtornos neurológicos e psiquiátricos, incluindo: depressão, esquizofrenia, ansiedade, alcoolismo e até mesmo a doença de Alzheimer.

6) Função sexual saudável

Pesquisas mostram que a schisandra é benéfica para a fertilidade, ajudando a promover uma libido forte, impedindo a disfunção sexual como a impotência e afetando positivamente os órgãos reprodutivos, incluindo o útero.

Ela tem um impacto positivo sobre o estrogênio, sendo capaz de ajudar na cicatrização e na formação de densidade mineral óssea. Isto é útil para prevenir doenças como osteoporose, que são comuns entre as mulheres mais velhas como eles experimentam mudanças nos níveis hormonais, na menopausa.

7) Trata a asma

Suplementos contendo extrato de Schisandra são usados para tratar a tosse e a asma. É um expectorante, por isso limpa as passagens das vias aéreas e expulsa muco dos pulmões.

8) Controla a diarreia

Ajuda no peristaltismo adequado (contrações musculares gástricas), úlceras gástricas induzidas pelo estresse e também pode ajudar com diarréia.

9) Previne o diabetes

Devido à sua capacidade de afetar positivamente o sistema imunológico, schisandra ajuda a parar o desenvolvimento da aterosclerose (endurecimento das artérias), equilibra o açúcar no sangue e previne o diabetes.

10) Ajuda na visão

Com a ajuda da schisandra, o corpo poupa energia para ser usada em funções como função visual, saúde cardiovascular e prevenção de infecções como gripe, sinusite crônica e até mesmo resfriados comuns.

II) Contra-indicações:

Não recomendado para pessoas que têm refluxo ou úlceras.

  • Também contra-indicado para a epilepsia.
  • Não recomendado para mulheres grávidas.

 

Fontes:

https://selfhacked.com/2016/05/11/schisandra/

http://thedigestersdilemma.com/schizandra-one-food-many-benefits/

10 Dicas Eficientes para Preparar um Pitch para a sua Startup

A apresentação de um pitch é um grande divisor de águas para qualquer empreendedor, afinal é nesse momento em que os investidores decidirão se sua ideia vale a pena ou não – tudo em um curto espaço de tempo.

Portanto o empreendedor deve preparar um bom pitch para convence-los de que sua ideia pode ser um bom negócio, ele deve saber condensar bem as informações, ser claro e preciso em cada aspecto envolvendo sua ideia de startup, e claro, procurar sempre manter a autoestima durante a apresentação.

Existem diversos outros aspectos que podem deixar seu pitch ainda mais interessante, por isso reunimos 10 dicas que poderão ajuda-lo, confira:

10 Dicas Eficientes para Preparar um Pitch para o seu Startup

1) Fale o que eles querem ouvir

Saiba direcionar bem a sua apresentação, ou seja, não apresente informações desinteressantes aos investidores. Procure fazer essa pergunta previamente: O que eles querem ouvir? Eles querem saber como eles vão ganhar dinheiro. Elimine todas as informações que você acha que não são válidas se colocando no lugar de quem vai assistir sua apresentação.

2) Monte um bom slide

É recomendável que você monte uma apresentação com no máximo 10 slides e tente ser o mais breve possível em cada um deles, para dessa forma não acabar entediando os espectadores.

Procure também deixar o slide mais ilustrativo e com poucas informações, pois ele deve servir apenas como base para o assunto principal e para ajudá-lo a manter o seu raciocínio.

3) Seja conciso

Lembre-se que você tem pouco tempo, então é importante que você se atenha ao que é fundamental, um pitch de sucesso deve ser bastante conciso e descrever com precisão o seu startup. Apresente todas as informações de bandeja para não haverem dúvidas.

4) Elabore uma frase de efeito

Essa dica pode atrair bastante a atenção das pessoas, ela deve exemplificar exatamente a função do seu projeto. Um exemplo bastante famoso é o do Steve Jobs sobre a definição do iPod: “Mil Músicas em seu bolso”. Só isso quer dizer muita coisa, não é mesmo?

5) Não seja técnico demais

O Pitch é para os investidores e não para cientistas. Utilize termos acessíveis que facilitam a compreensão da sua ideia. Então exclua do seu vocabulário por um tempo palavras que sejam muito difíceis e técnicas demais, por mais que você queira os impressionar demonstrando todo seu conhecimento.

6) Conte uma história

Você melhorará sua apresentação se souber ser criativo e conseguir introduzir uma história durante a explicação. Justamente porque histórias possuem o poder de prender a atenção do público mais facilmente, além de deixar a apresentação mais interessante. É uma dica válida para qualquer situação, então faça bom uso dela.

7) Faça perguntas

É importante também ter esse tipo de interação durante sua apresentação, então saiba ouvir também. Dessa forma você terá a oportunidade de esclarecer possíveis dúvidas e fornecer mais informações que podem eventualmente terem sido deixadas de lado.

8) Treine seu discurso

É como qualquer outra apresentação. Você precisa demonstrar confiança nas palavras e saber apresenta-las adequadamente, e isso não é um talento, é uma habilidade que se adquire com o tempo.

Então pratique bastante antes da apresentação de seu pitch, se apresente para amigos e familiares ou simplesmente treine na frente do espelho em um tempo curto. Pergunte a si mesmo e as pessoas se sua ideia vale um investimento.

9) Faça previsões

Oferecer previsões aos seus investidores é importante, então quando estiver quase encerrando sua apresentação procure falar um pouco sobre faturamento, estipular uma média de clientes por ano e outras metas.

Aumente a sua previsão mas ao mesmo tempo mantenha o pé no chão, nada de algo irreal, procure ser bastante franco, até porque eles são muito céticos quanto a isso e saberão se você tiver passando dos limites.

10) Termine com chave de ouro!

No encerramento do seu pitch você pode retomar – de maneira resumida – os principais pontos que foram ditos, falar o quanto sua ideia é importante para o mercado, se quiser você pode até repetir aquele slogan que você elaborou. Assim sua apresentação terminará com um ar a mais de positividade.

Conheça alguns passos que melhorarão a apresentação seu pitch nesse vídeo (11:20):

 

Fonte:

https://www.gsb.stanford.edu/insights/10-steps-perfect-your-startup-pitch

http://www.smartalk.com.br/9-dicas-para-apresentar-o-pitch-da-sua-startup/

10 Dicas Incríveis para Aumentar Seguidores no Instagram

É relativamente difícil conseguir novos seguidores, e fique sabendo que só postar fotos não bastam. Existem uma série de métodos que podem dar mais visibilidade ao seu perfil e assim acabar atraindo mais pessoas. Não é um processo difícil, basta seguir as dicas certas e dedicar um pouco de seu tempo e esforço.

Aqui vão algumas dicas que irão ajudar você a alavancar o número de seguidores em seu Instagram:

1) Use hashtags

Muitos ainda acham que a hashtag serve apenas para enfeitar, mas ela é muito mais do que isso e cumpre um papel fundamental no seu post. É importante ser estratégico no seu uso, portanto as palavras usadas devem representar seu post, é recomendado usar entre três a cinco hashtags para uma boa visibilidade.

2) Seja autêntico

10 Dicas Incríveis para Aumentar Seguidores no Instagram

Em meio a tantas fotos sendo postadas diariamente existe uma saturação de conteúdo, se você souber ser autêntico e apresentar algo único é uma boa forma de adquirir novos seguidores. Então procure apresentar nas suas fotos algo que seja apenas seu, crie uma originalidade que poucos ou só você possui.

3) Utilize legendas criativas

Coloque nas suas fotos legendas engraçadas e cativantes, pois elas sempre acabam ganhando mais likes e gerando repercussão no Instagram, então use e abuse de sua imaginação e elabore uma legenda com essas características. Fazer perguntas na legenda também é uma boa escolha, pois isso vai aumentar a interação entre você e seus seguidores.

4) Mantenha uma frequência de postagem

Nem pense em ficar semanas e semanas sem postar nada, a maioria dos usuários preferem seguir contas ativas e com uma boa frequência de postagens. Mas também tome cuidado para não encher o feed dos seus seguidores, eu recomendo postar uma foto a cada dois dias.

5) Interaja com os usuários

10 Dicas Incríveis para Aumentar Seguidores no Instagram

Afinal por que você está em uma rede social se não para socializar? Existem diversas formas bastante divertidas de se envolver com seus seguidores. Além de fazer e responder comentários, você pode organizar brincadeiras, compartilhar experiências ou postar uma foto de algo aleatório – de uma série por exemplo – e perguntar o que acham. Tenho certeza que vai gerar uma discussão saudável e divertida e também vai levar mais pessoas a interagirem com você.

6) Participe de projetos e organize sorteios

Existem perfis com muitos seguidores que organizam projetos de divulgação, basta cumprir os requisitos e concorrer, esse pode ser um ótimo caminho para conseguir um grande número de seguidores de forma rápida.

Organizar sorteios também funciona – principalmente se você tiver um blog, uma marca ou algo do tipo – por meio deles você pode levar as pessoas a te seguirem e divulgar seu perfil como forma de participação. Essa tática é utilizada por muitas empresas atualmente e tem sua eficiência comprovada.

7) Promova contas semelhantes

É uma dica simples e bastante eficiente: encontre alguma conta semelhante à sua no Instagram – com seguidores que você gostaria de alcançar – e organize uma promoção compartilhando o perfil um do outro, ambos com seus seguidores. Esse método sempre funciona, afinal quem não quer ganhar uns seguidores a mais, não é mesmo?

8) Crie um tema para suas fotos

crie temas para suas fotos

Criar um tema para seu perfil pode te ajuda a dar um aspecto único e criativo, seja inventivo e padronize seu feed com uma característica especifica. Por exemplo: ter uma cor principal que prevaleça sempre, fotos de cenários e paisagens ou algo que tenha a ver com sua personalidade.

9) Siga outros usuários

O famoso: “Me segue que eu sigo de volta” é um velho método que funciona praticamente em todas as redes sociais. Mas saiba que só trocar follows não basta, procure também participar ativamente do perfil da pessoa dando likes e comentando, pois, quanto mais exposição maior as chances de ganhar novos seguidores.

10) Tire fotos boas e chamativas

10 Dicas Incríveis para Aumentar Seguidores no Instagram

Afinal, do que vai adiantar todo esse esforço se você não tirar boas fotos? As fotos precisam ser boas o bastante para atrair seguidores, e para isso você deve regularmente procurar utilizar cenários exóticos, fazer bons enquadramentos, equilibrar bem as cores e saber destacar os elementos do cenário. Todas essas características são bastante valorizadas, e sem dúvida alguma é um ponto fundamental para quem procura aumentar o número de seguidores.

Agora que você sabe as 10 dicas, nós vamos te dar de presente alguns serviços que você poderá automizar o sistema. Os dois melhores serviços que nós testamos são Instagress e Archie. Estes são os serviços que deixarão comentários e curtidas para você com os hashtags que você escolherá para separar o seu público alvo.

Pronto! Com essas dicas é certeza que seu Instagram vai bombar! Mas antes não esqueça de ver esse vídeo que também tem outras dicas bastante legais que irão te ajudar (7:16):

 

 

7 Lugares Imperdíveis para se Visitar em Porto Alegre

Porto Alegre é uma cidade que todos deveriam conhecer! Ela cresceu, mas não perdeu algo muito importante: qualidade de vida. Ela é a 5ª mais populosa do Brasil, porém ainda tem tradições e ares de interior: as pessoas são muito solícitas e gentis!

O município também é um dos mais arborizados do país: ou seja, ao caminhar pelas ruas será possível encontrar um belo cenário para fotos! A cidade é considerada a terra do churrasco, do chimarrão, do Lago Guaíba e famosa por seus belos parques.

Por lá, os amantes de futebol, também têm passeios garantidos! O torcedor pode optar por conhecer estádios nos mínimos detalhes! Enfim, são tantos locais bonitos e tantas coisas para fazer, que uma única viagem não vai ser suficiente para visitar todos os lugares!

Veja a lista que fizemos de 7 lugares para se visitar em Porto Alegre:

1) Mercado Público

7 Lugares Imperdíveis para se Visitar em Porto Alegre - Mercado Público

Os mercados municipais sempre carregam muita história e são locais interessantes para fazer uma visita!  Esses espaços nos possibilitam observar muitas cores, sentir sabores e acompanhar toda a movimentação. Por isso, você precisa conhecer o Mercado Público de Porto Alegre! Ele foi construído em 1869 e possui uma arquitetura belíssima! Pelo espaço você vai se deparar com 110 estabelecimentos: restaurantes de todos os tipos, pastelarias deliciosas, cafeterias, peixarias, açougues, espaços para a venda de frutas, verduras, legumes e também ervas medicinais. Falando em erva, por lá é possível encontrar o mate para fazer o chimarrão e também os utensílios para tomar a bebida. Ainda não se convenceu? Esse mercado é, literalmente, um sobrevivente! Passou por enchentes, incêndio e até a um projeto de demolição!

2) Passeio de barco Lago Guaíba

7 Lugares Imperdíveis para se Visitar em Porto Alegre - Passeio de barco Lago Guaíba

Muitos dizem que o pôr do sol de Porto Alegre é um dos mais encantadores e belos do mundo, ainda mais se for visto no Lago Guaíba. Ele é realmente maravilhoso.  Para poder curtir toda essa vista, primeiro é preciso definir se você realmente pretende andar de barco pelo lago, que possui 72 quilômetros de orla.  

Caso tenha decidido, o barco Cisne Branco, um dos mais tradicionais é uma ótima opção para o trajeto! Ele tem capacidade para receber até 200 passageiros e mais alguns tripulantes. O ponto de embarque é o Portão Central Cais do Porto de Porto Alegre que, inclusive, foi local de chegada de muitos imigrantes! Você pode optar por várias modalidades de passeios!

Para ver o pôr do sol, o mais indicado é o “Happy Hour”, que tem início às seis da tarde e mais ou menos uma hora e meia de duração. É incrível! Se a sua ideia é algo mais cedo, escolha o “Navegando pelo Guaíba”. São experiências inesquecíveis.

3) Casa da Cultura Mário Quintana

A Casa da Cultura Mário Quintana é um dos lugares que você também precisa conhecer. Ela é considerada o centro cultural mais completo da América Latina: são duas salas de teatro, outras cinco para apresentações culturais diversos e jardins.

A Casa já foi um hotel muito chique e um dos quartos serviu de moradia para o escritor Mário Quintana, durante 15 anos. Por isso, pelo espaço, também é possível conhecer uma réplica fiel do que foi o quarto dele, inclusive com móveis e objetos pessoais.  Aproveite, ainda, para ler ou conferir alguma exposição que esteja aberta para visitação!

4) Brique da Redenção

7 Lugares Imperdíveis para se Visitar em Porto Alegre - Brique da redenção

Essa é uma atração muito tradicional de Porto Alegre: é realizada desde 1978. É uma feira que acontece todos os domingos e reúne cerca de 300 expositores no canteiro central da Avenida José Bonifácio e se estende por outras vias.

Artesanato, comidinhas deliciosas (de todos os tipos), setor de antiguidades e trabalhos de artistas plásticos: esses são apenas alguns itens que podem ser encontrados pela feira. Se não bastasse tudo isso, ainda são realizadas várias apresentações culturais em toda sua extensão!

Não se assuste ao se deparar com o pessoal tomando chimarrão no meio da feira! É algo muito comum! Assim como nos mercados, as feiras também possibilitam experiências incríveis! Por lá, é possível encontrar uma lembrancinha bem legal para os familiares e para os amigos! Que tal?

5) Theatro São Pedro

7 Lugares Imperdíveis para se Visitar em Porto Alegre - Theatro Sao pedro

Um dos espaços mais belos de Porto Alegre é o Theatro São Pedro: é, praticamente, a menina dos olhos da cidade. Inaugurado em 1858, os moradores locais têm muito orgulho de todo o espaço. Por lá assista a uma apresentação cultural já prevista no cronograma ou opte por uma visita guiada. O Theatro fica no Centro Histórico de Porto Alegre.

6) Arena do Grêmio Tour

7 Lugares Imperdíveis para se Visitar em Porto Alegre - Gremio Tour

Essa dica é especial para aqueles que são apaixonados por futebol! Afinal, quem gosta do esporte, adora conhecer estádios mesmo que não sejam do time do coração! Então, essa é uma boa pedida, independente do seu time. Na Arena do Grêmio Tour será possível chegar próximo do gramado, dos vestiários e de outros espaços emblemáticos de um estádio de futebol. As visitas são guiadas e será possível aprender várias curiosidades!  O passeio tem pouco mais de uma hora de duração e crianças de até cinco anos de idade não pagam nada.

Para mais informações você poderá visitar este website »» https://arenatour.superingresso.com.br/#!/home

 

7) Gastronomia e Chimarrão

7 Lugares Imperdíveis para se Visitar em Porto Alegre - Chimarrão

O post é todo dedicado para indicar locais interessantes para visitar em Porto Alegre. Porém, ao falar da cidade impossível não citar o quesito gastronomia! E, nesse caso, os famosos churrascos dos gaúchos são imperdíveis! Se você é apaixonado por essa delícia, a dica é visitar uma boa churrascaria. Outros pratos típicos da região são: arroz de carreteiro, tainha na taquara, espinhaço de ovelha com aipim, paçoca de pinhão com carne assada, entre outros.

Depois da comida principal é gostoso experimentar uma sobremesa! Cuca e papo de anjo: essas são apenas algumas opções! E se estamos falando em tradição impossível não comentar sobre o famoso chimarrão: feito com erva mate e servido com água quente. O sabor, geralmente, vai variar de acordo com a qualidade da erva.

Viu como Porto Alegre é uma cidade brasileira que merece ser conhecida? Coloque em seu roteiro de viagens e aproveite as dicas. Conte para nós, nos comentários, sua opinião a respeito da postagem e o que achou dos locais que indicamos!

Como Fazer Bolo Castella em Casa? (Receita)

Bolo Castella ou Kasutera é um bolo japonês com textura úmida, sabor característico de ovo e coloração meio amarelada. Seu grande diferencial é o fato de não levar gordura e fermento.

Sua origem é proveniente do famoso pão de ló de Portugal, que foi levado ao Japão, especificamente a Nagasaki por missionários no século 16. Seu nome Castella, vem de Castilla que era um dos reinados da Espanha.

Existem muitas variações do bolo Castella, aqui citaremos a receita mais comum. Então, peque papel e caneta e venha conferir:

Receita de Bolo Castella

A) Ingredientes

  • 1 xícara de chá de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de leite ou água
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • 7 ovos
  • Pitada de sala gosto

Outras opções de sabores opcionais:

  • 1 colher de chá de baunilha
  • 1 colher de sopa de matchá (chá verde)
  • Pó de cacau sem açúcar
  • 1 limão (casca)

B) Modo de preparo

Separe a forma de assar que será usada, sua medida tem de ser aproximadamente 20cm x 9cm de largura com 5cm de profundidade ( é importante ter uma boa profundidade para que o bolo cresça).

Forre toda a forma com papel manteiga que é facilmente encontrado em supermercados.

Agora vamos preparar os ingredientes: 

Receita de Bolo Castella

1) Em uma tigela de alumínio, quebre os ovos e bata. Acrescente o açúcar e coloque a tigela em banho maria, porém continue batendo. Assim que a mistura estiver morna, retire-a da água.

2) Misture o leite junto com as 2 colheres de mel, se desejar pode aquecer no microondas.

3) Com a farinha de trigo em mãos adicione o sal e peneire. Terminado esse processo, acrescente aos poucos a farinha, leite e mel na mistura de ovos. Faça isso devagar para que não forme bolhas.

4) Coloque a massa no forno já pré-aquecido numa temperatura de 160°C. Deixe assar por 50 minutos. Se a parte de cima do bolo ficar muito queimada cubra a forma com papel alumínio.

5) Faça uma mistura de mel com água quente para esmaltar o bolo. Após retirar o bolo do forno, escove o topo com essa mistura.

6) Quando o bolo ainda estiver morno, desenforme e o embrulhe em papel plástico e coloque na geladeira por algumas horas. Isso fará com que o bolo Castella tenha uma textura úmida. Para finalizar, corte o bolo em fatias e sirva com chá quente. Agora é só saborear um delicioso bolo tradicional da cultura japonesa.

Aprenda um pouco mais da história do bolo Castella

Como citado acima esse bolo é uma variação do pão de ló de Portugal que foi trazido a Nagasaki por missionários portugueses. Com o tempo esse bolo foi ficando conhecido pelos japoneses que o adaptaram para a culinária local.

Um fato interessante é que Kasutera não era apenas um doce, mas um alimento bastante nutritivo para pessoas doentes. Atualmente, bolo Castlla é considerado um lanche rápido e é facilmente encontrado nas lojas. Normalmente os japoneses costumam consumi-lo com chá quente à tarde.

Cafeína Pode Causar Dor no Pescoço

Cafeína é uma droga estimulante mais consumida no mundo e faz parte do dia a dia de bilhões de pessoas. Facilmente encontrada em cafés, chás, pílulas, bebidas energéticas e medicamentos a cafeína pode servir como analgésico para dores musculares conforme apontam algumas pesquisas.

Porém, seu maior problema são os efeitos colaterais que levam tanto a crises de abstinência como provocam muitas dores no corpo inclusive no pescoço.

Cafeína é como uma faca de dois gumes ao mesmo tempo em que pode aliviar a dor no pescoço seu consumo em excesso ou sua abstinência súbita podem provocar a dor.

1) Efeitos do consumo moderado de cafeína

Uma pesquisa realizada em 2009, pelo departamento de cinesiologia (ciência que estuda os movimentos do corpo humano) e saúde comunitária da Universidade de Illinois mostrou que ingerir cafeína antes de atividades físicas pode reduzir a dor muscular e aumentar a resistência do corpo. Esse estimulante afeta diretamente neurotransmissores do cérebro e da medula espinhal que são responsáveis pelo controle da dor.

Para o estudo, pessoas voluntárias consumiram 5 miligramas de cafeína por peso corporal, isso dá em torno de 200 miligramas ou 3 xícaras de café. Essa é uma quantidade moderada e não causa dependência, apresentou o website MedlinePlus.

O resultado foi prevenção e alívio de dores nos músculos e corpo em geral. Descobriu-se também que cafeína pode ajudar o corpo a absorver e potencializar medicamentos para dor em torno de 40% de acordo Cleveland Clinic, o que diminui a necessidade de tomar doses altas de medicamento como paracetamol, por exemplo.

Esse estudo está de acordo com uma pesquisa realizada em 2006 pelo Journal of Pain (Jornal da dor) que mostrou que a cafeína tem um efeito analgésico em lesões musculares tardias, ou seja, a dor sentida horas depois de um trauma.

2) Efeitos do consumo excessivo de cafeína

Cafeína Pode Causar Dor no Pescoço

Lembramos que os resultados acima foram baseados no consumo moderado de cafeína, por outro lado sua ingestão em excesso tem um efeito totalmente contrário.

Quando ultrapassada 3 xícaras de café por dia faz com que o cérebro perca o controle sobre a dor, e diminua a proteção do sistema imunológico. O que acontece é que a cafeína deixa o músculo mais tenso o que consequentemente provoca dor.

Existem situações em que você para de consumir cafeína, mas o desconforto no pescoço continua. Qual seria o motivo? Nesse caso há uma crise de abstinência.

3) Efeitos da abstinência de cafeína

Essa modalidade de dor se deve a falta de cafeína no organismo. Se você toma café em excesso e para de ingerir por mais de 12 horas é comum sofrer dores musculares e de cabeça além de mudanças de humor.

Existem casos de síndrome de abstinência de cafeína há quase 2 séculos, diz Laura M. Juliano, Ph.D., professora de psicologia da Universidade Americana.

Baseado em todos os fatos acima, cafeína pode ser uma das causas de dor no pescoço então o ideal é reduzir ou até eliminar o café de vez da sua dieta para que aja a cura. Em casos de pessoas viciadas o ideal é conversar com o médico e ir diminuindo a quantidade de cafeína a cada dia.

4) Como aliviar a dor no pescoço?

Cafeína Pode Causar Dor no Pescoço

A melhora maneira de aliviar a dor no pescoço é alogando o pescoço. Você poderá ver alguns exercícios neste artigo »» Como Aliviar Dor no ombro e no pescoço? 

A outra maneira de aliviar a dor é parando de tomar o café. Neste caso pode ser até doloroso já que o corpo está acostumado ao café e poderá até causar dor de cabeça por falta de café no metabolismo. Depois de 4 dias, o seu corpo estará aliviado de café e não causará nenhuma tensão nos músculos.

10 Melhores Carnes para Fazer Churrasco em Casa

Feriadão com família reunida é sinal de que vai ter – churrasco. Seja na laje ou no quintal de casa, o importante é ter carne na churrasqueira e cerveja na mão. Saber escolher a carne é a parte principal do evento e isso pode dar muita dor de cabeça.

Pensando nisso, separamos pra você as 10 melhores carnes para churrasco. Veja abaixo:

10 Melhores Carnes para Fazer Churrasco em Casa

1- Picanha

Não precisa entender muito de carne pra saber que picanha é a favorita dos churrasqueiros. Seu sabor é incomparável e quase não necessita de tempero, apenas sal e alho são suficientes. Seu diferencial é a capa de gordura que a mantém úmida e suculenta, não podendo ser retirada antes de assar.

Ela pode ser assada na grelha ou espeto. Para isso corte pedaços gordos, dessa forma ela ficará mal passada por dentro e é esse o ponto ideal para que mantenha seu sabor.

2- Alcatra

Localizada próximo ao dorso do boi, alcatra é um carne muito macia e tão saborosa quanto à picanha, porém contém menos gordura. Ela é considerada uma carne nobre e pode ser preparada das mais diversas formas.

Seja cortada em cubos, bifes ou pedaços grossos seu tempo de preparo leva poucos minutos, o que requer atenção dobrada para não queimar. Procure evitar cortar pedaços finos para que a carne não resseque.

3- Costela de boi ou porco

A grande quantidade de gordura só acentua seu sabor marcante. Seu preparo é simples, com um pouco de sal e pimenta ela está pronta para ser grelhada. Por ter fibras mais compridas e grossas leva mais tempo para assar.

Se preferir você pode embrulhar a costela no papel alumínio e jogar em cima do carvão. Depois de 10 minutos retire e prove uma costela totalmente macia que desmancha na boca.

4- Filé Mignon

O Filé Mignon é uma carne mais cara, ideal para churrascos mais chiques ou para quem gosta de “causar”. Sua textura é macia e mais adocicada, sendo ideal para grelhas, mas existem pessoas que arriscam servir em espetinhos junto com outros pratos.

5- Contra filé

Também conhecido como filé curto ou lombo desossado, o contra filé possui um sabor muito característico e macio. Para o preparo tem de se ter alguns cuidados como: retirar o nervo da lateral, observando a fibra e assar em alta temperatura para que não endureça.

Muitos apreciadores preferem consumi-la mal passada quase sangrando, pois deixa seu sabor ainda mais forte.

6- Maminha

Maminha é umas das carnes mais suculentas e macias o motivo é sua grande concentração de gordura. Para manter seu sabor é indicado que o corte seja feito do lado contrário das fibras, pois se fizer o oposto os pedaços ficaram endurecidos.

Você pode assa-la no espeto ou grelha, em alta temperatura, com pedaços mais finos. Fique atento para não deixar que a carne asse demais, pois isso mudaria seu sabor.

7- Fraldinha

É uma das carnes mais comuns em churrascos, seu sabor é suave, não possui muita gordura, mas é muito gostosa. Fraldinha é ideal para pessoas fitness e crianças, já que é leve e de fácil digestão.

Seu preparo é muito fácil devido à maciez da carne, o que facilita o corte. Para grelhar prefira cortes grossos a fim de não ressecar.

8- Cupim

Apesar do nome diferente podemos garantir que a carne é muito boa e consistente. Localizada na parte de trás do boi, seu sabor é muito marcante e normalmente é servida com os acompanhamentos.

Seu preparo exige mais tempo do que o normal para que fique no ponto ideal.

9- Bisteca ou Chuleta

A bisteca é a carne retirada do contra filé, que fica envolta em uma capa de gordura. Sua maciez e umidade se mantêm mesmo depois de assada.

Para o preparo procure cortar de forma transversal entre o músculo e osso, retirando pedaços no formato de bife.

10- Asinhas de Frango

O que não pode faltar no churrasco são as assinhas de frango. As opções de tempero são inúmeras e elas servem como entradas ou para intercalar entre as carnes mais pesadas.

Para as crianças, as asinhas são uma boa pedida devido ao sabor suave e crocante. Seu preparo é rápido e pode ser grelhada ou servida no espeto.

Não esqueça dos acompanhamentos….

10 Melhores Carnes para Fazer Churrasco em Casa

Para um bom churrasco, além da carne é importante se preocupar com os acompanhamentos. Abaixo citamos alguns que não podem faltar:

  • Vinagrete
  • Arroz
  • Farofa
  • E é claro a queridinha de todos, a cerveja.

Veja também estas dicas incríveis para fazer um churrasco bem feito (13:16):

 

Complexo de Inferioridade: O que Fazer Quando se Tem?

O complexo de inferioridade é um problema de ordem psicológica expressada inconscientemente, levando a pessoa ao isolamento, comportamentos antissociais, busca excessiva de atenção dos outros, sensibilidade extrema em relação a críticas, busca frequente de reconhecimento, incapacidade de resolver problemas, comparação freqüente com os outros, sentimento de fracasso, críticas constantes às pessoas, perfeccionismo, dificuldades de relacionamento, baixa auto-estima etc.

Este complexo pode ter causas na infância (por exemplo, rejeição, excesso de mimo, quando fazem comentários negativos sobre os pais, comparações entre os irmãos, deficiência física, da fala, preconceitos sobre raça, classe social etc) ou na fase adulta (por exemplo, quando a pessoa não consegue conquistar um objetivo, morte dos pais, depressão, etc).

Confira agora o que fazer quando se tem complexo de inferioridade:

I) O que fazer quando se tem complexo de inferioridade?

Veja também esta reportagem que aborda sobre como superar o complexo de inferioridade (31:36):

Há sempre maneiras de aprender e saber lidar com o problema. Algumas dicas importantes sobre o que fazer são:

1. Entenda sua condição

É necessário ter consciência que você possui o complexo de inferioridade para assim conseguir buscar ajuda profissional, a fim de superar o problema ou conviver melhor com ele.

2. Pare de se comparar às outras pessoas

Cada pessoa é diferente, com suas conquistas, frustrações, fracassos, ideais, história de vida, necessidades, desejos etc, ou seja, ninguém é melhor ou pior que você! Você é bom no que sabe fazer e não é no que não sabe. Toda pessoa tem coisas positivas e com você não é diferente.

3. Dê mais valor a você e às suas conquistas

Tenha mais consciência do potencial que você possui. Pense nas coisas boas que você acha sobre si mesmo. Sempre que você se lembrar de algo negativo sobre si, pense nas qualidades positivas. Pense em tudo o que já conquistou até hoje e veja que você é capaz de superar mais este obstáculo.

4. Busque compreender seus sentimentos

Tenha um momento com você mesmo e avalie o que está sentindo naquele momento. Busque lembrar como o seu complexo de inferioridade começou e o que te levou a isso. Tente não pensar que você não tem serventia para nada. Entenda melhor seus sentimentos e aprenda com eles. Reveja as coisas boas que você conquistou e que ainda pode conseguir, para assim encontrar internamente um bem-estar.

5. Passe por cima dos seus medos

Pensar só no que já passou, no que te levou ao complexo, ou nas dificuldades que estão por vir só vão piorar sua condição. O passado não pode ser alterado, mas você pode mudar o presente para poder transformar seu futuro. Encare desafios e caso fracasse, entenda que é algo totalmente normal, pois assim aprendemos com nossos erros.

6. Não ligue para o que os outros pensam sobre você

Geralmente ligamos para o que os outros pensam sobre nós, o que faz com que a gente crie defeitos e julgamentos que não existem. Não se preocupe mais com críticas, pois só você sabe o que é bom ou não para sua vida. Somente a sua opinião sobre si é o que importa. Além disso, afaste-se de pessoas que te deixam para baixo e te rebaixam, aprendendo a conviver mais com pessoas que te valorizam e te deixam entusiasmado.

7. Pense de forma positiva

Já ouviu falar que quanto mais positivamente pensamos, mais atraímos coisas boas? Esse pensamento realmente transforma vidas. Isso ajuda a melhorar sua auto-estima e autoconfiança, superando os desafios da vida. Então comece a reconhecer seus pontos fortes, colocando-os em primeiro lugar, ao invés de só pensar nos pontos fracos.

8. Faça psicoterapia

Buscar um psicólogo é, na verdade, a primeira dica a ser seguida quando você não consegue lidar com seu complexo de inferioridade. É através da psicoterapia que você obterá autoconhecimento, entendendo como sua mente funciona, seus sentimentos, seus reais valores, separando o que é real do que é imaginário.

II) Como ajudar alguém com complexo de inferioridade?

Complexo de Inferioridade: O que Fazer Quando se Tem?

Se você não possui complexo de inferioridade, mas conhece alguém próximo que tenha e quer ajudá-lo, seguem algumas orientações:

  • Tenha paciência com essa pessoa, pois este complexo pode levar a problemas mais sérios que exigem atenção;
  • Tente conversar com ela sobre este problema, compreendendo seus sentimentos e os motivos que levaram a isso, para assim poder ajudá-la com mais facilidade;
  • Relembre-a de que cada pessoa é de um jeito e são diferentes, únicas e especiais, cada uma com seus talentos e problemas;
  • Tente mostrar para esta pessoa que os sentimentos que a levam à inferioridade estão na sua mente e que é possível mudar essas crenças;
  • Valorize os potenciais dela, elogie-a, mostre que ela é capaz, pedindo, por exemplo, sua opinião sobre alguma coisa e leve as ideias dela em consideração;
  • Faça atividades diferentes junto com ela, pedindo para que se responsabilize por alguma tarefa e assim ela possa aprender a tomar decisões. Assim, faça ela perceber que foi ela quem realizou aquilo e que possa somar essa tarefa às suas conquistas.

 

TESTE DE VISÃO: VOCÊ É ENGANADO POR SUA VISÃO?

Muita gente pensa que ilusão de ótica é algo criado para enganar nossa visão em situações irreais. Como se fosse um experimento para diversão ou simplesmente passatempo. Como truques de mágica. Mas não são, as ilusões existem no dia a dia e você pode nem perceber. Sou será que percebe?

Descubra aqui se você é facilmente enganado por sua visão

Saiba Tudo Sobre os Tipos Sanguíneos!

Quando o sangue de uma pessoa é analisado sob um microscópio, as diferenças de sangue são visíveis. No início do século 20, um cientista austríaco chamado Karl Landsteiner, classificou os tipos sanguíneos de acordo com essas diferenças. Landsteiner observou duas moléculas químicas distintas presentes na superfície dos glóbulos vermelhos. Ele marcou uma molécula como “A” e a outra molécula “B”.

O sangue humano é agrupado em quatro tipos: A, B, AB e O. Cada letra se refere a um tipo de antígeno, ou proteína, na superfície dos glóbulos vermelhos. Por exemplo:

  • Grupo A – tem apenas o antígeno A nos glóbulos vermelhos (e o anticorpo anti-B no plasma)
  • Grupo B – tem apenas o antígeno B nas células vermelhas (e um anticorpo anti-A no plasma)
  • Grupo AB – tem antígenos A e B nas células vermelhas (mas não possui anticorpo A nem B no plasma)
  • Grupo O – não tem antígenos A nem B nas células vermelhas (mas ambos os anticorpos A e B estão no plasma)

1) A importância de conhecer os tipos sanguíneos:

Os tipos de sangue são muito importantes quando uma transfusão de sangue é necessária. Numa transfusão de sangue, o doente deve receber um tipo de sangue compatível com o seu próprio. Se não forem compatíveis, os glóbulos vermelhos irão aglomerar-se, fazendo coágulos que podem bloquear os vasos sanguíneos e causar a morte.

É fácil e barato determinar o tipo ABO de uma pessoa a partir de algumas gotas de sangue. Um soro contendo anticorpos anti-A é misturado com o sangue. Outro soro com anticorpos anti-B é misturado com a amostra restante. Por exemplo, se a amostra de sangue de um indivíduo reage com o anticorpo anti-A, mas não pelo anticorpo anti-B, significa que o antígeno A está presente. Portanto, o tipo de sangue é A.

2) Fator RH ou “Fator Rhesus”

Realizaram-se análises de sangue em macacos Rhesus e isolaram-se o fator Rh. Aqueles que têm fator Rh são considerados Rh positivo (Rh +), sendo que a maioria possui RhD; enquanto aqueles que não têm são Rh negativo (Rh-).

O tipo Rh-null não possui nenhum dos antígenos no sistema Rh. Existem apenas 9 doadores ativos no mundo. Ele é considerado um sangue universal para qualquer pessoa com um tipo de sangue raro dentro do sistema Rh. No entanto, qualquer pessoa que tenha sangue Rh-null só pode receber sangue Rh-null em uma transfusão.

3) Quem pode doar sangue para quem?

Saiba Tudo Sobre os Tipos Sanguíneos!

  • O grupo O + pode doar sangue para O +, A +, B +, AB +
  • O Grupo A + pode doar para A + e AB +
  • Grupo B + pode doar para B + e AB +
  • O Grupo AB + pode doar para AB + e pode receber sangue de todos os grupos

O mesmo vale para os grupos negativos:

  • O Grupo O- pode doar sangue para todos.
  • O Grupo A- pode doar para A +, A-, AB +, AB-
  • O Grupo B- pode doar para B +, B-, AB + e AB-
  • O Grupo AB- pode doar para outros AB + e AB-

4) Requisitos básicos para doar:

  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 69 anos e os menores com autorização dos pais
  • Pesar no mínimo 50kg
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas
  • Evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antes da doação
  • Apresentar documento original com foto recente

5) Curiosidades sobre os tipos sanguíneos:

Saiba Tudo Sobre os Tipos Sanguíneos!

  • Existem oito diferentes tipos de sangue comuns, que são determinados pela presença ou ausência de certos antígenos, que são substâncias que podem desencadear uma resposta imunológica se forem estranhos ao corpo humano.
  • O doador universal tem tipo sanguíneo negativo Tipo O.
  • O receptor universal tem tipo de sangue positivo Tipo AB.
  • Em caso de emergência, o sangue do tipo O pode ser administrado porque é mais provável que seja aceito por todos os tipos sanguíneos.
  • O tipo de sangue é herdado, assim como a cor dos olhos.
  • Fita vermelha aumenta a consciência doar sangue devido à doenças cardíacas, incluindo Doença cardiovascular, Defeitos cardíacos congênitos, Hemofilia, Hipertensão, Linfoma e outras condições relacionadas ao coração e ao sangue humano.
  • Algumas pessoas com tipos sanguíneos raros estocam seu próprio sangue antes dos procedimentos cirúrgicos para garantir que o sangue esteja disponível para eles.
  • O corpo possui cerca de quatro a seis litros de sangue.
  • Receber sangue do grupo ABO errado pode ser fatal.
  • Os japoneses pensam que o tipo de sangue fala sobre a personalidade da pessoa. A lenda diz que o Tipo A é calmo e confiável; Tipo B é criativo e excitável; Tipo AB é pensativo e emocional e tipo O é um líder confiante.

A Organização Mundial de Saúde recomenda que todas as doações de sangue sejam examinadas para detecção de infecções antes do uso. A triagem deve ser obrigatória para o teste de HIV, hepatite B, hepatite C e sífilis e deve ser realizada de acordo com os requisitos do sistema de qualidade.

6) Processamento de sangue

O sangue recolhido pode ser armazenado e transfundido em um doente num estado não modificado. Isso é conhecido como transfusão de “sangue total”. No entanto, o sangue pode ser utilizado de forma mais eficaz se for processado em componentes, tais como concentrados de glóbulos vermelhos, concentrados de plaquetas, plasma e crioprecipitado. Desta forma, ele pode atender as necessidades de mais de um paciente.

Transfusões desnecessárias expõem os pacientes ao risco de reações adversas graves e infecções e ainda reduzem a quantidade do estoque de sangue para os pacientes necessitados, por isso, deve-se ser encaradas como último recurso.

Veja também este vídeo que fala sobre o tipo sanguíneo: (15:34):

Fontes:

http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs279/en/

https://www.disabled-world.com/calculators-charts/blood-chart.php

http://www.redcrossblood.org/learn-about-blood/blood-types