10 Benefícios Incríveis de Consumir Alimentos Orgânicos

10 Benefícios Incríveis de Consumir Alimentos Orgânicos

Uma das vertentes alimentícias que está cada vez mais em voga atualmente é o uso de . Em um primeiro momento, é estranho pensar no termo, uma vez que consumimos vegetais, legumes e frutas no dia a dia. Entretanto, o termo é relacionado justamente para uma categoria destes mesmos produtos que se destacam pelo detalhe original: todos eles seguem as formas clássicas de cultivo e cuidados.

Não é segredo para ninguém que os processos de cultivo de alimentos atualmente é feito com diversos procedimentos químicos para atender a alta demanda populacional. Embora esse objetivo seja atingido, as propriedades desses alimentos acabam sendo alteradas, o que aumenta a exposição do público a certos males que antes não eram comuns.

Os alimentos orgânicos vem justamente contra esses processos massificados. Com técnicas que respeitam os ciclos naturais, além de incentivar comunidades mais locais e específicas de cultivo, é possível encontrar esses alimentos em seus melhores estados, valorizando tudo o que é natural.

Se ainda tem dúvidas sobre os benefícios dos alimentos orgânicos, vamos listá-los para você.

10 Benefícios Incríveis de Consumir Alimentos Orgânicos

1 – Completa ausência de Agrotóxicos

Um dos grandes vilões de uma alimentação saudável atualmente é a presença de agrotóxicos nos alimentos cultivados, seja pela presença de fertilizantes, seja pelos pesticidas sintéticos. Os alimentos orgânicos tratam o solo, a fertilização e o cultivo dos alimentos através de técnicas não-agressivas aos próprios alimentos, respeitando o terreno onde se produz.

2 – Explora as características do Solo

Seguindo esse respeito e cuidado com a natureza na produção dos alimentos, as técnicas de cultivo dos alimentos orgânicos visam um cuidado mais apurado com o solo, valorizando principalmente sua fertilização por mais tempo. Isto inclui uso de adubos naturais, feitos dos próprios alimentos retirados delas, além de outras fontes como cascas de e borra de .

3 – Reduz os níveis de poluição ambiental

Os produtos químicos colocados com força no solo é prejudicial não apenas ao próprio local de cultivo e aos alimentos, mas a todo o meio ambiente. A também é poluída, e mesmo o ar pode carregar esses materiais químicos, levados para outras regiões que sequer podem cultivar alimentos. Nisso, os alimentos orgânicos ajudam a restabelecer o equilíbrio, principalmente em comunidades com pequenos agricultores.

4 – Garante a qualidade da água

O que falamos sobre os fertilizantes sintéticos poluírem a água não é à toa. Estes compostos alcançam os lençóis freáticos, que por sua vez levam essas substâncias inadequadas para os rios, e estes para as chuvas. Como os processos naturais dos alimentos orgânicos não levam produtos químicos, os cuidados purificam a água que passam pelo solo.

5 – Reforça o comércio local dos pequenos produtores

Esse é um benefício não apenas para a saúde, como para a sociedade como um todo. A alimentação orgânica é vinda de pequenos produtores, ora independentes, ora unidos em cooperativas que visam uma partilha mais saudável dos ganhos. Quando se investe nesses pequenos produtores, toda a comunidade ganha.

6 – Facilitam a limpeza do organismo

Na teoria, os alimentos agroindustriais deveriam ter mais qualidade, preservando o sabor dos alimentos. Porém, além de perder boa parte do gosto original, muitas pessoas acabam contraindo outras doenças devido a presença de agrotóxicos. Os alimentos vindos de procedimentos orgânicos exploram, de verdade, os benefícios nutricionais para o nosso corpo.

7 – Aumenta a durabilidade dos alimentos

Alimentos orgânicos possuem maior durabilidade fora do ambiente in natura. Quando o cultivo é feito corretamente em todas as etapas, os produtores podem colhê-los no momento perfeito para oferecer aos clientes, e estes podem apreciar as opções por muito mais tempo. Dessa forma, é possível pensar em compras de feira para mais dias do que o costumeiro quando se trata das versões agroindustriais.

8 – Também contam com seus próprios selos de qualidade

Um dos preconceitos mais evidentes quando se trata de produção orgânica é a procedência dos alimentos. Muitos desconfiam dos pequenos produtores, de como eles cuidam dos alimentos, enquanto existem empresas de grande porte no segmento agroindustrial. Felizmente, para esses produtores também existem selos de qualidade que garantem a qualidade dos produtos orgânicos, gerando a confiança que precisam em suas vendas.

9 – Os sabores são mais intensos

Com a falta de fertilizantes e outros elementos que acabam por agredir os alimentos, suas versões orgânicas trazem todo o sabor em seu melhor potencial. Quando vendidos ainda frescos, é uma iguaria única, e chega a ser curioso que tenham se tornado mais raros. Se você busca pratos mais intensos, os alimentos orgânicos vão oferecer tudo o que precisam.

10 – Incentiva a Biodiversidade

Com maior incentivo aos cuidados com o solo, com a água, e com as próprias plantas em si, os ambientes orgânicos são ótimos para promover a fauna e flora local. Em comunidades com vários pequenos produtores, a biodiversidade deixa a região ainda mais bela e agradável de viver.

Que tal começar hoje a consumir alimentos orgânicos? Uma vez que eles não irão mudar sua rotina tradicional, seu consumo se torna ainda mais valioso e saboroso. Não deixe de colocá-los em sua dieta e compras mensais, e até a próxima!

Veja este vídeo que fala sobre os produtos orgânicos (7:42):

Equipe Biosom

contato@biosom.com.br