10 Alimentos mais Contaminados por Pesticidas

10 Alimentos mais Contaminados por Pesticidas

Quando imaginamos uma alimentação saudável, logo pensamos em opções variadas de frutas, legumes e verduras. Mas nem tudo o que compramos no mercado e em feiras é realmente saudável, uma vez que muitas dessas opções possuem alto nível de pesticidas, substâncias químicas usadas para combater pragas e doenças nas plantações (inseticidas, herbicidas e fungicidas).

Seu uso é necessário, em baixa quantidade e de forma controlada. Porém, muitos deles são proibidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e se utilizados em grande quantidade, os pesticidas podem causar problemas de saúde, como problemas cardiológicos, respiratórios e do sistema nervoso.

A melhor alternativa é sempre lavar muito bem os alimentos ou optar pelos orgânicos, que, mesmo sendo um pouco mais caros, são livres de agentes químicos e transgênicos.

Veja Abaixo os 10 Alimentos mais Contaminados por Pesticidas:

Confira os 10 Alimentos mais Contaminados por Agrotóxicos!

Cenoura

A cenoura é um alimento que possui antioxidantes, além de muitas vitaminas e minerais, capazes de prevenir doenças cardiovasculares, controlar o colesterol, melhorar a visão e dar bronzeamento na pele. De acordo com estudos realizados, seu nível de pesticidas foi medido em 49,6%.

Acabar com o zumbido no ouvido

Morango

O morango é uma fruta rica em fibras e vitaminas A, B e E, além de antioxidantes que retardam o envelhecimento, sendo também pouco calórico, fortalecendo o sistema imune, melhorando o funcionamento da digestão e atuando como antiinflamatório natural. Possui 63,4% de pesticidas.

Alface

A alface é uma planta rica em nutrientes como vitaminas A e C, fósforo, ferro e cálcio, ajudando a desintoxicar o fígado, com efeito calmante no organismo, e até a aliviar sintomas da ansiedade. Fornece também muitas fibras, o que melhora a digestão, podendo prevenir diabetes e baixar o colesterol. Porém, está entre os alimentos com mais pesticidas, em um índice de 54,2%.

Abacaxi

O abacaxi é uma fruta poderosa, rica em água e fibras, além de vitaminas A, B e C. Trata gripes, resfriados e inflamações, filtra o sangue, funciona como antiinflamatório, diminui a pressão alta, entre outros problemas de saúde. Mas quem o consome, pode ingerir 32,8% de pesticidas, o que dificulta a absorção de seus benefícios.

Pimentão

Seja qual for sua cor, o pimentão possui muitas vitaminas e fornece diversos benefícios, como, por exemplo, na prevenção da anemia, câncer, problemas oculares, gripes e resfriados, problemas nos cabelos e na pele, entre outros. Porém, é o campeão dos alimentos com mais pesticidas, segundo estudos, com 91,8%.

Pepino

Outro alimento rico em água e de baixa caloria é o pepino, com alta capacidade de hidratação do organismo, além de funcionar como antioxidante, retardando o envelhecimento, e como antiinflamatório e diurético. Mas seus 57,4% de pesticidas impedem sua correta absorção, diminuindo sua eficácia no organismo.

Mamão

O mamão é um dos alimentos mais conhecidos por controlar problemas digestivos e melhorar a mobilidade intestinal, devido à alta presença de fibras. Rico em vitaminas e minerais, fortalece a imunidade e os ossos, deixando a pele mais sedosa e bonita, controlando o colesterol etc, benefícios estes que se perdem devido aos 30,4% de pesticidas utilizados em seu cultivo.

Couve

A couve é uma verdura muito utilizada atualmente em sucos detox, devido ao seu poder de desintoxicar o organismo de toxinas prejudiciais. Além disso, regula os hormônios e ajuda no combate à ansiedade. Infelizmente, foram detectados 31,9% de pesticidas nas plantações.

Acabar com o zumbido no ouvido

Beterraba

A beterraba tem alto teor de ferro, o que ajuda a aumentar as células vermelhas do sangue, combatendo a anemia e oxigenando os tecidos do corpo. A presença de 32,6% de pesticidas reduz esses benefícios, diminuindo também a quantidade de vitaminas A, B e C, zinco, magnésio potássio e fósforo existentes em sua composição.

Tomate

Mesmo sendo utilizado mais em saladas e molhos, o tomate é uma fruta. Rico em vitamina C e E, o tomate combate gripes, inflamações e doenças cardiovasculares, ajudando na saúde dos olhos e funcionando como diurético, ou seja, é inimigo da retenção de líquidos. Estudos indicam 16,3% de pesticidas presentes no cultivo do tomate, necessitando de muitos cuidados ao ser consumido a fim de absorver todos os seus benefícios.

Fonte:

https://draxe.com/dirty-dozen/


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br