Como Aliviar Dor no Ombro e no Pescoço?

Na maioria dos casos de dor no ombro e no pescoço, a causa é o acúmulo de tensões do dia a dia. Os músculos da região cervical não apenas ajudam na respiração, mas também ajudam na sustentação da cabeça e na movimentação dos ombros e braços. Eles têm tantas funções que podem levar a uma sobrecarga com estresse e tensão do cotidiano. É interessante observar que os músculos da região cervical contribuem não apenas com a respiração, como também na movimentação dos braços e ombros.

Sem dúvidas, essas são duas das queixas mais frequentes, juntamente com dores de cabeça e de coluna. Pessoas de diversas faixas etárias podem ser acometidas, sejam adultos, idosos, crianças, homens, mulheres e com hábitos de via distintos.

Movimentos simples podem ser afetados pelas dores, por exemplo, levantar e abaixar os braços, virar a cabeça para qualquer um dos lados, entre outras ações.

Aperte o play acima e ouça a narração desse post feita pelos nossos parceiros do Vooozer.

Como aliviar dor no ombro e no pescoço?

Dor no ombro

Como Aliviar Dor no Ombro e no Pescoço?

O ombro, basicamente, é adaptado para a articulação da função e não de carga. Por essa razão, os músculos e tendões do ombro desempenham um papel muito importante. Na maioria dos casos em que a dor do ombro surge, a causa costuma ser uma inflamação que acomete os tendões, ocorrência conhecida como tendinite.

Para se prevenir de problemas na articulação do ombro, o alongamento é um dos métodos que mais favorecem para promover relaxamento e fortalecimento. No entanto, é fundamental não realizar procedimentos repetitivos, pois nesse caso, o resultado será negativo.

Principais causas de dor no ombro:

Ações repetitivas podem levar ao aparecimento das dores no ombro e em algumas profissões, como atletas por exemplo, jogadores de vôlei e nadadores, dentistas, digitadores, entre outras, as pessoas ficam mais vulneráveis a problemas no ombro, especialmente por ficar muito tempo na mesma posição ou em posições inadequadas que acabam por sobrecarregar o tendão. No entanto, outros fatores podem estar relacionados com o surgimento desta dor, tais como:

  • Envelhecimento
  • Acúmulo de tensões do dia a dia na musculatura
  • Queda sobre o ombro
  • Artrite, que pode estar ligado ao desgaste da articulação
  • Bursite, é uma inflamação na glândula bursa, que é uma facilitadora do deslizamento dos tendões quando acontecem movimentos da articulação.

Como tratar a dor no ombro?

Naturalmente, o melhor tratamento para o seu caso, será prescrito por um médico especializado, afinal, para ter eficácia, é preciso descobrir as causas para o surgimento da dor. Alguns casos podem ser mais fáceis de ser resolvidos, por exemplo, com uma correção de postura, porém, em outros quadros, é necessário uma maior averiguação médica e até mesmo exames.

Para tratamentos em que os casos não são graves, podem ser resolvidos por:

  • Anti-inflamatórios, analgésicos, etc.
  • Fisioterapia
  • Correção postural
  • Exercícios orientados por um profissional.

Dependendo do seu caso, pode ser recomendado um tratamento clínico, essencialmente medicamentoso e com recomendações de mudanças de hábitos ou cirúrgico. Uma das práticas cirúrgicas que pode ser recomendada, é a artroscopia, que consiste em uma técnica que permite a correção de lesões que acometem o ombro.

É fundamental buscar por um médico, pois rupturas que acometem o tendão não cicatrizam ou diminuem sozinhas, ou seja, para evitar qualquer perda funcional, é necessário ter o acompanhamento de um profissional especializado para saber como prosseguir.

Métodos como massagens e até mesmo acupuntura, que muitas vezes são considerados alternativos, podem contribuir de forma complementar com o tratamento, mas é preciso seguir também com as recomendações médicas.

Deve haver também o cuidado com o excesso de peso na bolsa, pois além de evitar problemas na coluna, é uma forma de evitar dor no ombro. Veja mais a seguir:

Assista o vídeo para aliviar a dor no ombro você mesmo.

Esse método é voltado para pessoas que estão com dor no ombro ou no pescoço. Ele pode ser realizado tanto no trabalho, como em outros lugares, como escola ou em casa. Não se esqueça de realizá-lo de acordo com a indicação de um fisioterapeuta especializado, pois dessa forma, você evita maiores complicações. (1:16)

Dor no pescoço

Como Aliviar Dor no Ombro e no Pescoço?

O pescoço apresenta grande flexibilidade, por essa razão, está propenso a lesões e desgastes. Muitas vezes a dor surge como decorrência a uma noite de sono ruim, com o travesseiro errado, entre outras diversas razões. Normalmente, a dor no pescoço tem como causa, atividades que contam com movimentos repetitivos, alongamento efetuado de forma errada ou má postura.

No entanto, em algumas situações, pode ser causada por algo mais grave. Caso a dor apareça juntamente com a dormência, formigamento, fraqueza ou dor no peito, é recomendado que busque por assistência médica imediatamente.

Principais causas de dor no pescoço:

  • Artrite
  • Exercícios capazes de prejudicar o pescoço
  • Rompimento no revestimento da artéria
  • Problema na medula espinhal
  • Infecção
  • Lesões
  • Estresse

Um dos problemas que mais causam desconforto na área do pescoço, chama-se de artrose ou espondilose cervical. É uma enfermidade comumente chamada de bico de papagaio, que consiste no desgaste de discos e articulações, que ao longo do tempo pode causar muita dor e até mesmo imobilidade.

Principais atividades que causam dor no pescoço:

  • Ficar um longo tempo com a cabeça inclinada para frente ou para trás em atividades como leitura de livros, usar o computador, assistir TV ou ainda como usar smartphones, onde os danos podem se estender à sua coluna.
  • Dormir de barriga para baixo com o pescoço torcido
  • Dormir com um travesseiro muito alto
  • Estresse, a tensão pode aparecer em outros músculos

Neste contexto, é interessante observar que os travesseiros podem ser verdadeiros vilões. Por mais que algumas pessoas não liguem de averiguar corretamente este item antes de comprar, é preciso ter cuidado, o que serve também para o colchão. Uma noite de sono com estes itens errados, podem comprometer a sua coluna e causar dores em diversas áreas do corpo.

Como tratar a dor no pescoço?

Primeiramente, no que diz respeito ao diagnóstico, é preciso ter em mente que é incomum a realização de exames, porém, dependendo do seu quadro, o médico pode solicitar. No entanto, visando que a dor no pescoço, muitas vezes é causada por estresse, esforço e má postura, será fundamental relatar com precisão o que está sentindo e dar todas as informações que podem ser necessárias para um diagnóstico adequado.

Observe em qual área do pescoço está sentindo dor, se há perda de força, dor em outros locais e a presença da dor, se é constante ou ameniza em alguns momentos. Sem dúvidas, esses serão pontos importantes a relatar. A partir de seu relato durante a consulta, o médico averiguará quais são as medidas indispensáveis para o diagnóstico e tratamento.

Certamente, com a orientação médica adequada, será possível resolver o seu problema no pescoço. Existem diversos especialistas que podem atendê-lo, como quiropraxistas, massagistas, fisioterapeutas e acupunturistas. No entanto, em sua própria casa pode ser possível amenizar a situação, como alongamentos e uso de compressas quentes. A seguir, confira o vídeo com algumas dicas para se alongar.

Como corrigir a postura?

Hábitos comuns diários podem influenciar no bem-estar, não é difícil perceber que uma má postura, seja usando o computador, domingo, andando, comendo, entre tantas outras ações, é capaz de impactar em dores e situações incômodas diariamente.

Para quem busca uma boa postura, é recomendado procurar por um ortopedista e fisioterapeutas, para que a causa das dores seja encontrada e um tratamento adequado para cada caso seja estabelecido.

Realizar tratamentos juntamente com estes profissionais, pode ser muito benéfico para a sua qualidade de vida. O RPG (Reeducação Postural Global) e o Pilates são dois exemplos que buscam a reeducação dos movimentos corporais. Diferentemente do Pilates, o RPG também é recomendado para pessoas que contam com assimetrias posturais e dores causadas pela má postura. Ambos são orientados por fisioterapeutas e podem ser realizados de forma preventiva ou em casos de reabilitação de diversos problemas traumáticos, articulares, esportivos e contraturas musculares, principalmente o RPG.

As causas para ambos os problemas podem ser variadas e com isso, as formas de tratamento também. Para quem pratica exercícios físicos, é fundamental se alongar de maneira correta, afinal, tanto a falta do alongamento, quanto a realização errada, podem resultar em dores. Nem sempre as pessoas procuram um médico, por exemplo, em casos de torcicolo causados por má postura na hora de dormir. No entanto, é recomendado que ao suspeitar de algo ou na persistência da dor, um médico, mesmo que seja um clínico geral, seja procurado imediatamente. Mesmo que seja algo simples, a melhor forma de evitar maiores complicações é obtendo uma orientação especializada acerca do que pode ser ou não seu problema no ombro ou no pescoço.

Fonte:

http://www.webmd.com/pain-management/guide/neck-shoulder


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br