Como Fazer Óleo de Coco Caseiro?

Nos dias atuais o óleo de coco caseiro vem se tornando um dos queridinhos da mulherada quando o assunto é saúde e cuidado com a beleza. Isso porque a substância é ótima para quem quer emagrecer e ainda promove benefícios para aspectos externos do indivíduo, como no caso do nosso cabelo, por exemplo. Se for contar os benefícios que esse óleo proporciona, sem dúvida perderemos a conta, visto que a gama de variedades é bem vasta. E você pode tanto consumi-lo, como utilizá-lo diretamente na pele ou nos fios capilares.

Para quem procura desfrutar das vantagens do óleo de coco caseiro, precisa se lembrar que a melhor versão do óleo é o extra virgem produzindo de forma prensada e fria. E ainda melhor se o óleo for orgânico, pois dá para aproveitar ao máximo as suas propriedades naturais.

Nos casos das pessoas que deseja consumir o produto com o intuito de melhorar a saúde, é extremamente importante associar esse consumo com uma dieta equilibrada e exercícios físicos regulares. Se você aderir o óleo de coco em sua dieta, mas comer de tudo que fizer mal à saúde, seus efeitos benéficos consequentemente não produzirão efeito nenhum em seu organismo, por isso é fundamental ter cuidado e saber utilizar o óleo como seu aliado e não inimigo.

A seguir iremos destacar as principais vantagens de se utilizar o óleo de coco. Com certeza, a partir de hoje você irá se apaixonar por ele e passará a inseri-lo na sua rotina diária.

OS BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE COCO CASEIRO:

Como Fazer Óleo de Coco Caseiro?

1) Fortalecimento do sistema imunológico

Por se tratar de um alimento classificado como funcional, o óleo é constituído por uma cadeia média de triglicerídeos, que na medida em que entra em contato com o nosso estômago, acaba se transformando em uma monolaurina. Para quem não sabe, a monolaurina trata-se de um antibactericida, antifúngico e antiviral muito fortes, e que por isso são extremamente eficazes ao agir de forma direta na nossa imunidade.

Além disso, ele é constituído também por várias vitaminas do tipo hipossolúveis, das quais destacamos as vitaminas A, D, E e K. Tais vitaminas possuem a capacidade de promover o controle dos níveis de colesterol, aumentar os níveis de gordura boa e ainda diminuem os níveis de gordura ruim (LDL). É em vista disso que o óleo de coco também tem o efeito anti-inflamatório e o antitrombótico.

2) Combina com qualquer alimento

Geralmente, quem nunca consumiu o óleo imagina que ele dá um sabor semelhante ao coco nos alimentos, mas isso é mito. O sabor do óleo de coco caseiro é completamente neutro e por isso, preparar qualquer tipo de alimento com ele não irá alterar o seu sabor, muito pelo contrário, irá deixa-lo ainda mais apetitoso. A maioria dos nutricionistas recomendam usar o óleo na preparação de saladas, verduras, legumes, arroz e alimentos proteicos.

Se quiser consumi-lo puro, também é possível através de acompanhamento para saladas feitas com frutas, tipos variados de vitaminas, café e diversos outros alimentos. A grande vantagem do óleo de coco, é que com ele você pode ousar nas receitas saudáveis, pois visto que ele é bastante resistente à temperaturas altas, você pode criar vários tipos de receitas utilizando-o, que as suas propriedades benéficas se manterão intactas.

3) Não existe nenhuma contraindicação para o uso

Claro que é muito importante pedir as recomendações de um profissional qualificado, antes de efetivamente inserir o óleo de coco em sua dieta, mas no geral ele não tem efeitos negativos que impeçam alguém de utilizá-lo, já que proporciona uma gama enorme de nutrientes que fazem muito bem à saúde. O que o profissional pode fazer mesmo é só orientá-lo com relação as melhoras formas de se consumir o óleo de coco e a quantidade recomendada para o seu caso.

4) Alternativa saudável

Por ser altamente nutritivo e suportar temperaturas altas, o ideal é que se cozinhe com o óleo de coco, por ser o mais saudável. Isso porque a maioria dos óleos, quando expostos à temperatura excessiva acabam se oxidando e consequentemente perdendo suas vitaminas e minerais, o que não ocorre com o óleo de coco.

Acabar com o zumbido no ouvido

5) Promove o emagrecimento

Por se tratar de um triglicerídeo que faz parte da cadeia média, o óleo de coco tem maior facilidade no seu processo de absorção e por isso acaba se transformando de maneira mais rápida em energia no fígado. E é por isso que não se acumula em forma de gordura e ainda promove a aceleração do metabolismo humano, ajudando ainda mais a queimar gordura.

6) Hidratação da pele e dos cabelos

Além de trazer benefícios para a saúde do ser humano, o óleo também promove benefícios na pele e no cabelo, podendo ser aplicado diretamente nessas regiões para aproveitar suas vantagens. Com base nas recomendações de nutricionistas, você pode sim aplicar o óleo de coco nos cabelos antes de dormir, pois a umectação que será realizada durante a noite fará com que os fios do cabelo fiquem com mais brilho e ainda contribui para a redução satisfatória de queda capilar

7) É um ótimo aliado no pré-treino

Quem pratica exercícios físicos com regularidade pode consumir o óleo antes dos seus treinos, pois o mesmo fornece energia de forma muito mais rápida, fazendo com que o indivíduo treine com maior disposição e ainda auxilia no aceleramento do processo metabólico. Isso quer dizer que ele é ótimo para quem deseja emagrecer, uma vez que produz a sensação de maior saciedade e ainda faz com que o indivíduo não sinta fome durante os seus treinos.

O acesso ao óleo de coco é bem fácil e você pode encontrar e qualquer supermercado próximo ao seu bairro. Com relação ao preço, se comparado aos outros tipos de óleos disponíveis, ele acaba sendo considerando um produto caro, mas em contrapartida, os benefícios que ele proporciona ao ser humano não compensa a economia que se faz ao comprar um óleo de preço mais acessível.

Aliás, é possível preparar o óleo de coco na sua casa é não é nenhum bicho de sete cabeças não. Fique atento que o artigo irá lhe ensinar as principais receitas e formas de se produzir o óleo de forma caseira e sem muitos gastos.

COMO FAZER ÓLEO DE COCO CASEIRO?

Como Fazer Óleo de Coco Caseiro?

Existem algumas formas distintas de se preparar o óleo caseiro e uma delas é através de fermentação. Para a receita será preciso separar de dois a três cocos.  Primeiramente você deverá tirar suas cascas e colocar sua água em um recipiente à parte. Depois você pegará aquela “carne” do fruto e irá ralar em um outro recipiente á parte. A partir daí é necessário pegar um pano e mergulhá-lo no pote onde está à agua do coco, com compressões fortes visto que o intuito é extrair ao máximo o leito do coco.

Com a água que sobrar, misture-a com o leite que você conseguir obter e deixe reservado em um recipiente de vidro, na temperatura do ambiente durante o período de vinte quatro horas. Posteriormente você irá observar que o óleo do coco começará a flutuar sobre o a água. E em cima dele se encontrará uma camada esbranquiçada rica em proteína.

Feito tudo isso é só filtrar o óleo e para isso você poderá utilizar tanto uma seringa, como também poderá fazer o processo de separação de forma manual.

COMO FAZER ÓLEO CASEIRO POR COMPRESSÃO FRIA?

No preparo do óleo nessa modalidade você terá que fazer outros procedimentos. Inicialmente é preciso tirar todas as cascas de dois ou três cocos, dependendo da sua preferência. Quanto a carne, basta picá-la em pedaços pequenos e deixá-los torrar no fogo, em uma panela ou forno (a depender de sua escolha). Esse processo terá duração mínima de oito horas.

  • Posteriormente você poderá retirar os pedaços, mas certificando-se que eles estão com uma aparência mais dourada. E você também pode realizar esse processo com o auxílio de um desidratador.
  • Depois, será preciso pegar tais pedaços e processá-los em um aparelho espremedor, justamente para conseguir tirar todo o óleo presente neles. E para fazer isso o ideal é que você vá colocando quantidades pequenas dos pedações, visto que o aparelho pode acabar ficando entupido. Durante esse processo você conseguirá ver que o aparelho vai separar não só o óleo do coco, como também todo o creme existente nas fibras secas e é a partir daí que você deve separá-los e coloca-los cada um em um recipiente específico.
  • Pegue as fibras que restarem e passe elas novamente no espremedor, para conseguir extrair todo o óleo que ainda reste nelas. Fazendo isso, é só misturar depois o óleo com o creme obtido e deixá-los embaixo de sol por um período mínimo de vinte quatro horas.
  • Logo após você conseguirá notar o óleo subindo para a superfície do recipiente e para retirá-lo é bem simples. Já que o óleo estará no estado sólido, com o auxílio de uma colher você já irá conseguir separá-lo do creme de fibras.

COMO FAZER ÓLEO DE COCO CASEIRO PARA EMAGRECER?

Como vimos, o óleo de coco pode se tornar um ótimo aliado para quem quer melhorar a saúde, e principalmente para quem está querendo perder alguns quilinhos indesejados. E é super fácil de fazer o óleo na sua casa e consumi-lo para este fim. Anote aí todos os ingredientes e utensílios que você irá precisar:

Ingredientes

  • 1 jarra de plástico ou vidro;
  • 1 pano novo ou bem limpo para poder coar;
  • O liquidificador;
  • 1 recipiente grande com tampa;
  • 1 garrafa de plástico PET (tradicional de água);
  • 2 cocos bem maduros e com casca marrom (dê preferência aquele que tenha muita água);
  • 3 xícaras aproximadas de água dos próprios cocos;

Modo de preparar

  • O modo de preparo é simples. Pegue a polpa dos cocos e pique-a bem picadinha.
  • Em seguida bata ela com a água dos cocos durantes alguns minutos, até que você note a formação de um creme de aspecto liso. Caso o creme fica ainda muito denso, o recomendado é que se adicione mais um pouco de água, até que ele efetivamente fique com uma aparência lisa e bem uniforme.
  • Aquele pano que você separou inicialmente, deverá ser usado para poder pegar o creme e espreme-lo até conseguir obter o leite do coco. Todo o bagaço que sobra pode ser reaproveitado se você o congelar e posteriormente utilizar para a produção de doces.
  • Quando você finalizar esse processo, pegue todo o leite obtido, coloque-o na jarra, feche-a bem e deixe em um ambiente escuro por um período mínimo de quarenta e oito horas. Logo após esse período, pegue o leite e o transfira para a garrafa de plástico, deixando-a em um ambiente fresco e de boa ventilação, com temperatura máxima de vinte e cinco graus celsius.
  • O óleo do coco em si, só começa a se separar do leite após um intervalo de tempo de seis e oito horas aproximadamente. Para facilitar a sua vida, basta colocar a garrafa de leite na geladeira para congelar por no mínimo três horas. Dessa forma, o óleo irá ficar sólido e será muito mais fácil separá-lo do leite. A grande vantagem de prepara-lo é também a sua durabilidade. Guardando o óleo em um pote bem fechado (não precisa necessariamente colocá-lo na geladeira), ele poderá ser utilizado por um período de até dois anos.

COMO FAZER ÓLEO DE COCO CASEIRO PARA CABELO CACHEADO?

A mesma forma que você utiliza para fazer óleo de coco para o consumo, pode ser utilizada para fazer o óleo que você usará na umectação dos seus cabelos. No caso das cacheadas, este é um processo decisivo para a saúde e beleza dos fios, definido os cachos e deixando o cabelo com aspecto brilhoso e hidratado.

Existem muitas maneiras diferentes que as mulheres com cabelos cacheados podem utilizar para aproveitar os benefícios que o óleo de coco produzirá no cabelo e dentre eles destacamos a mais comum: A umectação durante o período da noite.

Acabar com o zumbido no ouvido

A umectação é essencial para repor os nutrientes que o cabelo acaba perdendo durante o dia a dia, em decorrência do uso de secadores, chapinhas, exposição ao sol e babyliss e no caso de cabelos cacheados, esse é um processo fundamental uma vez que é responsável por garantir o volume e a definição dos cachos. E quem não quer ter os cachinhos bem definidos e brilhosos não é verdade?

Para fazer isso é bem simples: antes de dormir passe o óleo de coco caseiro por todo o cabelo (preservando a raiz). E coloque uma touca térmica para dormir. Não precisa ter dó ou medo de molhar os fios com o óleo, o objetivo é deixar eles cheios dos produtos mesmo para que a umectação seja feita de forma eficiente.

No dia seguinte, lave os cachos normalmente, com o seu shampoo e condicionador favoritos. E se preferir, seque eles com o difusor para ressaltar ainda mais o formato dos cachos. É imediatamente nítido a nutrição que o óleo promove no cabelo e o custo benefício vale muito a pena.

ÓLEO DE COCO CASEIRO PARA ALISAR O CABELO

Outra utilidade do óleo de coco caseiro é na hora de promover o alisamento dos fios, ou seja, ele é capaz de atender as necessidades de todos os tipos de fios. Incrível não é mesmo? Para fazer isso separe o óleo de coco caseiro e junte azeite de oliva extravirgem, amido de milho e um limão.

  • Primeiro misture o suco do limão com o amido, até que você adquira uma mistura bem uniforme e densa.
  • Em seguida, leve ao fogo com o óleo de coco e o azeite, até que a mistura fique cremosa.
  • Depois de esfriar você pode aplicar nos fios e deixar agir por meia hora no mínimo.
  • Se você preferir não levar a mistura ao fogo, pode batê-la em um liquidificador e aplicar diretamente no cabelo, que o efeito será o mesmo. Faça de acordo com a sua preferência.

COMO FAZER LEITE DE COCO CASEIRO?

Outra Forma bem legal de aproveitar os benefícios do coco é produzindo o leite caseiro. Para isso basta ter uma polpa de coco e cerca de setecentos milímetros de água mineral em temperatura morna.

Pegue a polpa e pique ela em pequenos pedaços, batendo-as em seguida em um liquidificador junto com a água anteriormente citada, por no mínimo três minutinhos. Quando você bater, pegue a mistura e coe com o auxílio de uma peneira, transferindo-a do liquidificador para um recipiente de sua preferência.

E acredite se quiser: seu leite de coco está prontíssimo. Para o consumo ele é super saudável.

RECEITA DE ÓLEO DE ABACATE CASEIRO

Uma receita extra para você também fazer em sua casa é o óleo de abacate caseiro. Com ele, você também poderá obter inúmeros benefícios para a sua saúde. Anote aí a receita: Pegue dois abacates e retire suas polpas. Bata elas em um liquidificador, até obter a consistência de um purê. Depois, espalhe a mistura em formas. O ideal é deixar uma camada bem fina, para que o abacate seque bem mais rápido.

Pronto. Deixe as formas com o abacate no sol para secar por um ou dois dias, mas se não tiver paciência pode colocar no forno para que o processo seja mais rápido. Depois é só enrolar as raspas do abacate em uma gaze e espremer com bastante força para extrair o máximo de óleo que conseguir. Com essa receita você consegue até vinte e cinco milímetros de óleo.

COMO FAZER O ÓLEO DE COCO CASEIRO?

Como fazer óleo de coco em casa. Método tradicional Prático e econômico. Óleo de coco no fogo não perde os benefícios, ele suporta temperatura superior a 100º. Saiba mais aqui!


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br