Realmente Usamos Somente 10% do Nosso Cérebro?

O cérebro é um órgão complexo, responsável por nossos movimentos, raciocínio, inteligência, controle das emoções, do sono, da fome e de todas as atividades necessárias para nossa sobrevivência, interpretando os sinais que nosso organismo dá e os recebidos pelo ambiente. Mas diante de suas inúmeras funções, será que só usamos 10% do nosso cérebro como dizem por aí?

Vamos conferir a seguir se realmente usamos somente 10% do nosso cérebro:

1) A teoria dos “10% do cérebro”?

Muitas teorias sobre o ser humano utilizar somente 10% de seu cérebro foram criadas ao longo dos anos. Alguns indícios dessa teoria foram:

  • Inicialmente, um dos fundadores da ciência cognitiva moderna, Jean Pierre Flourens, demonstrou como funcionava os hemisférios cerebrais, chamando a massa cinzenta do cérebro de “córtex silencioso”, o que fez muitos outros pesquisadores acreditarem que essa região não tinha nenhuma função.
  • Posteriormente, os psicólogos William James e Boris Sidis, na década de 1890, em seus estudos informaram que todo ser humano tinha reservas escondidas de recursos mentais e físicos, desenvolvendo apenas 10% de sua habilidade mental.
  • Karl Lashley, também psicólogo americano, entre 1920 e 1930, realizou pesquisas sobre o cérebro onde sugeriu que o aprendizado é governado exclusivamente pelo córtex cerebral, não existindo regiões específicas para este aprendizado adquirido, o que pôde ter dado origem à teoria dos 10%.
  • Especialistas em fenômenos paranormais defendem que o cérebro só usa 10% de sua capacidade, pois se usasse mais do que isso o ser humano seria capaz de se teletransportar, levitar, ler mentes, entortar talheres com o pensamento, etc. Porém, a ciência nunca comprovou a existência desses fenômenos.

O entendimento sobre o cérebro naquela época era muito inconstante, em que se conhecia muito pouco sobre como investigá-lo, mas a teoria dos 10% era e ainda é atraente para muitas pessoas, uma vez que diz que poderíamos ser muito mais inteligentes e criativos se usássemos os outros 90% do cérebro.

2) A plasticidade de nosso cérebro

Realmente Usamos Somente 10% do Nosso Cérebro?

Conforme foram avançando novos estudos sobre o cérebro, descobriu-se sua plasticidade, ou seja, a capacidade dele em se remodelar de acordo com as experiências, necessidades, percepções, ações e aspectos do ambiente do ser humano. Ele é maleável e possível de se regenerar quando uma área é lesada, substituindo as funções afetadas pelas células vizinhas.

O sistema nervoso é plástico e quanto mais estimulado for, mais se aumenta seu potencial, ou seja, todas as pessoas podem usar o cérebro para fazer mais coisas do que já se sabe fazer, permitindo adaptações e aprendizagens ao longo da vida, o que torna o ser humano mais eficaz.

Assim, pode-se afirmar que o cérebro está em constante mudança. Porém, não significa que estamos explorando novas áreas do cérebro, mas sim realizando novas conexões entre as células nervosas e perdendo as velhas quando não precisamos mais delas.

3) Usamos ou não somente 10% do nosso cérebro?

Os estudos sobre o cérebro se aprofundaram mais nos últimos 30 anos, principalmente quando exames de imagens mostraram como ele funciona. Então, os indícios que provam que usamos mais do que 10% do nosso cérebro são:

  • A ressonância magnética, por exemplo, é a melhor forma de investigar como o cérebro funciona, mostrando quais áreas dele estão ativas quando pensamos ou fazemos algo, como as áreas da linguagem, raciocínio, leitura, repouso, etc.
  • Cada neurônio faz 20 mil contatos com outros neurônios e recebe 20 mil também de outras células, somando 40 mil envolvimentos entre eles no total.
  • Para realizar coisas simples no dia-a-dia, como, por exemplo, falar poucas palavras, o cérebro faz uma grande integração de diferentes áreas, ou seja, isso requer muito mais do que 10% de uso do cérebro.
  • Até mesmo quando estamos em repouso, o cérebro trabalha constantemente, controlando nossa respiração, memória e atividades do coração.
  • Quando uma célula nervosa deixa de funcionar, ela morre e é colonizada por outras áreas próximas, ou seja, o cérebro nunca fica ocioso.
  • O cérebro constitui 1/40 da massa total do ser humano e o seu tecido consome 20% de todo o oxigênio que respiramos, ou seja, usa 20% da energia do corpo, o que torna impossível dizer que só usamos 10% dele.
  • Vários estudos de imagem sobre o cérebro mostram que nenhuma área do cérebro é totalmente silenciosa ou inativa, ou seja, todo o cérebro está ativo o tempo todo, até mesmo durante o sono.

Com tudo isso, conclui-se que a gente usa bastante nosso cérebro para tudo o que fazemos, ou seja, é impossível que os outros 90% não sejam usados, tornando a “teoria dos 10%” um mito.

4) E se só usássemos 10% do cérebro?

Realmente Usamos Somente 10% do Nosso Cérebro?

Vamos pensar na possibilidade de retirar os outros 90% de nosso cérebro. O que aconteceria? Se 90% fosse removido, sobraria cerca de 140 gramas de tecido cerebral, equivalente ao cérebro de uma ovelha, por exemplo. Isso causaria vários tipos de deficiências.

Mas e as doenças degenerativas, como a doença de Parkinson, por exemplo, que afetam áreas específicas do cérebro? Também não impede o cérebro de funcionar corretamente? Sim, mas esse dano é bem menor do que remover 90% dele.

Assim, sem os 90%, seríamos incapazes de fazer atividades simples, como falar, pensar, processar informações, andar, etc. Diante disso, é uma ideia equivocada pensar em usar somente os 10% do cérebro, uma vez que ele está em constante atividade e mudanças.

Fonte:

https://faculty.washington.edu/chudler/tenper.html

7 Formatos das Unhas Podem Determinar o Tipo da Personalidade

Quando interagimos com alguém, nossos olhos registram muitas vezes características físicas, como a cor dos seus olhos, o comprimento de seu cabelo e a altura para determinar a personalidade da pessoa. Porém, no Japão há nova moda. As pessoas reparam nos formatos das unhas. para determinar a sua personalidade.

Os japoneses promentem que o formato da sua unha pode dizer muito mais sobre você do que você acha.

Veja a Seguir Como os 7 Formatos das Unhas Podem Determinar o Tipo da Personalidade

7 Formatos das Unhas Podem Determinar o Tipo da Personalidade

1) VERTICALMENTE LONGA:

Você é uma romântica de temperamento moderado

É provável que o seu lado direito do cérebro seja mais bem desenvolvido e é o tipo altamente imaginativo. Você é meticulosa e criativa, tende a ficar sobrecarregada pelo ambiente onde vive e pode facilmente ser enganada, então é um pouco mais cautelosa e alerta. Quando se trata de lidar com o lado esquerdo do cérebro, você pode achar que é difícil entender as outras pessoas e pode até mesmo acabar em conflito.

2) HORIZONTALMENTE LONGA:

Você é uma teórica de temperamento curto

É provável que seu lado esquerdo do cérebro esteja mais bem desenvolvido, e você é o tipo “altamente eloquente”. Você fala claramente o que pensa, o que dá às pessoas a impressão de que é simples e clara. No entanto, tende a ser impaciente e de mau humor, por isso pode ser uma boa ideia praticar um pouco de autodomínio às vezes.

É, entretanto, uma pensadora afiada e profunda. Pode dizer a diferença entre a verdade e mentira. Essa capacidade lhe permite oferecer o melhor conselho. Você não diz às pessoas o que elas querem ouvir, você diz a eles o que eles precisam ouvir.

3) ARREDONDADA OU EM FORMA DE OVO:

Você é uma pacifista descontraída

Você é o tipo feliz que faz coisas em seu próprio ritmo. É muito sociável e sempre que as pessoas ao seu redor começam um argumento, é sempre a primeira a intervir como uma mediadora. Todos gostam de você, mas cuidado, pode dar aos outros uma impressão de que é uma pessoa fácil. Então fique mais quieta para que seus amigos não percam confiança em você. Em comparação com outros tipos, você se dá relativamente bem com todos os tipos.

Gosta de fazer as coisas de uma maneira muito original. Raramente vai com o que a maioria está fazendo. Mesmo que você esteja em contato com seus sentimentos, não costuma deixá-los tirar o melhor de você.

4) QUADRADA

Você é séria

Você é aquela com perseverança e coragem. Sua atitude séria é uma coisa boa, mas, sua dureza e inflexibilidade são como uma falha em uma pedra preciosa. Se você pudesse tentar ser menos teimosa e pensar com mais flexibilidade, as coisas poderiam funcionar melhor para você. É a valente e que nasceu como uma líder natural.

5) TRIÂNGULO

Você é a gênia sensível

Você é a fornecedora de idéias novas e aquela que sempre observa os detalhes minuciosos em coisas que os outros sentem saudades. Você é a esperta do grupo. Inovadora e brilhante quando os outros exigem perfeição. As pessoas que conhece são fascinadas por você.

6) EM FORMA DE AMÊNDOA:

Você é fiel e honesta

Você tem uma imaginação vívida e é gentil e sempre sincera com as pessoas. É muito educada, porém, tem baixa tolerância e tende a ficar de mau humor quando se trata de coisas que não aceita. Quando você sente que está prestes a explodir, pode fazer algo bom, como se afastar por um momento e esfriar sua cabeça.

As pessoas gostam de passar tempo com você porque encontra o bem nelas. E é boa em lidar com situações difíceis.

7) ESPADA

Você é a idealista ambiciosa

Você é do tipo que não hesitaria em trabalhar duro para alcançar seus objetivos. Desde que seja algo que a ajude a avançar em direção a seus ideais, você o fará, mesmo que seja algo que não goste. No entanto, no quesito “cooperação”, tem que praticar. Também é provável que se sinta impaciente ao lidar com pessoas que são muito relaxadas e não acompanham você. Seria benéfico trabalhar com os outros. Você tem seus objetivos e não vai parar até encontrá-los. Sua ambição é muitas vezes contagiosa.

7 Formatos das Unhas Podem Determinar o Tipo da Personalidade

Concorda com esta lista? Deixe-nos saber qual seu tipo de personalidade na seção de comentários abaixo!

Fontes:

http://en.rocketnews24.com/2014/07/02/nailed-it-the-shape-of-your-nails-may-reveal-the-type-of-person-you-are/

http://www.higherperspectives.com/nails-1406163826.html?page=2

Quais são as Línguas Mais Faladas no Mundo?

Muito se exige hoje em obter fluência em uma segunda língua e até uma terceira, principalmente no mundo dos negócios. Seja qual for a exigência do momento, profissional ou pessoal, é importante conhecermos as línguas mais faladas para abrir outras portas que possam surgir, como uma viagem, estudar, trabalhar fora, etc.

Vamos conhecer a seguir as línguas mais faladas no mundo.

Quais são as Línguas Mais Faladas no Mundo?

1) Mandarim (chinês)

Muita gente pensa que o inglês é a primeira língua mais falada do mundo, porém esta posição pertence ao mandarim. Falado na China, Malásia e Taiwan, estima-se que em torno de 1,2 milhões de pessoas falam este idioma, considerado um dos mais difíceis no aprendizado, já que cada palavra pode ser falada em quatro formas diferentes e é uma linguagem com pictogramas.

2) Espanhol

O espanhol ocupa o segundo lugar do idioma mais falado no mundo, presente na Espanha, América do Sul e Central, sendo em torno de 400 milhões de pessoas que falam esta língua. É ensinada ainda nos EUA, onde muitas palavras sofreram adaptação do espanhol.

3) Inglês

Mesmo não ocupando o primeiro lugar das línguas mais faladas, o inglês é falado por mais de 360 milhões de pessoas no mundo. É mais usual em países como Estados Unidos, Reino Unido e países da Oceania. Considerada a língua mais ensinada no mundo, o inglês, segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Harvard, possui em torno de 1.022.000 palavras, crescendo em média 8.500 anualmente.

4) Híndi

Esta língua é a oficial na Índia, Nepal e partes do Paquistão, com 260 milhões de nativos, e faz parte da família de línguas Híndi. A Índia tem 23 línguas oficiais, com o híndi e urdu entre elas. O primeiro-ministro Narendra Modi, um nacionalista hindu, procura que o hindi substitua o inglês nos estados do sul da Índia como a língua principal da comunicação oficial, uma estratégia que tem encontrado resistência.

5) Árabe

Considerada uma das línguas mais antigas no mundo, o árabe (língua do Alcorão – livro sagrado do Islã) é falado por 250 milhões de pessoas em média, no Oriente Médio, Arábia e África do Norte. Em 1974, o árabe foi declarado como a 6ª língua oficial dos EUA.

6) Português

O português é a língua falada no Brasil e Portugal, além de países colonizados pelos portugueses como Moçambique, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe e Guiné. Macau (Ásia) e Timor Leste (Oceania), também falam português. São em torno de 215 milhões de pessoas no mundo que fazem uso deste idioma.

7) Bengalês

Língua oficial do Bangladesh e nordeste da Índia, com origens do híndi e urdu, é falada por 170 milhões de pessoas em média. A população está projetada para dobrar, enquanto 15% da área terrestre irá desaparecer abaixo dos mares em ascensão.

8) Russo

Como a antiga União Soviética era formada por 12 Estados, é claro que o russo é uma das línguas mais faladas no mundo e oficial desta federação. São em média 170 milhões de pessoas que falam o idioma na Rússia e Ásia Central.

9) Japonês

A maioria das pessoas que fala japonês, em torno de 130 milhões, vive no Japão, possuindo dois sistemas de escrita distintos (hirogana e katakana), fazendo uso extensivo de caracteres chineses Kanji. Outros grupos de pessoas que vivem fora do Japão e fazem uso desta língua são encontrados nos Estados Unidos, Brasil e Filipinas.

10) Lahnda

Em torno de 100 milhões de pessoas que falam este idioma estão concentradas nas extensões da Índia e Paquistão. Quando a população nativa que ocupava o Reino Unido saiu, milhões de pessoas foram forçadas a deixar suas casas, empregos e famílias.

Quais são as Línguas Mais Faladas no Mundo?

Fonte:

https://www.babbel.com/en/magazine/the-10-most-spoken-languages-in-the-world

Saiba Tudo Sobre o Buraco Negro

Até algumas décadas atrás, o Buraco Negro era tratado como uma possibilidade remota, sem a chance de dados. Hoje, temos não só a certeza de que ele existe, como é um dos efeitos físicos mais perigosos e impressionantes que se tem notícia.

Basicamente, um Buraco Negro é uma região com uma concentração enorme de massa, com uma atração gravitacional tão grande que seria capaz de sugar planetas e até mesmo estrelas como o nosso sol, o que poderia acabar facilmente com todo o sistema solar no qual vivemos hoje. E nada pode ser feito para impedir a ação de um buraco negro.

1) Como surge um Buraco Negro?

Saiba Tudo Sobre o Buraco Negro

As circunstâncias para o surgimento de um buraco negro são específicas, e um tanto raras. A melhor forma de compreender seu funcionamento é através da Teoria da Relatividade de Albert Einstein. Nela, é dito que a gravidade seria uma deformação do espaço-tempo, causada pela massa presente em planetas e estrelas. O tamanho dessas deformações dependeriam da massa e da densidades desses corpos celestes. Em outras palavras, quanto maior um planeta ou estrela, maior sua gravidade.

Mas o que isso teria a ver com o Buraco Negro? Cada estrela presente no universo possui um ciclo de existência, incluindo nosso sol. Esse ciclo dura milhões, até bilhões de anos, e um buraco negro pode surgir justamente no fim dele. A possibilidade vai depender da quantidade de massa que a estrela possui.

Quando uma estrela colapsa, ocorre o efeito que chamamos de Supernova, em que a estrela se espreme devido ao seu campo gravitacional e peso massivo, e se expande em uma explosão enorme. Outros eventos podem ocorrer após uma Supernova, como o Horizonte de Eventos e o Magnetar, mas para que não fique muito complexo, basta entender que, para um buraco negro surgir, a compressão da estrela deve ser grande o bastante para que esse processo continue indefinidamente.

À partir do momento em que a gravidade se comprime e se expande, nem mesmo a luz consegue escapar, daí o nome Buraco Negro. E uma vez que ele começa, dificilmente para, engolindo tudo o que estiver próximo graças a seu forte campo gravitacional.

2) Por que um Buraco Negro é tão perigoso?

Buracos Negros podem se expandir com facilidade. Uma vez que absorvem de tudo, de gases até mesmo, seu tamanho pode ser grande o bastante para absorver até mesmo outros planetas. Este é um processo recorrente em muitas galáxias distantes da terra, e que pode ser ainda mais perigoso quando dois buracos negros se encontram.

Felizmente, eles não são imparáveis. Uma das teorias que tornou Stephen Hawking famoso nos anos 70 explica que os buracos negros possuem uma tênue camada ao redor de sua superfície que lentamente suga sua massa, fazendo com que o fenômeno evapore. Porém, este é um processo muito lento: estima-se que um buraco negro só desapareça dessa forma dentro de um período de 5 quintilhões de anos. Para se ter uma ideia, nem mesmo o nosso sol viverá todo esse tempo.

3) Quais as chances de surgir em nosso sistema solar?

A princípio nenhuma. E como bem foi apontado por vários estudiosos, existe uma infinidade de galáxias espalhadas pelo universo, algumas a centenas ou mesmo milhares de anos-luz de distância do nosso sistema solar, cada uma com seus buracos negros, que levariam muito tempo até chegar aqui. Tempo suficiente para vivermos tranquilamente.

Além disso, como foi apontado pelo doutor em Astrofísica Rodrigo Nemmen, não existe a possibilidade de um buraco negro engolir não apenas nosso sistema solar, como todo o universo. Isso porque esse fenômeno também respeita um princípio físico, o de conservação de momento.

Essa teoria se resume no seguinte ponto: por mais que um Buraco Negro tenha uma capacidade de atração enorme e suge tudo em seu caminho, todo o restante do universo tem sua própria massa e energia, suficientes para que não tire tudo do lugar. O que quer dizer que poderíamos ter um buraco negro no lugar do sol, se ele fosse de mesma massa e distância.

Agora que você sabe um pouquinho mais sobre buracos negros, já pode observá-los com um pouco menos de medo. E como indicações de materiais para ir mais a fundo no assunto, seja de forma fictícia ou verídica, recomendamos a série Cosmos, apresentada pelo físico Neil Degrasse Tyson; o filme Interstellar, dirigido por Christopher Nolan; e a HQ brasileira Astronauta – Magnetar, que apesar de não lidar diretamente com um buraco negro, relata alguns eventos físicos relacionados com bons detalhes. Até a próxima, pessoal!

Veja este vídeo da nerdologia que explica sobre o buraco negro (6:57):

Fontes:

https://www.nasa.gov/audience/forstudents/k-4/stories/nasa-knows/what-is-a-black-hole-k4.html

 

Saiba Tudo Sobre o Triângulo das Bermudas

Também conhecido como o Triângulo do Diabo, o Triângulo das Bermudas é uma área localizada entre as Bahamas, Porto Rico e a região da Flórida, nos Estados Unidos. O lugar é tido como amaldiçoado por conta de vários desaparecimentos de navios e aviões ao longo das últimas décadas. Ao todo, foram mais de 100 desaparecimentos desde 1945, mas há registros de acontecimentos na região caribenha desde o século XV.

1) A Origem do Nome Triângulo das Bermudas

Apesar dos casos estranhos, o termo Triângulo das Bermudas só recebeu este nome em 1964, pelo escritor Charles Berlitz, mas que só ganhou força de verdade dez anos depois com o título do seu livro, Triângulo das Bermudas. E é curioso que, apesar do mistério dos desaparecimentos não ter sido descoberto naquela época, por muito tempo cogitou-se que a origem dos conflitos poderia ter sido sobrenatural.

A teoria de Berlitz, que veio a ser explorada inúmeras vezes em livros, séries, animações e outras fontes de entretenimento, é de que o Triângulo das Bermudas estivesse conectado de alguma forma com a mítica Atlântida. Segundo o autor, a cidade estaria submersa na região, e as energias emanadas por ela levaram aos sumiços.

Não demorou para que outras teorias igualmente malucas surgissem, como a presença de extraterrestres ou mesmo portais espaço-temporais que surgiam sem uma frequência definida. Soma-se isso ao fato de tempestades e outros fenômenos naturais violentos serem recorrentes, e o mistério continua.

2) Os Conflitos nas Causas Científicas

Tudo Sobre o Triângulo das Bermudas

Com o aumento dos casos de desaparecimento, diversas equipes de pesquisadores e cientistas buscaram entender o que acontecia na região para tantos mistérios. As mais difundidas, ao menos nas primeiras tentativas de explicação, teria sido a presença de gás metano na região, o que reduziria a capacidade de flutuação dos navios, e portanto seu afundamento.

Porém, apesar de ter fundamento, tal teoria não é totalmente aceita pela área acadêmica. Uma outra teoria afirma que o Triângulo das Bermudas é uma de várias regiões existentes no planeta com anomalias similares, sendo um deles bem conhecido dentro da Rússia, e que a explicação teria a ver com a posição do globo próximo ao Cinturão de Van Allen, um campo radioativo que circula o planeta.

3) A Teoria dos Portais

Existem muitas teorias místicas envolvendo o Triângulo das Bermudas. Uma das mais controversas, além da ligação com Atlântida que já falamos aqui, é de que ele teria portais ocultos no Espaço-Tempo. De autoria desconhecida, a muitos acreditam que o local seria uma espécie de “ponto morto” no tempo, em que objetos e seres de diferentes épocas se encontrariam no local.

Verdade ou não, essa é uma das teorias mais conhecidas e malucas que envolvem a localização caribenha…

4) Afinal, qual é a verdade do Triângulo das Bermudas?

Saiba Tudo Sobre Triângulo das Bermudas

Bem, por mais que o Triângulo das Bermudas seja de fato cheio de mistérios, a história de que muitos navios continuam desaparecendo na região já é tratada com menos relevância, principalmente graças aos trabalhos do jornalista Larry Kusche, que publicou um livro intitulado “O Triângulo das Bermudas – Resolvido”, contestando todos os fatos – e a falta dos mesmos – estabelecidos por Charles Berlitz.

Verdade ou não, o Triângulo das Bermudas causa ceticismo e dúvidas até hoje nos mais desavisados e entendidos, sendo um ponto a ser pensado com cautela quando se visita as ilhas caribenhas que estão na região. E você, o que acha que pode ser o triângulo? Deixe para nós nos comentários.

Veja também este documentário sobre o Triângulo das Bermudas feito pela BBC (89:00):

Fontes:

http://www.livescience.com/23435-bermuda-triangle.html

Tudo Sobre a Terceira Temporada do Narcos

A segunda temporada de Narcos chegou no dia 2 de setembro e as pessoas já assistiram tudo. Para os fãs, o que lhe interessam são os rumores da próxima temporada. Isso porque a Netflix já confirmou que a terceira temporada seria em 2017 e quarta temporada em 2018.

Agora que já falamos que haverá uma continuação da história, fizemos uma lista com tudo que você precisa saber sobre a terceira temporada da série:

Não é spoiler: Pablo Escobar morrerá sim!

Tudo sobre a terceira temporada do Narcos

Por ser baseada em uma história real, não há como fugir, afinal muitos de nós lembramos das notícias sobre a morte de Pablo Escobar, encontrado morto em um telhado de Medellín. Porém, as principais perguntas dos fãs giravam em torno da continuação da série.

O próprio Wagner Moura garantiu que a morte de Pablo não significa o fim da série. Para ele “enquanto houver cocaína, há história para ser contada”, afirmou.

Veja o trailer da terceira temporada do Narcos

É o fim da participação de Wagner Moura

Tudo sobre a terceira temporada do Narcos

Porém, como nem tudo são flores, a segunda temporada está dizendo adeus para o surpreendente Wagner Moura, que superou todas as expectativas de atuação. “Fazer esta temporada deixou em mim um misto de sentimentos. Isto foi um momento muito importante da minha vida. Dediquei-me tanto a esta série, a este projeto, e recebi tanto”, disse o ator, em uma entrevista realizada em Londres.

Terceira temporada virá mais violenta

Mesmo sem spoilers sobre o que ocorrerá na terceira temporada de Narcos, prevista para ir ao ar somente no ano que vem, sabe-se que os episódios serão ainda mais violentos.

Com a segunda temporada lançando a pergunta de “Quem matou Pablo Escobar?” a proposta da série promete um futuro mais sombrio a respeito do que aconteceu com ele. Há duvidas sobre se o narcotraficante foi morto pela polícia ou se suicidou para não ser capturado.

Há futuro sem Escobar

Tudo sobre a terceira temporada do Narcos

Ao contrário do que todos nós pensamos, o produtor de Narcos nos tranquiliza: Há sim um futuro sem Escobar. Em entrevista ao Film, Eric Newman enfatizou que “tem muita coisa pra acontecer depois [da morte do Pablo]. Tem muitas histórias que continuam nesse mundo. De certa forma, pra mim, o que eles fizeram em Homeland após perderem Damian [Lewis] foi genial”, contou.

Confirmado: haverá a quarta temporada de Narcos

Para tranquilizar os mais aflitos, a Netflix afirmou no dia 6 de setembro que haverá a quarta temporada da série. O anúncio disse que a série foi renovada para a terceira e a quarta temporadas e manterá como produtores executivos José Padilha e Eric Newman.

Gilberto Rodriguez-Orejuela: O novo ponto central da série

Gilberto Rodriguez-Orejuela

Um pequeno spoiler deixará você ainda mais curioso para continuar acompanhando a série: Segundo a Netflix, a terceira temporada de Narcos será centrada no traficante Gilberto Rodriguez-Orejuela (interpretado por Damian Alcazar), chefe do cartel de Cali.

O anúncio foi dado dentro da própria série. Após uma imagem do Pablo Escobar de Wagner Moura ficar desfocada, apareceu a mensagem “a carreira tem que continuar”, seguida pela imagem de Orejuela.

Tudo Sobre a Segunda Temporada do Stranger Things!

Stranger Things foi um dos grandes marcos no Netflix esse ano. Com uma trama bem escrita, uma boa dose de nostalgia dos anos 80, e uma atuação impecável principalmente do núcleo infantil, a série cresceu como uma novidade generosa para o público que estava carente de boas histórias.

E claro que a Netflix não deixaria a oportunidade de uma segunda temporada passar em branco. Mas com uma história bem fechada no primeiro arco, o que poderia vir na segunda? Confira com a gente!

Mas que série é essa, Stranger Things?

A série foi criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer, que possui um detalhe curioso: antes de serem acolhidos pelo Netflix, o projeto passou por vários canais, sendo recusados na maior parte deles. Algum produtor deve estar se retorcendo agora… Enfim, o fato é que a proposta de Stranger Things é bem simples, mas muito bem executada.

A trama é ambientada numa pequena cidade no interior dos Estados Unidos em 1983, abalada pelo desaparecimento repentino de um jovem, Will. Seus três melhores amigos começam a investigar a fundo o seu sumiço, e a chegada de Eleven, uma garota com poderes paranormais, pode ser a chave para desvendar o mistério.

O charme de Stranger Things está no uso certeiro da nostalgia. Ambientada nos anos 80, ele consegue pegar os melhores elementos de histórias da época, e adicionar o seu toque pessoal. Aqui, temos uma mistura muito bem feita das obras de Spielberg, John Carpenter, e Stephen King, principalmente desse último. Referências a cultura pop da época, sendo uma das icônicas o jogo de RPG Dungeons & Dragons, são constantes, mas implícitas o suficiente para não serem apelativas.

O que vem na Segunda Temporada?

Tudo sobre a segunda temporada do Strange things!

Stranger Things volta em 2017, com uma data específica ainda para ser anunciada. Você gostou da série? Quais personagens lhe cativaram mais? E quais são suas teorias para a próxima temporada? Veja aqui todas as informações!

ALERTA DE SPOILERS

Com um arco fechado na primeira temporada, é um pouco difícil de imaginar o que pode vir na segunda. O único ponto confirmado pelos irmãos Duffer é que os personagens centrais (Dustin, Mike, Lucas e Will) estarão um pouco mais crescidos, e mostrando as consequências do que viveram no Mundo Invertido. Fora este fato, ainda temos algumas pontas soltas a se pensar:

Veja o trailer da temporada 2 do stranger things!

Os títulos dos episódios

Para quem não conseguiu pegar no trailer, veja os títulos dos episódios.

  1. Madmax (Madmax)
  2. The Boy Who Came Back To Life (O menino que voltou da morte)
  3. The Pumpkin Patch (O Remendo da Abóbora)
  4. The Palace (O palácio)
  5. The Storm (A tempestade)
  6. The Pollywog (O girino)
  7. The Secret Cabin (O cabine secreto)
  8. The Brain (O Cérebro)
  9. The Lost Brother (O irmão perdido)

A Volta (ou não) de Eleven

Tudo sobre a segunda temporada do Stranger things!

Eleven (Millie Bobby) foi um do grandes destaques na temporada. A garota com poderes telecinéticos tinha um carisma único, e foi de partir o coração ver seu sacrifício para salvar Will e seus amigos do Demogorgon no fim da temporada. Mas será que ela teria mesmo desaparecido para sempre?

A atriz Millie Bobby não confirmou sua participação na série, mas este ponto nem mesmo os produtores da série confirmaram. Com a história ainda não resolvida do Mundo Invertido – presente em Will – podemos esperar a volta de Eleven…

Justiça para Barb?

Melhor amiga de Nancy, Barbara (Sharon Purser) teve um destino um tanto cruel ainda no começo da temporada, sendo uma das vítimas do Demogorgon. O que chamou muita atenção do público, é que tanto não houve a devida atenção a personagem desaparecida, como uma possível chance dela voltar – afinal, se Will pôde, por que ela não?

Diferente de Eleven, que não está certa de voltar, Matt Duffer já confirmou que Barb está mesmo morta. Mas não esquecida: segundo uma entrevista dada ao IGN americano, o produtor avisou que a personagem terá sua devida justiça. É esperar para ver.

O quê vai acontecer com Will?

Tudo sobre a segunda temporada do Stranger things!

Will é outra incógnita na segunda temporada. Sequestrado pelo Demogorgon, o garoto foi dado como morto, e foi a razão dos seus amigos e Eleven se arriscarem tanto para achá-lo. Embora resgatado com vida, não se sabe quais efeitos o Mundo Invertido tiveram sobre ele, principalmente com o fato dele vomitar algo bem comum para quem viu a série Alien…

Por falar nele, o Pollywag (o girino vomitado por Will) tem sido motivo de muitas especulações para a segunda temporada. É possível que ele seja um novo Demogorgon, usando o corpo do garoto como hospedeiro, ou seja um mero parasita, mas que moldaria sutilmente a personalidade dele. O que é certo, sem sombras de dúvidas, é que Will ainda será o centro das ações.

O Mistério na Morte da filha do Xerife e do Mundo Invertido

Tudo sobre a segunda temporada do Stranger things!

O Xerife Hopper tem uma relação amarga com o Mundo Invertido. Além de ter presenciado os eventos no local, e só ter sobrevivido sob a condição de não revelar os segredos contidos nele, ainda há o mistério na morte de sua filha.

Fica claro que a filha de Hopper morreu de um quadro de câncer, mas o flashback em que ela aparece assustada ao sair da floresta pode indicar alguns possíveis sinais que ocorreram a ela de fato. É muito provável que a visão de Sarah na floresta, e sua ligação com o mundo bizarro, pode ter sido a causa de sua morte.

Clima mais Sombrio

Com algumas pontas soltas, e o mistério do Demogorgon e do Mundo Invertido ainda não revelados, pode-se esperar uma segunda temporada ainda mais sombria em Stranger Things. Mesmo que os irmãos Duffer façam referência ao cinema de 1984, ano em que se passará a segunda temporada (alguns filmes deste ano: os Caça-Fantasmas, Gremlins e Indiana Jones no Templo da Perdição), as raízes nas quais a série se estabeleceu permanecem.

Se você quiser saber mais alguma coisa deixe nos comentários. Até a próxima!

Quantas Línguas Existem no Mundo?

Na bíblia diz que o mundo somente falava uma língua. Somente depois do incidente de Torre de Babel, surgiram várias línguas.

Desde então as línguas foram se desenvolvendo dentro de cada comunidade. Segundo Ethnologue – a instituição linguística responsável por catalogar os idiomas do planeta desde 1950 – existem mais de 7,000 línguas diferentes faladas ao redor do mundo atualmente.

E esse número aumenta constantemente no decorrer dos anos, pois estão constantemente realizando estudos e descobrindo a origem de outros idiomas.

1) Existem línguas em extinção?

No entanto, por mais que esse número seja abundante, a maior parte é falada por apenas 6% da população do mundo, e algumas estão se extinguindo aos poucos. Para ser mais exato, um terço de todos os idiomas existentes estão prestes a se tornarem línguas mortas caso não sejam ensinados a uma nova geração.

Alguns idiomas possuem menos de 1.000 falantes ou até mesmo um, enquanto 23 línguas representam quase toda população mundial. O Brasil detém 37 desses idiomas que correm risco, entre eles o catuquina, o lakondê e o sabanês, a boa notícia é que alguns especialistas visam resgatar algumas dessas línguas.

2) Quais são as línguas mais faladas?

Muitos idiomas se difundiram facilmente com a globalização, levando pessoas a conhecerem ou estudarem idiomas de outros países. A língua inglesa é a mais procurada entre elas, pois de uns anos para cá, vem sendo considerada um requisito para muitas vagas de emprego, se tornando quase que uma obrigação a ter como segundo idioma.

De acordo com o Ethnologue, atualmente 942 milhões de pessoas falam o inglês no mundo todo. Mas por incrível que pareça ainda não é a mais falada, quem assume esse posto é o mandarim, língua chinesa com aproximadamente1,310 milhões de falantes.

As 10 línguas mais faladas no mundo, somando o número de falantes nativos e os que a possuem como segunda língua são:

  1. Mandarim (1,310 milhões)
  2. Inglês (942 milhões)
  3. Espanhol (570 milhões)
  4. Árabe (385 milhões)
  5. Hindi (380 milhões)
  6. Russo (260 milhões)
  7. Bengalês (259 milhões)
  8. Português (250 milhões)
  9. Malaio (250 milhões)
  10. Francês (220 milhões)

3) Quantas línguas existem no mundo?

Quantas Línguas Existem no Mundo?

Quase 2/3 dos idiomas mundiais se concentram na Ásia (aproximadamente 2.200 idiomas falados) e na África (aproximadamente 2.110 idiomas falados). Na região de Moçambique, por exemplo, além do português que é a língua oficial, é praticado mais de 40 idiomas diferentes.

O continente americano vem logo em seguida, são mais de 993 idiomas falados por aqui, alguns são até mesmo curiosos, por exemplo: o Holandês é falado em uma pequena ilha caribenha chamada Aruba, situada ao largo da costa da Venezuela.

Já a Europa é o continente com menos diversidade, apenas 234 idiomas do mundo são praticados lá, sendo que o mais comum é o espanhol.

Confira também no vídeo a seguir qual a língua mais difícil de se aprender (3:32):

https://youtu.be/nHOmR6cGPKA

Fonte:

https://www.ethnologue.com

 

Tudo sobre a 7ª Temporada de Game of Thrones

Quem é viciado em séries sabe a dor e a angústia da espera por uma nova temporada. Ainda mais quando falamos de Game of Thrones, em que terminamos a última temporada sem saber o que irá acontecer e tendo que esperar até o próximo ano. Mas, calma. Fizemos esse texto justamente para que, assim como nós, você aguente esperar.

ATENÇÃO: Este post contém spoilers.

1) É o fim?

Game of thrones

Alguns fãs já sofrem por antecipação. O caso é que a HBO costuma estrear os episódios de uma nova temporada de GoT durante a primavera, que tem início no mês de abril. Porém, a 7ª temporada só iniciará no verão.

De acordo com os criadores, o motivo é puramente artístico. “Estamos começando um pouco mais tarde, porque no final desta temporada é o inverno. O tempo ensolarado não seria muito útil para nós”, afirmou David Benioff.

2) Quem estará na 7ª temporada de Game of Thrones?

Quem estará no game of thrones?

Fizemos uma lista com todas as personagens que, supostamente, estão inscritas para a sétima temporada: Kit Harington (Jon Snow), Peter Dinklage (Tyrion), Lena Headey (Cersei), Emilia Clarke (Daenerys) e Nikolaj Coster-Waldau (Jaime). Estes mesmos atores, inclusive, são cotados para a 8ª temporada da série.

Porém, isso não significa que os atores continuarão vivos. Um exemplo disto é a entrevista realizada no ano de 2014, pelo The Hollywood Reporter, no qual o jornal afirmou, de acordo com informações de Sophie Turner (Sansa) e Maisie Williams (Arya), que Natalie Dormer também tinha assinado para a sétima temporada. Contudo, a personagem Margaery, interpretada pela atriz, acabou morrendo no final da 6ª temporada.

Uma surpresa para esta nova temporada é a volta de Iain Glen (Sor Jorah). O personagem do ator tinha sido dado como morto.

Quem estará no game of thrones sétima temporada?

3) Em quanto tempo ocorrerá?

Game of thrones

Em abril deste ano a HBO renovou, de maneira oficial, o contrato com Game of Thrones. Antes disso, o presidente de programação da HBO, Michael Lombardo, havia afirmado que GoT terminaria após a exibição de oito temporadas.

Após a renovação do contrato, no mês de junho, Benioff e Weiss disseram que a série duraria mais duas temporadas (que seriam mais curtas que as primeiras).

4) O que vai acontecer?

GoT já chegou ao clímax, como já sabemos: Jon Snow nomeou o Rei no Norte. Em contrapartida, Dany partiu para Westeros e empurra para um confronto com Cersei. Este último será de extrema importância na 7ª temporada, já que se aproveitou do Trono de Ferro depois da morte de seu filho Tommen. Será que a teoria dos fãs #Queenslayer se comprovará?

Game of thrones

Os criadores da série continuam de bocas fechadas, deixando nossa curiosidade ainda maior. Entretanto George RR Martin deu a entender que a “Bittersweet está terminando”.

SPOILER: Não adianta esperar que Lady Stoneheart faça uma apresentação o quanto antes. Apesar de Catelyn Stark ter ressuscitado nos romances de Martin, ainda não há uma garantia que ela ressurgirá na TV.

5) Por que “As Crônicas de Gelo e Fogo” está demorando?

No início deste ano, Martin afirmou que o livro não seria publicado antes do lançamento da 6ª temporada de GoT. A questão é: ela já passou e continuamos esperando. O que ocorre é que, provavelmente, Martin ainda tem algum material para explorar.

Um usuário do Reddit apontou – e nos deixou esperançosos! – para um novo número de ISBN, que foi adicionado pela editora Penguin, o que pode significar que o livro está mais perto do que imaginamos.

6) Game of Thrones – O filme vai ocorrer?

No mês de abril, quando questionado sobre a possibilidade de um filme, George RR Martin mostrou-se otimista sobre o assunto. “Há oito milhões de histórias em Westeros, bem… e ainda mais em Essos e as terras além. Um mundo cheio de histórias, à espera de ser dito… Se de fato a HBO estiver interessada”, disse.

Já Benioff e Weiss descartaram a possibilidade de uma extensão da franquia. “Em um certo ponto, especialmente se for uma história serializada, ele se desfaz e perde seu calor e sua força”, afirmou Weiss.

Por enquanto apenas rumores… Mas isso não significa que não continuaremos sonhando com isso, não é mesmo?

Fontes:

http://www.digitalspy.com/

Como Ler Mais Rápido e Entender Melhor?

Como ler mais rápido? Não é de hoje que há uma procura por métodos ou formulas que agilizem a leitura, afinal estamos no século XXI e o que mais as pessoas procuram é rapidez e agilidade, seja na leitura ou em qualquer coisa que façam.

E ler demanda tempo, por isso as pessoas desejam realizar essa atividade rapidamente, seja para ler mais livros em um curto espaço de tempo e evitar o acumulo dos não-lidos (que é o meu caso), ou por estarem atoladas de livros que precisam ser lidos para a faculdade/escola por causa de alguma avaliação, ou pelo simples desejo de ler rápido mesmo.

Enfim, saiba que você não está só, muitos leitores compartilham desse mesmo sentimento, sempre ficamos com aquela sensação de que poderíamos ter lido mais, mesmo depois de muitas horas dedicadas a leitura.

Pois então, nesse artigo você conhecerá algumas técnicas bastante efetivas que podem lhe ajudar, isso serve não só para leitores de livros, mas sim para leitores no geral, aplique-as no seu dia-a-dia e verá o resultado, garanto que você vai ler o dobro ou até mais do que lia antes.

Veja estas 6 dicas incríveis para você ler mais rápido e entender tudo!

Como Ler Mais Rápido Lembrando Tudo?

1) Leve sua atual leitura para qualquer lugar

Sabe aquela fila do banco em que geralmente você passa horas sem fazer absolutamente nada? Ou quando pega o transporte público, e bate aquele tédio pois não há nada para fazer durante o trajeto, além de ficar esperando chegar no destino desejado? Então! Talvez a leitura possa trazer um pouco de entretenimento para essas ocasiões, além do mais, você irá aproveitar essas horas em que geralmente não se faz nada, para dar um gás na leitura.

Resumindo, leia em qualquer hora vaga que surgir durante o dia: quando sobrar aquele tempinho no horário de almoço, em qualquer fila, ou até mesmo andando – acredite, já me deparei com pessoas que conseguem andar e ler ao mesmo tempo, incrível! – Mas claro, tome cuidado.

2) Crie ou participe de um grupo de leitura

Ler em conjunto o mesmo livro com pessoas ou amigos, sempre serve de motivação e isso fará com que você procure ler mais rápido. Pois nesses grupos de leitura geralmente há uma data para terminar o livro, para que todos possam discutir juntos a respeito do final e partes acharam interessantes. É uma experiência muito boa, tanto para estimular a leitura quanto para interagir com pessoas novas e compartilhar opiniões.

3) Acompanhe a leitura com o dedo indicador

Pode até parecer bobo, mas não é, esse método é conhecido como “ponteiro” e com certeza irá ajudar você a aumentar seu ritmo de leitura. Basta acompanhar a leitura com o indicador, quanto mais rápido o dedo for, mais rápido a leitura irá fluir.

Isso ocorre, pois, ao ler, o olho não se atenta a uma só palavra, mas tudo que a rodeia, ao apontar você estará auxiliando o olhar para um ponto especifico e consequentemente focalizará as palavras conforme a leitura. Experimente! Comece por ler artigo!

4) Livre-se da vocalização e da subvocalização

Caso você tenha o hábito de mexer a boca e os lábios enquanto lê na forma sonora da palavra, ou simplesmente ouve sua voz mentalmente durante a leitura, saiba que esses costumes são bastante comuns, afinal quando crianças aprendemos a ler com o acompanhamento da voz, mas isso prejudica consideravelmente o ritmo da leitura.

É uma grande pedra no sapato para quem procura uma leitura mais dinâmica, pois o cérebro e o olhar são bem mais rápidos que os movimentos, ou seja, eles capitam e assimilam as palavras antes mesmo que você consiga pronuncia-las. O hábito da vocalização e da subvocalização servirá apenas para você ficar preso na fala ou na mentalização dela, e não lhe ajudará em nada.

Então para acabar com essa “mania”, basta acelerar um pouco o ritmo enquanto lê, logo perderá esse hábito naturalmente, pois você não terá tempo para formular a voz. Criar uma distração também pode ajudar, como contar do 1 ao 5 suscetivelmente enquanto lê, ou simplesmente aplique a técnica do “ponteiro” que citei anteriormente, pois ela também pode ajudar.

No começo pode ser difícil, até mesmo causar um estranhamento por não conseguir assimilar inteiramente o que lê, mas saiba que é apenas questão de prática. Esse método é o mais aconselhável para se adquirir uma leitura mais dinâmica.

5) Agrupe as palavras

Somos acostumados a ler uma palavra por vez para entendermos o significado de uma frase, e nem preciso dizer que isso também reduz a velocidade da leitura. Mas aí você me pergunta: Tem outro jeito de ler a não ser esse? Tem sim, e é mais simples do que imaginamos.

A técnica consiste em agrupar três ou quatro palavras em um relance durante a leitura ao invés de lê-las individualmente. O melhor de tudo é que isso não vai prejudicar sua compreensão.

Isso se explica pelo simples fato de o cérebro conseguir assimilar palavras sem necessariamente precisar lê-las. As letras podem até mesmo estarem embaralhadas, mesmo assim conseguiremos ler desde que a primeira e a última letra estejam no lugar correto. Incrível não?

6) Utilize metas

As metas sempre funcionam, basta ter força de vontade e persistência para cumpri-las, então estipule um número de páginas a serem lidas diariamente, ou até mesmo um número de livros a serem lidos durante o mês.

Você pode se desafiar e acabar colocando um número auto, ou se manter na zona de conforto, o importante mesmo é procurar ler todo o dia. Então deixe a preguiça de lado, afinal você quer ler rápido ou não?

 

Espero que essas dicas tenham ajudado, e não deixe de conferir esse vídeo que explica um pouco mais sobre o tema (6:25):

 

Fonte:

http://lifehacker.com/5973158/can-i-learn-to-read-faster-and-get-through-my-backlog-of-books

7 Keys to Reading Faster