Viagra: Quando Tomar? Quais são Efeitos Colaterais?

VIAGRA ou Sildenafil é o medicamento de prescrição médica mais popular  usado para tratar a disfunção erétil – termo médico para a dificuldade em obter e manter uma ereção por não ter sangue suficiente para o pênis. A pequena pílula azul aumenta o fluxo sanguíneo para o pênis para que você possa manter uma ereção suficientemente forte para o sexo.

Causas da disfunção erétil:

Geralmente a disfunção erétil é causada por algo físico, como uma doença, lesão ou efeitos colaterais de medicamentos, como a pressão arterial elevada, colesterol alto, diabetes, fumo, bebida, estresse e depressão.

O que você precisa saber sobre o viagra?

  • Você não terá uma ereção apenas tomando este medicamento, afinal, o viagra ajudará um homem com disfunção erétil somente quando ele é sexualmente estimulado.
  • Este medicamento não é para uso de mulheres ou menores de 18 anos.
  • Outra marca de sildenafil é o Revatio, que é usado para tratar a hipertensão arterial pulmonar e melhorar a capacidade de exercício em homens e mulheres. Não tome Viagra enquanto tomar Revatio, a menos que o médico indique.
  • Viagra geralmente é tomado somente quando necessário, 30 minutos a 1 hora antes da atividade sexual.
  • Tome exatamente como foi prescrito. Não tome este medicamento em quantidades maiores ou menores do que o recomendado ou mais de uma vez por dia.
  • Armazene a temperatura ambiente longe da umidade e do calor.
  • Beber álcool com este medicamento pode causar efeitos colaterais.
  • Fazer uma refeição pesada pode limitar a eficácia do medicamento.
  • O viagra precisa de receita médica.
  • Este medicamento pode ajudá-lo a ter relações sexuais, mas não aumenta seu desejo sexual. No entanto, ao combater com sucesso a disfunção erétil, ele pode remover os sentimentos negativos anteriores em relação ao sexo. Portanto, não é um afrodisíaco.
  • Viagra não protege contra infecções sexualmente transmissíveis. Use um preservativo.

Quais são os efeitos colaterais?

  • Uma ereção que não acaba (priapismo). Se você tem uma ereção que dura mais de 4 horas, procure ajuda médica imediatamente. Se não for tratado imediatamente, o priapismo pode danificar permanentemente o seu pénis.
  • Perda de visão repentina em um ou ambos os olhos. Pode ser um sinal de um problema ocular grave chamado neuropatia óptica isquêmica anterior não arterítica (NAION) porque pode diminuir o fluxo sanguíneo para o nervo óptico do olho. Pare de tomar o medicamento e ligue para o seu médico.
  • Diminuição da audição repentina ou perda auditiva. Algumas pessoas também podem ouvir zumbido ou tonturas. Se você tem estes sintomas, pare de tomar viagra e entre em contato com um médico imediatamente.
  • Dor de cabeça, distúrbios no estômago, nariz entupido, dor nas costas, dor muscular ou náuseas, ataques cardíacos, acidentes vasculares cerebrais, batimentos cardíacos irregulares e morte podem ocorrer também.

Você pode conversar com seu médico ou com um especialista, como um urologista. Informe se tiver algum efeito colateral que o incomoda ou que não desaparece. Você sempre deve informar exatamente quais medicamentos (com receita médica e sem receita) está tomando.

Fontes:

https://www.viagra.com/questions

https://www.drugs.com/viagra.html

https://onlinedoctor.lloydspharmacy.com/everyman/viagra-facts-and-myths/

O que é Bepantol?

O Bepantol é um produto usado para o cuidado da pele. É um dos mais versáteis para tratamentos. Serve tanto para hidratação da pele, como para tratar assaduras e até mesmo agilizar o processo de cicatrização de feridas. Sua composição é feita com base na Vitamina B5 combinado a várias outras vitaminas, além de óleo de amêndoas e lanolina.

Antes considerado um medicamento, o Bepantol se tornou tão versátil que hoje ele é listado como um cosmético. Seu uso é válido para crianças e adultos, e um dos mais comuns é justamente para bebês, no combate e prevenção de assaduras.

1) Como funciona o Bepantol?

As propriedades presentes no bepantol fortalecem e recuperam os nutrientes perdidos nas áreas onde são aplicadas. O princípio ativo, o Dexpantenol, é o principal responsável por trazer os benefícios ao corpo. Por não ser agressivo ao organismo, é possível ser usado diariamente. Porém, ainda assim é importante ter um direcionamento médico, para um melhor uso.

Embora a pomada seja a forma mais conhecida do Bepantol, ele também é apresentado na forma líquida, sendo aplicado nos cabelos. Existe ainda o Bepantriz, que possui o mesmo princípio ativo, porém tem cheiro e textura um pouco mais fortes, o que demora na absorção pelo organismo.

2) As formas de uso do Bepantol

a) Pomada:

Este é o formato mais conhecido. É aplicado na pele em qualquer região onde seja necessário. Basta passar uma fina camada nas regiões afetadas uma vez ao dia, ou à noite, para que o produto surta efeito. Funciona para os casos de queimaduras, assaduras, cicatrização de cortes, e cuidados com a pele em geral.

b) Líquido:

Para uso unicamente nos cabelos, porém com a mesma função da pomada quanto a hidratação. Os frascos costumam vir na quantidade de 50 ml, com quantidades variadas na aplicação.

3) Indicações de uso do Bepantol

O Bepantol possui alguns usos bem específicos além dos já citados anteriormente. A pomada, por exemplo, pode ser usada em casos de ressecamento na boca em épocas mais frias. Quanto a hidratação, ela também é indicada para aliviar a pele após procedimentos como tatuagens, ou mesmo depilação. Outra indicação bem curiosa é para diminuição de olheiras.

Já para os cabelos, além de hidratante, seu uso pode ser aplicado na regeneração celular do couro cabeludo, o que pode ser útil para quem está com fios muito finos ou ressecados. À longo prazo, o fortalecimento das raízes vai trazer um cabelo forte.

4) Contra-indicações e Efeitos Colaterais do Bepantol

contraindicação do bepantol

Exceto pelos casos de alergia para alguns dos componentes da fórmula, não existem quaisquer complicações ou restrições de uso para o Bepantol. O que existe são situações específicas em que, caso o produto não surta efeito, ele deve ser interrompido, e uma ajuda médica procurada. Veja algumas destas situações:

  • Caso ele não acelere o processo de cicatrização.
  • Tipos específicos e desconhecidos pelo paciente de lesões na pele.
  • Não deve ser usado para caso de contaminações e infecções.
  • Quaisquer situações cujos efeitos do produto sejam diferentes do esperado.

Com eficiente facilidade de uso e poucos riscos reais ao organismo, o Bepantol é a solução mais prática para quem deseja os cuidados mais básicos com a pele, seja no sentido estético ou de saúde.

Fonte:
http://www.medicinanet.com.br/bula/892/bepantol.htm

O que é Cetoconazol?

O Cetoconazol é um remédio utilizado para o tratamento de doenças fúngicas – aquelas infecções ocasionadas por fungos – Com mais de 30 anos no mercado, a droga pode ser encontrada em quatro opções adaptadas de acordo com cada problema:

  1. Comprimidos.
  2. Creme.
  3. Pomada.
  4. shampoo.

A contraindicação do remédio, normalmente, é direcionada à pessoas que possuem doenças hepáticas. Tanto para casos agudos quanto crônicos, já que a metabolização do medicamento é feita no fígado.

Também é contraindicado para pessoas hipersensíveis a qualquer substância presente no medicamento, além das mulheres grávidas com risco C ou no período de amamentação, já que pode interferir e prejudicar o desenvolvimento da criança.

Caso você esteja fazendo tratamento com o remédio é importante manter separados roupas, toalhas, lençóis, cobertores, a fim de evitar contaminação. No caso do tratamento com a pomada ou creme de cetoconazol é importante não reutilizar os acessórios.

1) Para que serve o Cetoconazol?

Como mencionado anteriormente, o Cetoconazol é utilizada para tratamento de doença de origem fúngicas. Dentre as principais estão:

  • Candidíase ocular.
  • Candidíase osteoarticular.
  • Tinea corporis.
  • Tinea cruris.
  • Pé de atleta.
  • Candidíase vaginal.
  • Candidíase disseminada.
  • Pano branco.
  • Caspa.
  • Micoses.
  • Dermatite seborreica.

2) Como tomar o Cetoconazol?

A administração do medicamento pode ser feita por comprimidos, creme, pomada ou shampoo. Desta forma, os cuidados com a utilização do cetoconazol variam de acordo com cada caso. É importante, principalmente, não ingerir álcool durante o tratamento, a fim de evitar a acidez no estômago.

Lembre-se que, na maioria dos casos, o tratamento dura, em média, 15 dias. Após este período, procure um médico especialista, para que ele possa realizar uma nova orientação.

Esteja atento, principalmente, para a ingestão feita por comprimidos, tendo em vista que os problemas do fígado podem ter uma manifestação mais intensa. Esse é um dos principais motivos pelo qual o acompanhamento médico deve ser feito após o período de tratamento.

3) Efeitos Colaterais

cetoconazol

Dentre os principais efeitos colaterais do uso do Cetoconazol, estão: enjôo, náusea, vômito, dor abdominal e diarreia. Contudo, alguns outros sintomas podem ser apresentados, dentre eles temos:

  • Dor de cabeça, tontura.
  • Sensibilidade à luz forte.
  • Sensação de formigamento nos dedos das mãos e dos pés.
  • Diminuição no número de plaquetas.
  • Inchaço das mamas.
  • Impotência masculina.
  • Distúrbios menstruais.
  • Falta de apetite.
  • Náusea.
  • Vômito.
  • Dor abdominal.
  • Urina escura.
  • Fezes claras.
  • Pele amarelada.
  • Cansaço anormal e/ou febre.

Há também a possibilidade de que o paciente desenvolva uma sensibilidade ao remédio, também denominado de alergia, apesar de ser raro. Caso ocorra, os principais sintomas são vermelhidão da pele ou urticária, coceira, sensação de falta de ar ou inchaço no rosto.

Caso você esteja sentindo essa sensibilidade, o primeiro passo é parar de utilizar o medicamento e procurar o médico. Se além dos sintomas que foram citados você apresentar problemas respiratórios, procure uma emergência.

Se estiver fazendo uso do medicamento do tipo shampoo, os sintomas podem ser:

  • Queda de cabelo.
  • Irritação.
  • Mudança na textura do cabelo.
  • Coceira.
  • Pele seca.
  • Pele oleosa.
  • Feridas no couro cabeludo.

Ler a bula do medicamento antes de fazer o uso é um modo de evitar ingerir algo que provoque reação alérgica e também ajuda você a conhecer os possíveis efeitos colaterais. Além disso, converse com seu médico para esclarecer todas as dúvidas.

Fonte:
http://www.medicinanet.com.br/bula/8069/cetoconazol.htm

Para Que Serve o Rinosoro?

O Rinosoro altera as células da mucosa nasal. Lubrifica as secreções nasais, favorecendo, portanto, a sua eliminação. Não tem restrições porque os riscos de intoxicações são zero. É um germicida, tendo a finalidade de conservar a limpeza do local. Essas características fazem do RINOSORO um produto ideal para a pediatria.

1) Qual a composição do rinosoro?

Rinosoro consiste em Cloreto de Benzalcônio e Cloreto de Sódio.

a) Gotas

frasco contendo 30 mL com um conta-gotas com exclusiva capa protetora. Para bebês de colo e recém-nascidos.

b) Nebulizador

Frasco contendo 30 mL com nebulizador.

c) Spray

Infantil (para crianças), 3% (para adultos) e 0,9% (para toda a família) – contém 50 ml.

Apresenta–se na forma de líquido, transparente, sem cor e sem cheiro.

2) Precauções

  • O produto conserva-se bem em condições normais de armazenamento (local fresco e ao abrigo da luz), devendo ser guardado em sua embalagem original, mesmo depois de aberta.
  • Seu prazo de validade encontra-se impresso na embalagem externa. Não devem ser utilizados produtos fora do prazo de validade, pois podem trazer prejuízos para a saúde.
  • Nãohá registro de efeitos colaterais com uso deste medicamento.
  • O produto pode ser usado em qualquer idade e também durante a gravidez e amamentação.

3) Indicações

Descongestionante nasal. Facilita a respiração durante o sono. Faz parte no tratamento auxiliar de gripes, resfriados, alergias respiratórias.

4) Modo de uso:

Tanto para GOTAS, SPRAY E NEBULIZADOR, o modo de usar é o mesmo: Aplicar no nariz, várias vezes ao dia, principalmente à noite ao deitar.

  1. Gire a tampa para romper o lacre de segurança.
  2. Retire a capa protetora do conta-gotas.
  3. Aspire o líquido pressionando a parte superior de borracha do conta-gotas e coloque seu conteúdo nas narinas. Evite encostar o conta-gotas nas narinas.
  4. Para guardar o medicamento, recoloque a tampa de plástico fechando bem o frasco. Lave o conta-gotas em água corrente e recolocar na capa protetora. Não usar sabão ou detergente. Evite deixar o conta-gotas no interior do frasco após o uso.

5) Importante

rinosoro - nasal

O RINOSORO NEBULIZADOR pode também ser utilizado como conta-gotas, inclinando a cabeça para trás e pressionando o frasco para que caiam as gotas diretamente nas narinas.

Fontes:

http://img.onofre.com.br/BACKOFFICE/Uploads/Bula/013544.pdf
http://www.rinosoro.com.br/index.php

Pra que Serve o Naproxeno (Flanax)?

Naproxeno Sódico é o nome genérico enquanto Flanax é o nome da Marca. Flanax é um medicamento que tem na sua composição Naproxeno, um composto com ação analgésica, antitérmica e anti-inflamatória. Flanax age rapidamente no organismo, começando a proporcionar o alivio da dor e a redução da febre e inflamação, cerca de 20 minutos após a sua ingestão.

1) Para que é prescrito?

Flanax 275 mg ou Flanax 550 mg é indicado para a dor, inflamação e febre. Trata da dor no corpo, nas costas, nas pernas, na coluna, dor ciática, dor de garganta, de dente, abdominal, pélvica, dor de cabeça, muscular e nas articulações, dor causada por distensões e contusões e no tratamento de sintomas de gripe e resfriado.

2) Como deve ser tomado?

  • Flanax 275 mg: A dose recomendada é de 1 comprimido, 1 a 2 vezes por dia ou segundo indicação médica.
  • Flanax 550 mg: A dose recomendada é de 1 comprimido, 1 vez por dia ou segundo indicação médica.
  • Os comprimidos de Flanax devem ser engolidos inteiros, sem partir, esmagar ou mastigar.

3) Quais são os efeitos colaterais?

  • Falta de ar (mesmo com esforço leve)
  • Inchaço ou rápido ganho de peso
  • Ao primeiro sinal de qualquer erupção cutânea, não importa quão leve
  • Sinais de hemorragia no estômago – tosse com sangue ou vômito que se parece com borra de café
  • Problemas de fígado – náuseas, dor de estômago, coceiras, sensação de cansaço, sintomas gripais, perda de apetite, urina escura, fezes cor de argila, icterícia (amarelamento da pele ou dos olhos)
  • Problemas renais – pouco ou nenhuma urina, dor ao urinar, inchaço nos pés e tornozelos, sensação de cansaço ou falta de ar
  • Anemia – pele pálida, falta de ar, batimentos cardíacos acelerados
  • Reação grave da pele – febre, dor de garganta, inchaço em sua face ou língua, ardor nos olhos, dor na pele seguido por uma erupção cutânea vermelha ou roxa, bolhas e descamação
    Armazenar em temperatura ambiente longe da umidade, calor e luz. Mantenha o frasco bem fechado quando não estiver em uso.

4) Quais são as contraindicações?

  • Ter 60 anos ou mais ou menos de 12 anos, tomar sempre com orientação médica
  • Ter úlceras de estômago ou no início do intestino
  • Tomar remédio para afinamento do sangue (anticoagulante), Aspirina ou Ibuprofeno.
  • Fazer uso de bebidas alcoólicas durante o tratamento – pode aumentar o risco de sangramento no estômago
  • Ao fazer alguma cirurgia cardíaca – Naproxeno pode aumentar o risco de ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral fatal, especialmente se você usá-lo por muito tempo ou tomar doses elevadas, ou se tiver uma doença cardíaca.
  • Amamentação
  • Sangramento através do vômito e fezes
  • Ao tomar outros anti-inflamatórios
  • Pacientes com histórico de alergia ao ácido acetilsalicílico, a analgésicos que provoquem asma, rinite, urticária e para pacientes com alergia ao Naproxeno
  • Alguns antiácidos podem tornar mais difícil para o seu corpo absorver o naproxeno.
  • Estar grávida ou se pensa em engravidar – ao tomar naproxeno durante os últimos 3 meses de gravidez pode prejudicar o feto
  • Ter problemas de fígado ou rins,
  • Ter doenças gastrointestinais, pressão alta ou em dieta com restrição de sal.
    Não dê este medicamento a uma criança sem orientação médica.

5) O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de excessivo de consumo de Naproxeno, deve dirigir-se ao hospital mais próximo, levando a embalagem ou bula do medicamento. Alguns dos efeitos mais comuns depois de tomar em excessivo, podem ser sonolência, tontura, dor e desconforto abdominal, náusea, vômito, falta de ar e desorientação.

6) Curiosidades sobre o flanax:

Pra que Serve o Naproxeno (Flanax)?

  • Um dos seus efeitos colaterais mais comuns é a sonolência.
  • Flanax não deve ser administrado em conjunto com alguns medicamentos ou substâncias sem orientação médica.
  • O tratamento com Flanax nunca deve ser prolongado por mais do que 10 dias consecutivos, sem orientação médica.

Fontes:

https://www.drugs.com/flanax.html

O que é Torsilax?

Torsilax é um anti-inflamatório geralmente indicado para casos de inchaços, luxações e pancadas em geral. Também é indicado para tratamentos de reumatismo, crises de gota, e em alguns casos para infecções. Por ter uma dosagem alta, ele é indicado apenas para adultos, e mesmo assim com uma prescrição médica específica. Para compreender melhor seu uso e os cuidados, veja a seguir algumas informações técnicas.

1) Qual a composição do Torsilax?

Cada comprimido contém os seguintes componentes:

  • 50 mg de Diclofenaco Sódico
  • 300 mg Paracetamol
  • 125 mg Carisoprodol
  • 30 mg Cafeína
  • 1 Comprimido dos seguintes excipientes q.s.p. …………. celulose microcristalina, amidoglicato de sódio, povidona, corante amarelo FD&C n° 6, croscarmelose sódica, dióxido de silício, estearato de magnésio

2) Apresentação e uso do Torsilax

O medicamento apresenta-se unicamente na forma de comprimido, com embalagens variando entre 12 até 200 comprimidos. O uso é exclusivo para adultos, com frequência definida pelo médico. O uso é permitido à partir dos 14 anos, e os únicos casos permitidos para crianças são aquelas que sofrem de artrite juvenil, mas ainda assim apenas com prescrição médica.

3) O que Torsilax promove ao organismo?

O Torsilax tem efeitos anti-inflamatórios e analgésicos, além de ser um relaxante muscular. O medicamento age diretamente sobre os focos de dor, diminuindo-as praticamente por completo durante algumas horas. Ele também diminui febres e inchaços que possam acompanhar essas. Sob nenhuma condição deve ser usado sem prescrição médica.

4) Contra-Indicações

Além do uso ser contra-indicado para pessoas que possuam alergia contra qualquer um dos componentes do Torsilax, o medicamento não pode ser usado nos seguintes casos:

  • Insuficiência Cardíaca
  • Insuficiência Hepática (do Fígado)
  • Insuficiência Renal
  • Pressão Alta
  • Hipersensibilidade a anti-inflamatórios
  • Problemas de Coagulação do Sangue
  • Mulheres gestantes ou em fase de amamentação do bebê

A hipersensibilidade pode desencadear outros efeitos nocivos, como crises de asma, coceira e rinite aguda.

5) Efeitos Colaterais

  • Náuseas, diarreia, vômitos
  • Insônia, irritabilidade
  • Edemas, devido ao uso constante e sem prescrição médica
  • Sangramento gastrintestinal, úlceras, indigestão
  • Anemia

6) Advertências

torsilax

Evite usar outros medicamentos que contenham paracetamol, para não sofrer os efeitos de superdosagem. Também não se deve tornar o uso constante, sob o risco dos efeitos colaterais acima.

Caso os sintomas permaneçam mesmo depois do uso do Torsilax, em um período de 10 dias, pare o uso e volte ao médico.

Além das contra-indicações, o uso prolongado do Torsilax pode causar dependência, e crises de abstinência após ser descontinuado. Portanto, procure não ultrapassar o uso do medicamento além do necessário.

Fonte

http://www.bulas.med.br/p/bulas-de-medicamentos/bula/173077/torsilax.htm

O que é Lacrima Plus?

Aquela famosa irritação, sensação de ardor e olhos vermelhos são os principais sintomas dos olhos secos. Doença caracterizada por falta ou pouca lubrificação nos olhos. Os sintomas primários causam apenas incômodos, mas chegando a graus mais avançados pode causar até distorções visuais. Para esse entre outros problemas, o remédio mais indicado é o Lacrima Plus, uma solução oftálmica lubrificante estéril para uso adulto e pediátrico.

A sua forte ação de alívio é devido aos seus componentes lubrificarem os olhos, substituindo as funções originárias das lágrimas, em casos de olhos secos, ou irritações causadas por fumaças entre outros fatores.

1) Modo de usar o lacrima plus

  • O medicamento é utilizado apenas nos olhos
  • Não encoste a ponta do frasco nos olhos, nos dedos e nem em qualquer outra superfície, evitando assim possíveis contaminações
  • Aplique o número de gotas recomendada pelo seu médico em um ou em ambos os olhos (a dose usual é de 1 a 2 gotas nos olhos afetados, sempre que houver necessidade).
    Contraindicações

2) Contra indicação do Lacrima Plus

Não há contraindicações previstas, salvo em casos que o paciente possua alergia a algum componente do medicamento. Nesses casos específicos é necessária uma verificação em todas as substâncias que integram a sua fórmula.

3) Advertências

lacrima plus

Na permanência de dor, vermelhidão, irritação e alterações na visão por mais de 72 horas, é recomendado interromper o uso do medicamento e procurar um médico. Deve-se ficar atento a:

  • Fertilidade
  • gravidez
  • lactação

a) Fertilidade

Não se conhecem efeitos de LACRIMA* PLUS Solução Oftálmica Estéril sobre a fertilidade em machos e fêmeas. A dextrana 70 e a hipromelose são farmacologicamente inertes e não se espera que apresentem qualquer efeito sobre a fertilidade.

b) Gravidez

Nenhum efeito durante a gravidez pode ser antecipado, uma vez que a exposição sistêmica da dextrana 70 e da hipromelose após a administração ocular tópica é negligenciável. Além disso, a dextrana 70 e a hipromelose são farmacologicamente inertes. LACRIMA* PLUS Solução Oftálmica Estéril pode ser usado durante a gravidez.

c) Lactação

Nenhum efeito sobre a amamentação no recém-nascido/crianças está previsto uma vez que a exposição sistêmica da lactante a dextrana 70 e a hipromelose é insignificante. Além disso, ambos os compostos são a Novartis Company farmacologicamente inertes. LACRIMA* PLUS Solução Oftálmica Estéril pode ser usado durante a amamentação.

Fonte:

http://www.medicinanet.com.br/bula/2983/lacrima_plus.htm

O que é Hipoglós ®?

Hipoglós ® é uma pomada utilizada para proteger a pele do bebê de assaduras. Está pomada possui vitaminas A e D (retinol e colecalciferol) que servem como agentes hidratantes.

1) Como o Hipoglós® age?

O Hipoglós® possui substâncias, como ativos retinol, colecaciferol, óxido de zinco, e óleo de fígado de bacalhau. O zinco é um dos oligoelementos importantes para o ser humano, no qual, é ótimo para várias vias de sinalização metabólicas e celulares. O zinco está presente em etapas como:

  • Cicatrização
  • Matriz extracelular
  • Migração celular
  • Síntese proteica
  • Redução da inflamação.

O retinol trás vários benefícios, pois atuam em um processo de hiperqueratinização de diferenciação de células epiteliais e síntese de colágeno. O colecalciferol é hidroxilado em 25 hidroxivitamina D3(25(OH)D), o qual é convertido para calcitriol, que liga os receptores de vitamina D, regulando a taxa de proliferação celular.

Um estudo mostrou que o óleo de fígado de bacalhau serve para hidratar a pele e a vitamina A ajudou na velocidade do processo de cicatrização.

2) Reações adversas e os efeitos colaterais causados pelo Hipoglós ®

As reações adversas encontradas são:

  • Reação rara dos pacientes que utilizando o medicamento (ocorre entre 0,01% e 0,1%)
  • Irritação de pele

3) Modo de uso de Hipoglós ®

  • O Hipoglós® deve ser utilizado a cada troca de frauda do bebê.
  • Aplique uma quantidade suficiente para formar uma camada protetora.
  • Aplique de noite sempre que possível.
  • Usar Hipoglós® diariamente ajuda a diminuir as assaduras apresentadas no bebê.
  • Antes de aplicar a pomada, lave bem às mãos e limpe o bebê. Após esse procedimento, aplique a pomada e massageie suavemente até espalhar no local. E lave as mãos imediatamente.

4) Informações sobre o Hipoglós ®

a) Onde comprar este produto?

Hipoglós® é uma pomada muito comum entre as pessoas, ou seja, você pode encontrar em qualquer drogaria e diversos mercados físicos e online.

b) Cada grama contém:

  • Óleo HIPOGLÓS (que contém 5.000 U.I. de vitamina A e 900 U.I. de vitamina D cada grama)
  • 100 mg Ácido Bórico
  • 20 mg Óxido de Zinco
  • 150 mg Excipiente q.s.p.
  • 1 g Excipientes: Vaselina líquida, talco, lanolina, anidra, vaselina sólida branca, parafina, vanilina, essência de lavanda, laurilsulfato de sódio e água.

5) Perguntas frequentes

O que é Hipoglós ®?

a) Onde, como e por quanto tempo posso guardar este medicamento?

O ideal é conservar em temperaturas entre 15 e 30°C, evitando o calor excessivo 40°C. O tempo que você pode usar varia do seu lote que vem na embalagem. Não use o medicamento, caso esteja vencido.

b) Quando não devo usar este medicamento?

Hipoglós® não é indicado para crianças que têm alergia ao óxido de zinco, vitamina A ou D, óleo de fígado de bacalhau ou qualquer ingrediente que o produto possui.

c) Quais os males este medicamento pode causar?

É raro ter algum mal em usar a pomada Hipoglós®, mas caso aconteça é alguma irritação na pele.

d) O que fazer quando alguém usar uma quantidade maior do que a indicada?

Em caso de superdose ou ingestão acidental é necessário procurar um médico imediatamente.

Fonte:

http://www.medicinanet.com.br/bula/2738/hipoglos.htm

O que é a Loratadina (Claritin)?

A Loratadina é um dos medicamentos mais indicados por médicos para combater os sintomas da rinite alérgica, presente principalmente em épocas de tempo seco. Sua apresentação mais conhecida é na forma de xarope, e é o mais comum quando se trata de casos mais recorrentes de alergias.

Se usada como preventiva, consegue evitar por completo os efeitos da alergia, como a coriza e a coceira nos olhos.

Seu uso requer tantos cuidados quanto qualquer outro medicamento, pois mesmo que mais leve se comparado a outros medicamentos, ele não está livre de contra-indicações e efeitos colaterais. Vamos mostrar como você pode usá-lo.

1) Principais marcas de Loratadina

  • Loratamed
  • Clarytine
  • Aerotidina
  • Histadin
  • Sensibit D

2) Como a Loratadina funciona?

Este medicamento é considerado um Anti-Histamínico, isto é, foi feito para combate a alergias. Sua ação previne e controla os seguintes efeitos:

  • Coceira nos olhos e nariz
  • Coriza
  • Espirros
  • Ardor

Além de controlar os sintomas da rinite alérgica, também é recomendada para amenizar as crises alérgicas ocorridas na pele, como urticárias, por exemplo. Embora sua forma de xarope seja a mais conhecida e prática de ser usada, também pode vir na forma de comprimido.

3) Qual a posologia?

O uso da Loratadina pode ser feito por crianças à partir de 2 anos de idade, e adultos. As medidas para sua apresentação em xarope estão a seguir:

  • Crianças entre 2 e 12 anos: 5 ml a cada 24 horas (caso tenha menos de 30 kg) ou 10 ml (acima de de 30 kg) a cada 24 horas.
  • Acima de 12 anos: 10 Ml 1 vez por dia. Em ambos os usos, cada uso não deve ter menos de 24h de intervalo.

Ainda existe o uso da Loratadina em comprimido (10 mg), mas seu uso é restrito e prescrito apenas para adultos, com consultoria médica.

4) Quais são as contra-indicações?

Seu uso é contra-indicado para pessoas que tenham alergia a loratadina. Também não é indicado para gestantes ou que estão na fase de amamentação, pois os componentes da fórmula podem prejudicar o crescimento da criança.

Pessoas que tenham diabéticos ou níveis incomuns de glicemia também devem ficar atentos com o uso, já que a composição da Loratadina (principalmente em xarope) leva açúcar.

5) Existem efeitos colaterais?

loratadina efeitos colaterais

  • Dor de Cabeça
  • Cansaço
  • Problemas Estomacais
  • Nervosismo Aparente

Em casos mais extremos, como em superdosagem, podem ocorrer os seguintes sintomas:

  • Taquicardia
  • Complicações no Fígado
  • Tontura
  • Queda de Cabelo
  • Palpitações

Portanto, por mais que seja considerado um medicamento seguro, é importante fazer uso da Loratadina sob prescrição médica, para evitar efeitos indesejados.

Fonte

http://www.medicinanet.com.br/bula/3161/loratadina.htm

Tudo Sobre Salonpas ®

Salonpas ® é um medicamento muito popular para aliviar pequenas dores musculares/articulações, como artrite, dor nas costas, entorses, entre outros. Neste medicamento possui um componente chamado Capsaicina, o principal, uma substância que funciona como analgésico.

Ela tem a função de diminuir a substância natural (substância P) do corpo, que melhora os sinais de dor.

1) Quais são os efeitos colaterais de Salonpas ®

Os efeitos colaterais mais comuns são:

  • Ardor
  • Calor
  • Tosse
  • Espirros constantes
  • Olhos lacrimejantes
  • Irritação na garganta (se você respirar o resíduo seco da medicação)
  • Bolhas
  • Inchaço na área afetada

Há uma reação alérgica muito rara, cusjo os sintomas são:

  • Comichão
  • Inchaço (rosto, língua ou garganta)
  • Graves tonturas
  • Falta de ar

Se esses sintomas aparecerem e piorarem, vá a um médico imediatamente.

2) Modo de uso de Salonpas ®

Este medicamento deve ser utilizado apenas na pele. Para o creme, gel, loção e formas, aplique uma fina camada do medicamento na área afetada e esfregue suavemente. Para aplicar, você pode utilizar uma bola de algodão ou cotonete, para evitar tocar o medicamento diretamente, pode ser utilizada uma luva de látex.

Após aplicar o medicamento, lave as mãos, com exceção se estiver usando o medicamento para tal, se sim, espere 30 minutos para lavar as mãos.

Esta medicação pode levar dois meses a ter um resultado. Portanto, use regularmente para obter o resultado imediato e sempre no mesmo horário todos os dias. Se a dor permanecer, vá a um médico.

3) Onde não aplicar Salonpas ®

Não aplique Salonpas ® nas áreas a seguir, e caso caia por algum motivo, lave com água.

  • Olhos
  • Boca
  • Narinas
  • Genitais.

Não aplique este medicamento em áreas com ferimento como cortes, queimaduras solares ou raspado. Isso pode causar irritações.

Não aplique este medicamento imediatamente antes ou após atividades, como tomar banho, natação, banho de sol ou exercícios. Evite utilizar bandagem ou algo que aqueça o local afetado, pois pode aumentar o risco de efeitos colaterais.

4) Precauções necessárias para uso de Salonpas ®

Par utilizar este ou qualquer outro medicamento, primeiro é necessário ir ao seu médico para ele descobrir se você é alérgico ou não ao medicamento. Pois, estes medicamentos podem causar as reações ou outros problemas, devido aos ingredientes inativos.
A mesma situação de ir ao seu médico se você tiver problemas de saúde.
Para grávidas, só use este medicamento em casos de urgência.

Interações podem alterar a forma de como seus medicamentos trabalham ou aumentam o risco de efeitos colaterais. Não use salopan (capsaicina), se for usar zucapsaicin, eles são semelhantes, e não é uma boa recomendação usar os dois juntos.

5) Perguntas frequentes:

Salonpas

Confira as perguntas mais confuns sobre Salonpas

1) Onde encontrar Salonpas?

Como é um medicamento popular, você encontrará em qualquer drogaria, tanto física, como online. A sua escolha.

2) Qual é a composição do Salonpas ®?

Salicilato de metila ………. 330 mg
L- mentol ……………….. 300 mg
Dl- cânfora ……………….. 65 mg
Salicilato de glicol ………… 50 mg
Timol……………….. 42 mg

3) Crianças podem usar este medicamento?

Todos os produtos Salonpas ® são recomendados só para maiores de 18 anos de idade.

4) Quantos adesivos pode se aplicar ao mesmo tempo?

Apenas um adesivo.

5) Qual a origem do nome Salonpas ®?

O nome vem de seu ingrediente ativo, salicilato de metila.

Fontes:

http://www.webmd.com/drugs/2/drug-16986/salonpas-hot-topical/details#uses
http://salonpas.us/pain-relief-faqs/