10 Coisas que Você Precisa Comprar Para o seu Novo Bebê

Se você vai ter um bebê pela primeira vez, acaba percebendo novidades nos comércios por aí e certas pessoas opinam sobre o que se deve comprar para o seu novo bebê. Porém, certas coisas podem ser compradas sem necessidade, até porque só serão utilizadas após os 3 ou 4 meses, e quando o recém-nascido chegar você poderá notar a ausência de itens essenciais que devem fazer parte de seu enxoval.

Veja a seguir 10 coisas essenciais que você precisa comprar para o seu novo bebê:

10 Coisas que Você Precisa Comprar Para o seu Novo Bebê

1) Roupinhas

Os bebês crescem muito rápido a cada mês e muitas roupas serão perdidas. Porém, para um recém-nascido, é essencial você comprar pelo menos:

  • 5 bodies de manga longa e 5 de manga curta;
  • 5 macacões;
  • 5 pares de meias;
  • 5 calças;
  • 2 casaquinhos.

2) Fraldas

É óbvio que qualquer recém-nascido necessita de fraldas específicas para o seu tamanho por pelo menos 15 dias. Não há a necessidade de comprar tantas fraldas para recém-nascido. Além disso, muitas mães acabam ganhando fraldas dos outros tamanhos (P, M, G, GG) em chás de bebê, por exemplo, o que já facilita e reduz o gasto com este item principal. Você vai precisar comprar:

  • 3 ou 4 pacotes de fraldas para recém-nascido é o ideal;
  • Fraldas de pano também podem ser úteis para colocar embaixo do bebê quando for realizar a troca das fraldas descartáveis, evitando que escape algum xixi.

3) Kit de higiene para banho e cuidados com a pele

Na chegada de seu novo bebê, você precisará cuidar de suas necessidades na hora do banho e manter sua pele saudável. Então você terá que comprar:

  • Sabonete líquido e neutro próprio para bebês;
  • Shampoo específico para bebês (testado dermatologicamente e que não arda os olhos);
  • Escova e pente de cerdas naturais;
  • Escova de dente para limpar a gengiva do bebê após a alimentação;
  • Talco (a versão líquida do talco é ótima para prevenir assaduras nas dobrinhas do bebê);
  • Colônia e óleo de bebê;
  • Algodão e cotonetes;
  • Lenços umedecidos;
  • Creme para assaduras;
  • Tesourinha sem pontas para cortar as unhas do bebê;
  • Pelo menos 2 toalhas de banho.

4) Banheira

Você precisará comprar uma banheira e dar banho no seu bebê em um local quentinho e sem corrente de ar. Para evitar dores nas costas toda vez que você der o banho, banheiras com base ou suporte são bem úteis, te deixando mais confortável. Você também pode comprar um termômetro para banho a fim de verificar a temperatura da água da banheira, evitando machucar a pele do bebê.

5) Berço

O berço é essencial para seu bebê ter bons momentos de sono. As versões desmontáveis podem ser úteis, já que você pode levar à casa de outras pessoas ou colocá-lo em outro cômodo da casa, caso você more em um sobrado, por exemplo. Você também pode comprar para o berço:

  • Colchonete de berço mais confortável (pois muitas versões das que já vem no berço são muito finas);
  • Em torno de 4 jogos de lençol;
  • 2 cobertores de berço;
  • 2 mantas.

6) Bebê conforto

O bebê conforto é primordial para a segurança de seu filho, principalmente se você pensa em sair da maternidade de carro. Comprar uma base para fixar o “bebê conforto” no banco de trás do automóvel será também necessário, apesar de muitos já virem com esta opção. Há versões de bebê conforto que, retirando sua base, vira um “moisés”, ou seja, uma cestinha onde o bebê fica totalmente deitado.

7) Carrinho de passeio

Um carrinho de passeio será extremamente útil para transportar seu bebê. É de fácil utilização e ideal para as facilidades do dia-a-dia. Há carrinhos que já vem com o “bebê conforto”, onde este fica dentro do assento do carrinho, outros que possuem assentos com diversas posições, cobertura para proteção do sol e chuva, cesto para colocar as coisas do bebê, etc. Escolha aquele que for do seu agrado e necessidade, e prefira os que têm freios para maior segurança ao deixar o carrinho parado.

8) Bomba de tirar leite

Às vezes, pode acontecer de você produzir mais leite do que seu bebê pode sugar. Então para evitar inflamar os canais por onde o leite sai e empedrá-los, compre uma bomba de tirar leite. Além disso, este item é útil no caso de outra pessoa, como seu marido ou avós, querer alimentar o bebê ou também quando você estiver ausente.

9) Kit alimentação

Na hora das refeições é necessário possuir itens essenciais que estejam de fácil acesso, contribuindo na boa alimentação do seu bebê. Você precisa comprar:

  • Mamadeira pequena e uma média;
  • Escova de mamadeira;
  • Pinça para pegar a mamadeira quente e não se queimar;
  • Toalhinhas de boca e muitos babadores para o bebê;
  • Jogo de talher;
  • Pratos para papinhas.

10) Kit de primeiros socorros

Principalmente para mães de primeira viagem, é importante fazer um kit com itens necessários para primeiro socorros. Você pode comprar:

  • Termômetro para verificar a temperatura do bebê;
  • Álcool em gel ou antisséptico (para limpar o coto umbilical);
  • Bolsa de água quente (principalmente para quando o bebê tiver cólicas);
  • Soro fisiológico para a limpeza dos olhos e nariz;
  • Analgésicos em gotas (não usar sem consultar o médico);
  • Gaze e esparadrapos;
  • Seringas, conta-gotas ou copinho medidor caso necessite dar algum medicamento líquido que venha sem esses itens.

10 Coisas que Você Precisa Comprar Para o seu Novo Bebê

Fonte:

http://www.inhabitots.com/10-things-you-should-buy-for-your-new-baby/

Teste de Gravidez de Farmácia: Saiba Tudo!

A gravidez é um momento muito esperado pela maioria das mulheres, por isso, ao sentirem os sintomas, procuram sempre realizar o teste de gravidez o quanto antes. Porém, ao invés de optarem pelo teste sanguíneo que é realizado por médicos, optam pelo teste de gravidez caseiro que pode ser adquirido na farmácia.

O teste de gravidez de farmácia também é bastante eficiente no resultado, possui 97% de precisão se caso utilizado corretamente, entretanto deve ser apenas uma forma inicial. Independentemente do resultado procure um médico, principalmente se o teste for positivo, o profissional responsável realizará o teste novamente e possivelmente um ultrassom, caso ainda for positivo, ele já poderá orienta-la para o pré-natal.

1) Como funciona o teste de gravidez de farmácia?

Ambos os testes de gravidez procuram identificar a presença da gonadotrofina coriônica humana, também conhecida por hCG, que é um hormônio presente no sangue e na urina da mulher, produzido, na maioria das vezes, quando ela está grávida.

Durante o primeiro trimestre caso a mulher estiver grávida, os níveis desse hormônio estarão elevados, porém durante o restante da gravidez ocorre uma considerável queda.

Em casos raros os testes caseiros podem apresentar algumas falhas, como por exemplo, ser positivo quando a mulher não está grávida, ou ser negativo quando ela está grávida, assim como explicamos logo a seguir:

A) Falso-negativos

Teste falso-negativo é o termo que se dá quando o teste não detecta hCG na urina, porém a mulher está grávida. Esse fato acontece em casos em que se é feito o teste muito cedo, e os níveis de hCG ainda estão baixos para serem detectados. É necessário atrasar uma semana até se utilizar o teste, esse intervalo irá assegurar a precisão.

O fato de a mulher beber muito liquido antes de realizar o teste também é algo que pode resultar em negativo mesmo que ela esteja grávida, pois o liquido diluirá ainda mais a urina incapacitando o teste de detectar o hCG.

B) Falso-positivos

Falso-positivo é o termo utilizado quando a mulher não está grávida, porém o teste é positivo, existem alguns fatores que justificam esse acontecimento, são eles:

  • Kit defeituoso
  • Prazo de validade vencido
  • Exposto a um longo período ao calor ou a humidade
  • A presença de sangue na urina
  • A presença de proteína na urina (como no caso de dano nos rins)
  • Uso de certos medicamentos (como para fertilidade, diuréticos ou tranquilizantes)

2) Como usar este tipo de teste de gravidez?

Teste de gravidez de farmacia

Para obter um resultado preciso e correto, o teste deve ser realizado a partir do primeiro dia do período perdido, ou seja, após o intervalo de sete dias após a ausência da menstruação. Isso assegurará a precisão do teste, pois os níveis de hCG poderão estar mais presentes.

Também é aconselhável fazer o teste logo pela manhã ao acordar, pois a urina estará mais concentrada, o que também facilitará a capitação do hormônio.

Para utilizar o teste é simples, basta adquiri-lo em qualquer farmácia próxima, esperar os sete dias após o fim da menstruação, e então leia corretamente todas as instruções contidas na embalagem e certifique-se de que está o utilizando de acordo com as recomendações.

Embora a forma de uso possa variar, de um modo geral possuem o mesmo método: basta urinar em um recipiente qualquer e emergir o produto na urina, outros testes são diferentes e devem ser segurados sob fluxo. É importante manter o teste sobre a urina pelo tempo determinado na embalagem.

Após terminar retire o teste e verifique o resultado, caso seja positivo marque uma consulta médica para mais avaliações e outros procedimentos. Mas caso tenha realizado todo o procedimento de forma adequada e o teste for negativo, é necessário realiza-lo novamente em um intervalo de pouco dias para ter certeza do resultado, ou simplesmente procure um médico.

3) Quando fazer este tipo de teste de gravidez?

Muitos testes de gravidez caseiros afirmam ser precisos, logo no primeiro dia da ausência da menstruação, ou até antes. É provável obter resultados mais precisos, no entanto, se aguardar até após o primeiro dia da ausência da menstruação ou, melhor ainda, uma semana após a ausência da menstruação.

  • Porque esperar? – sobre a razão de esperar, pouco após um óvulo fertilizado se unir com o revestimento uterino, implantação, a placenta se forma e produz o hormônio gonadotrofina coriônica humana, hCG. Este hormônio entra na corrente sanguínea e urina.
  • Como o teste funciona? – durante a gravidez precoce, a concentração de hCG aumenta rapidamente, dobrando a cada 2 a 3 dias. O teste de gravidez identifica a concentração do hormônio hCG, presente apenas em mulheres grávidas. Quanto mais cedo for aplicado o teste de gravidez caseiro, mais difícil pode ser para o teste detectar hCG.

Manter em mente que o exato momento da ovulação pode variar entre mulheres ou até de mês a mês, e o óvulo fertilizado pode implantar no útero em momentos diferentes. Isto pode afetar quando a produção de hCG começa e se torna detectável.

Se for importante confirmar a gravidez imediatamente, a depender de quanto tempo está grávida, o profissional de saúde pode recomendar que faça um ultra-som, repita um teste de urina no hospital ou laboratório de clínica, ou faça um exame de sangue para medir o hCG.

4) Quais são os tipos de testes de gravidez de farmácia?

Tipos de teste de gravidez caseiro

Com a maioria dos testes, a ponta da vareta é posicionada no fluxo da urina, ou imergida em um recipiente de urina coletada. Alguns minutos depois, é revelado o resultado.

Veja como os testes informam o resultado:

  • Como um sinal de mais ou menos
  • Uma linha ou duas linhas
  • Uma tira ou uma tela
  • Com as palavras “grávida” ou “não grávida”

No entanto, alguns testes de gravidez caseiros são mais sensíveis do que outros. Em outras palavras, em alguns testes a quantidade de hCG necessária a ser detectada na urina para produzir um resultado de teste positivo é menor.

Para identificar, sempre leia as instruções cuidadosamente antes de aplicar, e sempre verifique a data de validade do mesmo.

5) São precisos estes tipos de teste de gravidez?

Muitos testes de gravidez caseiros afirmam ser 97% precisos. No entanto, a pesquisa sugere que muitos não são sensíveis suficientes para diagnosticar a gravidez em mulheres que tiveram recentemente ausência da menstruação.

  • Tempo de espera: Para resultados mais confiáveis, aguardar para aplicar o teste até uma semana após a ausência da menstruação.
  • Uso de outros medicamentos: Os medicamentos para fertilidade ou outros que contenham hCG podem interferir com os resultados de teste de gravidez caseiro. No entanto, a maioria dos medicamentos, incluindo antibióticos e pílulas anticoncepcionais, não afetam a precisão de testes de gravidez caseiros.

6) O resultado positivo pode estar errado?

Apesar de raro, é possível ter um resultado positivo do teste quando não está realmente grávida. Isto é conhecido como falso-positivo. Veja casos abaixo onde podem haver umfalso-positivo.

  • Pode acontecer se a mulher teve uma perda da gravidez logo após que o óvulo fertilizado se uniu ao revestimento do útero, gravidez bioquímica.
  • Falso-positivo: Ou a mulher aplicou o teste de gravidez tão logo após tomar um medicamento de fertilidade que contém hCG.
  • Uma gravidez ectópica, menopausa ou problemas com os ovários também podem contribuir para resultados de teste enganosos.

7) O resultado negativo pode estar errado?

É possível obter um resultado negativo de um teste de gravidez caseiro quando está realmente grávida. Isto é conhecido como falso-negativo, e é muito mais propenso a ocorrer do que o falso-positivo. É possível ter um falso-negativo se:

  • Fizer o teste muito cedo: Quanto mais cedo após ausência da menstruação for aplicado o teste de gravidez caseiro, mais difícil é para o teste detectar hCG. Para resultados mais precisos, fazer o teste uma semana após ausência da menstruação, quando o nível de hCG na urina é mais propenso a ser detectado. Se não puder esperar tanto, pedir ao médico por um exame de sangue.
  • Verificar os resultados do teste tão logo: É necessário dar tempo ao teste para funcionar.
  • Usar urina diluída: Para resultados mais precisos, fazer o teste como a primeira tarefa pela manhã, quando a urina é mais concentrada.

8) O que fazer na seqüência?

teste de gravidez

Com base nos próprios resultados do teste, considerar tomar os seguintes passos:

  • O teste de gravidez caseiro é positivo, ou foram feitos alguns testes caseiros de gravidez e obtido resultados mistos: Fazer uma consulta com o médico. É possível necessitar de um exame de sangue ou ultra-som para confirmar a gestação. E o mais rápido a gravidez é confirmada, mais rápido é possível começar o pré-natal.
  • O teste de gravidez caseiro é negativo: Se o ciclo não começar, repetir o teste em alguns dias ou uma semana, especialmente se fez o teste antes ou logo depois de ausência da menstruação.
  • A mulher continua a ter resultados de teste negativo, mas o ciclo não começa ou ainda pensa que pode estar grávida: Verificar com o médico. Muitos fatores podem levar às ausências de períodos menstruais, amenorréia, incluindo distúrbios da tireóide, baixo peso corporal, problemas com os ovários, exercício em excesso e estresse. Se não tiver grávida, o médico pode ajudar a ter o ciclo menstrual de volta em ordem.

Descubra como identificar os sintomas da gravidez no vídeo a seguir (4:23):

 

Fonte:

https://www.betterhealth.vic.gov.au/health/healthyliving/pregnancy-testing

http://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/getting-pregnant/in-depth/home-pregnancy-tests/art-20047940

 

5 Cortes de Cabelos para Afinar o Rosto

Muitas pessoas acham que é besteira, mas um cabelo muda muito. Em alguns casos, pode inclusive emagrecer ou engordar alguns quilinhos. Na hora de realizar a mudança nos cabelos, esteja atenta para os cortes que lhe ajudarão a afinar o rosto.

A estatura e o formato do rosto são de extrema importância para a escolha do corte de cabelo. As pessoas que possuem o rosto no formato arredondado possuem uma maior facilidade a aparentar alguns quilinhos a mais com a mudança no cabelo.

Conheça o formato do seu rosto na imagem a seguir:

formato do rosto

As dicas a seguir são gerais para cada formato de rosto. Quem não precisa afinar o rosto, pois, considera que seu rosto já seja assim, não se preocupe, estes cortes irão valorizar o formato de seu rosto.

Os demais formatos de rosto também possuem propriedades específicas na hora da escolha do modelo de corte. É importante que os cortes curtos, para quem deseja emagrecer, estejam com os fios desfiados. Assim, criamos uma lista para te ajudar a conquistar um rosto mais magro. Veja a seguir:

5 Cortes de Cabelos para afinar o rosto

1 – Chanel Assimétrico

chanel assimetrico cabelo para afinar o rosto

Os cabeleireiros afirmam: o Chanel pode sim deixar a pessoa mais gordinha. Para quem não quer abrir mão do estilo de corte, o ideal é realizar um corte assimétrico (curto atrás e longo na frente), pois este modelo afinará o rosto da pessoa. Aliar o corte assimétrico a um penteado com o cabelo dividido ao meio, com partes iguais, irá fazer com o que o rosto fique ainda mais alongado.

2 – Franja desfiada

franja desfiada - afinar o rosto

A mesma questão do Chanel ocorre com as pessoas que desejam ter uma franja tradicional. A franja clássica é pesada e não possui um corte específico, deixando o rosto arredondado. Uma dica para as pessoas que desejam utilizar a franja é realizar o corte da franja bem desfiado, com uma maior quantidade de camadas, isso criará o efeito de um rosto mais afilado.

 3 – Franjão

franjão - afinar o rosto

As franjas mais longas – o famoso franjão – é um ótimo aliado para as mulheres que querem aparentar uns quilinhos a menos, mas que querem franja. O franjão na altura do queixo pode dar uma impressão de Chanel, por isso opte pelo modelo na altura da boca.

Já as mulheres que possuem o rosto no formato de coração devem estar atentas a este modelo de corte, já que ele tende a fazer com que a mulher de rosto com formato de coração pareça mais gordinha.

4 – Cabelo Repicado

cabelo repicado - afinar o rosto

O cabelo repicado é um dos mais utilizados para afinar o rosto, já que as camadas, quando cortadas ao longo do rosto, auxiliam a equilibrar o peso do cabelo em conjunto com o formato do rosto, criando o efeito de uma mulher mais alongada. Para quem deseja aparentar um maxilar mais longo – e com isso emagrecer um pouco – é importante utilizar o cabelo partido no meio.

5 – Cabelos longos

cabelos longos - afinar o rosto

Apesar de tradicional, os cabelos longos ainda são as principais chaves para as pessoas que desejam parecer um pouco mais magras. Os cabelos longos alongam o rosto e, por isso, devem ser escolhidos quando o objetivo for diminuir uns quilinhos na aparência e a dúvida estiver entre longos e curtos.

Veja também: 3 Tipos de Corte de Cabelo para Qualquer Época do Ano

Chás cicatrizantes: conheça os dois melhores preparos

Todo mundo já deve estar “careca” de saber que os chás são uma fonte de benefícios para a saúde. Muitos acalmam, emagrecem, abaixam colesterol, diminuem pressão arterial, são ótimos para o sistema digestivo, etc. E hoje trouxemos para vocês os dois melhores preparos de chás cicatrizantes para ajudar a curar feridas.

Quais são os chás cicatrizantes?

1) Chá de couve

shutterstock_201507179.1-750x420

A couve é um alimento super nutritivo e importante em uma dieta saudável.  Ela é rica em Vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, vitamina B5, Vitamina C e vitamina K. Além dessas vitaminas, na couve ainda encontramos uma excelente fonte de cálcio, cloro, enxofre, ferro, fósforo, magnésio, silício e sódio.

Portanto, além de ser fonte de inúmeras vitaminas e nutrientes, é excelente para ser consumida em forma de chá, por se tratar de um dos melhores preparos que auxilia na cura de feridas.

Ingredientes:

  • 2 colheres (sopa) de folhas de couve picadas
  • 1 xícara (chá) de água

Modo de preparo:

Deposite as folhas picadas em uma xícara e despeje a água fervente sobre as folhas. Tampe e deixe a mistura descansar por no mínimo 10 minutos. Assim que o chá estiver morno e na temperatura ideal para ser consumido, coe e beba. Este chá pode ainda incluir gotas de limão e pode ser adoçado com um pouquinho de mel.

2) Chá simples de eucalipto

shutterstock_140737051

Sabemos que o eucalipto é uma das ervas mais cobiçadas quando o assunto é medicina natural. Conhecido por suas propriedades que fazem bem à saúde, principalmente nas vias respiratórias, melhora os sintomas da sinusite e ajuda no tratamento da dor ciática. Também, é uma ótima opção de chá cicatrizante. Confira a receita:

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de folhas de eucalipto picadas
  • 1 xícara (chá) de água

Modo de preparo:

Deposite as folhas picadas em um xícara e despeje a água fervente sobre as folhas. Tampe e deixe descansar a mistura por no mínimo 10 minutos. Quando o chá estiver morno, na temperatura ideal para beber, passe por um coador. Tome 3 xícaras do chá ao longo do dia, preferencialmente pela manhã, à tarde e antes de dormir, assim você mantém uma rotina de consumo do mesmo. Também pode ser adoçado com mel.

Fontes:

http://www.prevention.com/mind-body/natural-remedies/healing-herbal-teas

Cólica no Bebê – O que precisa fazer?

Quando você é mãe ou pai de primeira viagem, pode ser um grande desafio ter um bebê que está sempre com cólica. Saiba que é normal e comum sentir raiva ou ressentido ou um pouco irritadiço. Você não é um mau pai ou mãe se sentir assim, portanto, não se sinta culpado. Todo mundo tem esses sentimentos em diversos momentos. Os amigos e a família sempre tentam ajudar, mas o que é cólica no bebê e como tratar?

O que é cólica?

O termo se aplica a qualquer criança saudável, que chora mais de 3 horas por dia, mais de 3 dias por semana, por mais de 3 semanas. A cólica no bebê é provável que comece em torno da idade das 2 semanas ou mais tarde, se for prematuro e quase sempre vai embora por conta própria por volta dos 3 ou 4 meses.

O que provoca a cólica no bebê?

cólica no bebê

A causa exata da cólica no bebê é desconhecida. Algumas teorias sobre o que está por trás disso incluem:

  • Um sistema digestivo em crescimento
  • Gazes
  • Hormônios que causam dor de estômago
  • Hipersensibilidade ou superestimulação pela luz, ruído, etc.
  • Um sistema nervoso ainda em desenvolvimento

Lembre-se, há muitas coisas que podem parecer com a cólica, mas não são. Se você estiver preocupado com seu bebê, o médico pode fazer um exame completo para descartar uma causa médica do porque o bebê chora e é agitado.

Ele poderia estar irritadiço por causa de:

  • Uma infecção
  • Problemas de refluxo ácido do estômago
  • Pressão ou inflamação do cérebro e do sistema nervoso
  • Problema no olho como um arranhão ou aumento da pressão
  • Arritmia cardíaca
  • Lesão de ossos, músculos ou dedos

Como tratar as cólicas

cólica no bebê - massagem

Baby receiving massage

Com base nas necessidades do seu bebê, o seu médico pode ajudar. Você provavelmente vai ter que tentar uma coisa de cada vez para ver se ele se acalma. Se isso não acontecer em poucos dias, passe para outra alternativa.

1- Leite materno: geralmente, não é uma causa da cólica, mas pode causar irritação. Se você acha que pode ser a causa do choro do seu bebê, fale com seu pediatra para ver se o bebê está pegando bem o peito.

2- Ajude-o a engolir menos ar: tente uma garrafa especial destinada a reduzir o gás ou um mamilo com um buraco menor. Sente-o enquanto ele mama, assim ele engole menos ar. Lembre-se de arrotar durante e após as mamadas.

3- Caminhada: movimento ajuda os bebês a acalmar. Andar por aí com seu bebê no colo ou em um canguru ou algum outro modelo de sua preferência, mas é importante que ele fique perto de seu corpo. O calor e ritmo podem ajudá-los a dormir.

4- Segure e balance ou o coloque em um balanço ou carrinho de criança. O movimento suave pode parar as lágrimas.

5- Muitos bebês respondem bem ao zumbido suave de uma máquina, como secadora ou ventilador.

6- Você também pode tentar música ao lado do berço.

7- Luzes brilhantes e sons podem sobrecarregar um bebê com cólica. Seu bebê pode se acalmar, se você:

  • Colocá-lo nas costas em um quarto escuro e silencioso
  • Colocá-lo confortavelmente em um cobertor
  • Por em seu colo e esfregar suavemente suas costas
  • Tente massagem infantil
  • Coloque uma garrafa de água morna na barriga do seu bebê
  • Mergulhe-o em um banho morno

8- Dar um tempo:

Cólica não é apenas difícil para o seu bebê. Ele pode desgastá-lo, também. Quando a pressão de tentar acalmar o seu bebê chorando começa a ser demais, o deixe com uma babá, membro da família ou amigo de confiança e saia de casa.

Mesmo se você apenas fizer uma caminhada ou uma pausa, alivia um pouco o estresse. Quando ninguém está por perto para ajudar, não há problema em deixar o seu bebê no berço ou cercadinho e ir para outro quarto brevemente até que você se recomponha.

Se tudo isso falhar, fixe-o em seu assento de carro e vá para um passeio. Apenas certifique-se que você não está tão cansado que é inseguro para dirigir.

Chame o seu médico se o seu bebê:

  • Tem diarreia, especialmente, se houver sangue
  • Não comer ou ganhar peso
  • Tem uma febre
  • Vômitos
  • Parece menos alerta ou mais sonolento do que o habitual

 

Laqueadura – Tipos, Riscos e Como Reverter?

A Laqueadura, também conhecida como ligadura de trompas ou laqueadura tubária, proporciona a anticoncepção, já que consiste em um método que resulta na esterilização feminina, que pode ser feita em mulheres acima de 25 anos e com dois filhos vivos, pelo menos. O encontro do óvulo com os espermatozoides ocorre através das trompas uterinas. A cirurgia realiza a obstrução das trompas uterinas, sendo assim, não ocorrerá a fecundação.

Quais são os tipos de Laqueadura?

laqueadura

Diversos procedimentos podem ser adotados para a realização da Laqueadura:

  •  Abdominal aberta: Nesse método estão envolvidas duas técnicas, a laparoscopia e a minilaparatomina. Ocorrem por pequenas incisões acima do púbis, podendo ser longitudinais ou transversais. Na laparoscopia, são realizadas pequenos furos e uma pequena câmera para facilitar a observação e instrumentos para realizar a operação são introduzidos. Podem ser utilizados também alguns equipamentos para facilitar a operação, como aparelhos para colocar um anel elástico, dar os pontos ou um manipulador uterino. Diferentemente do próximo item, o vaginal, esses procedimentos podem deixar alguma cicatriz.
  • Vaginal: Nos procedimentos vaginais, a exposição e o acesso, como o nome já diz, são feitos pela vagina. Na colpotomia, uma incisão  para alcançar as trompas é feita no fundo de saco da vagina. Já na histeroscopia, a exposição ocorre pela cavidade uterina com o auxílio de uma pequena câmera na ponta, semelhante ao método de endoscopia.

Conheça os fatores de risco:

É importante lembrar que não se trata simplesmente de um método anticoncepcional, é uma cirurgia que exige anestesia, tempo de recuperação e cuidado como todas as outras. Podem ocorrer complicações tornando o processo mais complexo,  por exemplo, o sangramento, lesões de outros órgãos ou infecções. Após a cirurgia, a paciente também pode sentir cólicas e dores durante a relação sexual.

Lembre-se de conversar bem com os médicos, se informar e fazer todos os exames pré-operatórios, como por exemplo exames ginecológicos, pesquisas de infecções, teste de gravidez e avaliação cardiológicas (caso o paciente tenha problemas cardíacos), podem ser pedidos. Existe um risco, mesmo que pequeno, do procedimento falhar. Além disso, pode surgir o arrependimento pós-cirurgia.

Existe alguma maneira de reverter o procedimento?

gravidez-semana-a-semana-1

Atualmente, essa possibilidade já existe tendo 50% de chance de reversão, porém, exige um processo trabalhoso, por isso é importante a conscientização antes do processo. Por isso, antes de realiza-la, pode ser pedido para que o paciente assine um termo de consentimento livre ou passe por uma uma avaliação psicológica. Tudo depende do quadro clínico e das indicações feitas pelos médicos.

Sendo assim, é possível, só que por ser um serviço mais complexo, a paciente pode ter dificuldade para encontrar uma boa instituição para realizar essa reversão. A maior probabilidade de engravidar no futuro, pode existir nos casos em que a mulher esterilizada recorre a reversão o mais cedo possível. Tudo depende do método adotado e do quadro clínico da mulher, afinal, como foi visto anteriormente, existe mais de um método. Se for possível a reversão, a média para engravidar varia de seis meses a um ano.

Não esqueça: antes de optar por esse método, converse com seu ginecologista para ver se realmente é a opção mais adequada para o seu caso.

Regras para a realização deste procedimento

A laqueadura no Brasil é regulamentada pela Lei n. 9.263/96 que trata do planejamento familiar. A legislação estabelece algumas regras para a realização de qualquer método cirúrgico de contracepção, entre elas:

  • Ser maior de 25 anos
  • Ter dois filhos vivos.
  • A manifestação da vontade deve anteceder 60 dias ao ato cirúrgico.
  • Deve haver consulta do interessado a uma equipe multidisciplinar de aconselhamento, para evitar uma esterilização precoce.
  • Laudo do médico atestando a boa saúde do paciente.

3 Dicas para se Organizar e Otimizar Tempo

Se tem uma coisa que incomoda muita gente nos dias atuais é a falta de tempo. É tanto trabalho, estudos, cuidados com a casa e a família que muitas vezes começamos a atropelar as coisas e não terminamos nenhuma delas. Dessa forma, precisamos nos organizar para que o tempo torne-se nosso aliado e não inimigo. É essencial você se organizar para ser mais produtivo na sua rotina.

Siga estas 3 dicas e dê o primeiro passo para otimizar tempo e trabalhar de forma eficiente:

1. Fazer uma coisa de cada vez

otimizar tempoUm dos maiores erros que muita gente comete, é tentar fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Para facilitar, vou usar o exemplo de mim mesma: imagino se eu tentasse escrever posts, programar posts na page, postar no insta, escrever meu relatório de estágio e ler o livro que o prof indicou em apenas 2 horas. É óbvio que os posts sairão mais ou menos, o relatório ficará péssimo e a leitura será bem por cima. Por isso, tenha uma lista de prioridades. Pois você terá que aplicá-la sempre! Tanto em casa, quanto no trabalho.

Faça o seguinte: Tenha um bloquinho/agenda só para as tarefas do dia, e vá riscando cada uma enquanto for fazendo. Isso trará uma sensação de produtividade e bem estar, consequentemente, você executará as tarefas de forma mais leve e prazerosa, e sabe o que mais? Quando se faz algo em bem, se sentindo tranquilo sem se apressar, ele termina mais rápido!

2. Não deixe as coisas para a última hora

otimizar tempo

Tá aí outro erro grotesco que muita gente comete: “Vou fazer amanhã”, e este amanhã nunca chega. Muitas vezes, essa mesma pessoa tem tempo no momento, mas não fará a tarefa, pois “é pra semana que vem”, “ainda tenho tempo”. Uma coisa: Não, você ainda não tem tempo. Você tem tempo agora, pode ser que amanhã não terá mais.

Portanto, assim que receberes uma tarefa, adicione-a a sua lista, levando em consideração sempre o que precisa ser entregue primeiro no topo e o que há mais tempo no final. Mas não esqueça deste item, simplesmente, em um momento, a hora dele chega. O quanto antes fizer melhor!

Não se engane com o calendário, só porque ele diz que faltam cinco dias você deixará só para o último dia. Geralmente, você fará extremamente forçado, sairá uma porcaria e você ainda ficará insatisfeito.

3. Mantenha seu home office organizado

shutterstock_157625327

De nada adianta todos os itens anteriores se sua mesa/gaveta/armário forem desorganizados. Pois, aí é o mesmo que eu colocar na minha lista: Ler o livro que a prof indicou, e eu ter que procurar este livro em um milhão de trecos.

Mas, como manter essa organização? Semanalmente, jogue fora papéis inúteis; mantenha a papelada organizada em pastas nomeadas; mantenha limpo o local; tenha uma agenda de alcance rápido; canetas também devem estar visíveis; entre outros. Ou seja, além da organização da mesa ajudar na hora de achar algum item, também faz bem a saúde! Nos sentimos mais satisfeitos conosco, é sério!

 

Fontes:

http://www.mollymaid.com/cleaning-institute/save-time.aspx

Cicatricure – Vantagens e Desvantagens – Saiba Tudo!

Muitas pessoas desejam aparentar um pouco menos de idade do que têm, não é mesmo?  Alguns truques para disfarçar a idade fazem com que nos sintamos mais jovens, nos deixando confiantes, mais bonitos e com uma autoestima elevada. Com o passar dos anos, as ruguinhas indesejadas aparecem e há uma grande quantidade de cremes e produtos para cuidar da pele também. Mas, qual o melhor creme para as rugas? Qual o melhor produto que pode nos ajudar a prolongar o efeito de pele lisa que tínhamos até o surgimento das marcas naturais do tempo? Fizemos uma lista para você de um dos cremes mais conhecidos do mercado: o Cicatricure.

Cicatricure – Em Gel ou em Creme?

Cicatricure - Vantagens e Desvantagens - Saiba Tudo!

Atualmente, existem no mercado dois tipos de cicatricure. O Cicatricure Gel promete eliminar cicatrizes pós-cirúrgicas e aliviar as inflamações, deixando o local mais liso. O Cicatricure Creme é indicado para as rugas.

O Cicatricure creme não possui a função exata de antirrugas, mas muitas pessoas o utilizam para o propósito, tendo em vista que o tratamento ajuda a deixar a pele mais lisa em quem já tem as marcas da idade.

A) Cicatricure Gel: Foi desenvolvido para atuar e melhorar a pele com cicatriz. Você pode escolher o Cicatricure Gel em caso de cicatriz ocasionada por estrias, acnes, cirurgias e até mesmo queimaduras. Os benefícios são:

  • Suavizar a cor da cicatriz
  • Diminuir o tamanho da cicatriz
  • Estimula uma regeneração da pele com menos cicatriz
  • Em caso de cicatriz mais intensa, ele pode diminuir o seu tamanho

B) Cicatricure Creme: Foi desenvolvido para atuar sobre rugas e linhas de expressão. Você deve escolher o Cicatricure Creme caso busque uma pele jovem. Os benefícios são:

  • Aumenta a elasticidade natural da pele
  • Aumenta a hidratação da pele
  • Deixa a pele mais firme e com aparecia jovem
  • Diminui rugas e linhas de expressão

Como usar o Cicatricure gel

Cicatricure Gel - Vantagens e Desvantagens - Saiba Tudo!

Siga as instruções abaixo para o melhor uso do Cicatricure gel para resultar na melhora da aparência de sua pele. O gel ajuda na regeneração da pele e na melhoria (diminuição) de cicatrizes.

  • Passo 1 – Aplique uma camada de Cicatricure gel na cicatriz, a ponto de cobrir toda a cicatriz.
  • Passo 2 – Massageie o local para aumentar a absorção do gel.
  • Passo 3 – Repita este processo 3 vezes ao dia: manhã, tarde e noite.
  • Passo 4 – Repita este processo durante 3 a 6 meses. Este período varia de acordo com o tempo das cicatrizes, pois as cicatrizes mais recentes reagem mais rápido ao uso do Cicatricure gel

Como usar o Cicatricure creme

cicatricure creme - Vantagens e Desvantagens - Saiba Tudo!

Siga as instruções abaixo para o melhor uso do Cicatricure creme para resultar na melhora da aparência de sua pele. O creme ajuda na diminuição de rugas e linhas de expressão.

  • Passo 1 – Lave o rosto a ponto de tirar toda a oleosidade da pele.
  • Passo 2 – Aplique uma fina camada de Citricure creme pela manhã e à noite cobrindo todo o rosto.
  • Passo 3 – Ao longo do dia, aplique pequenos retoques em regiões mais necessitadas. Normalmente as regiões mais necessitadas, ou seja, as regiões mais secas são: centro da testa, ao redor dos lábios e ao redor dos olhos.
  • Passo 4 – Ao passar novamente à noite, faça isso perto do horário de dormir e durma com o creme no rosto. Também poderá usar de 3 a 6 meses. Consulte um dermatologista para uma análise clínica do processo de mudança de sua pele.

Caso passe muito tempo ao sol, poderá passar também protetor solar. Para os que usarem maquiagem, poderão aplicar normalmente suas maquiagens após terem passado o Cicatricure creme no rosto.

Vantagens e Desvantagens de Usar o Cicatricure

A) Vantagens

Conforme promete na embalagem, o cicatricure espalha bem no rosto e tem um cheiro bom, mas muitas pessoas reclamam da falta de proteção que o produto possui em relação contra os raios UV, tendo que fazer o uso em conjunto com um protetor solar. Conheça outros benefícios do uso:

  • O creme fornece a medida exata que você quer usar, sem ter contato com o restante do produto, devido ter o formato igual aos modelos de pasta de dente;
  • Ele deixa a pele com uma textura aveludada e não oleosa;
  • Tem uma fragrância agradável;
  • Hidrata a pele e ajuda a suavizar as rugas e linhas de expressão.

De acordo com o site da empresa, o produto em gel foi desenvolvido para melhorar a aparência da pele com cicatriz, seja ela resultado de queimadura, cirurgia, estrias, acne. Já em relação às linhas de expressão e rugas, o portal afirma que o produto ideal é o Cicatricure Creme.

B) Desvantagens de Cicatricure

Apesar de não possuir nenhuma contra indicação para o uso de Cicatricure é importante estar atento para como o produto irá reagir em contato com sua pele, já que a reação individual nem sempre é a mesma.

Em alguns casos, o uso do produto pode trazer alterações como coceira, queimação, vermelhidão ou irritação, mas o próprio Cicatricure já indica em sua embalagem que o consumidor interrompa o uso do tratamento no caso de ocorrer alguma dessas alterações.

Além disso, muitos consumidores relatam estar insatisfeitos com o produto porque o mesmo não apresenta proteção solar, o que acarreta em um gasto a mais, já que será preciso aliar a utilização do Cicatricure com a de um protetor.

Independente de sua escolha esteja sempre atento para as informações contidas na embalagem e procure um especialista da área, que poderá indicar de maneira mais eficaz qual o melhor produto e tratamento para o que você deseja.

Veja um relato sobre a eficiência do produto nesse vídeo (4:59):

Fontes:

http://www.cicatricure.com.br/

Alimentação para bebês a partir dos 6 Meses

Para bebês a partir dos 6 meses, apenas o leite materno ou a fórmula em pó não são mais suficientes para suprir todas as necessidades nutricionais que ele tem para continuar crescendo forte e saudável.

Chegou a hora de comer comida também e é nessas horas que as mães (principalmente de primeira viagem) enlouquecem. Mas não precisa se preocupar, não é nem um bicho de sete cabeças. Nessa idade, o sistema digestivo já está mais maduro e o organismo é mais forte para enfrentar eventuais infecções ou alergias causadas por novos alimentos.

Aos poucos, o bebê vai começar a comer frutas amassadas e raspadas. Gradativamente, passará para as papinhas salgadas, primeiro no almoço e depois no jantar, mas lembre-se o leite materno ainda é muito importante para complementar a alimentação do bebê. A alimentação para bebês tem que ser feita  sem pressa, com muita paciência, mas também com muita persistência, pois, o paladar está se formando e ele precisa sentir os novos alimentos. A introdução de alimentos deve ser feita em pequenas quantidades e com critério para observar possíveis reações alérgicas.

Alimentação para bebês nas primeiras duas semanas

Nas primeiras duas semanas, a papa deve ser feita com um tipo de legume e um tipo de folha. Depois que a criança já tiver experimentado vários tipos de legumes e folhas, você pode misturar até três tipos de cada grupo.

1) Receita: Primeira papinha – (para as primeiras duas semanas)

Screen Shot 2016-03-24 at 11.21.41

A) Ingredientes

  • Meia cenoura média
  • Duas folhas de alface
  • Um pedaço pequeno de cebola
  • Um pouco de salsa bem picadinha
  • Uma pitada de sal ou nada de sal (quanto menos sal você colocar na comida melhor e seu bebê se acostumará com a comida menos salgada)
  • Uma colher rasa das de café de óleo de milho ou girassol

B) Modo de fazer

1) Lave bem a cenoura e as folhas de alface.

2) Coloque um pouco de água filtrada para ferver – o suficiente para cozinhar os ingredientes.

3) Depois que a água entrar em ebulição, coloque a cenoura com casca, o alface, a cebola, o sal se desejar e o óleo.

4) Cozinhe em panela de pressão ou em panela comum com tampa. Deixe cozinhar até que a cenoura fique macia.

5) Tire a casca da cenoura e amasse com um garfo, juntamente com a cebola e as folhas de alface. Acrescente a salsinha.

C) Dicas

– A cenoura pode ser substituída por outro legume e as folhas de alface por outro tipo de hortaliça. Alguns exemplos: mandioquinha com espinafre; abóbora com repolho; beterraba com agrião; chuchu com couve.

– Use sempre cebola ou alho para cozinhar os alimentos. O mesmo vale para o óleo, a salsinha e o sal.

Depois que seu bebê se acostumou com a primeira papinha, é hora de introduzir novos sabores.

2) Receita: A papinha sequencial para bebê     

pears

A) Ingredientes

  • Meia mandioquinha
  • Uma batata pequena (ou uma colher das de sopa de grão de milho)
  • Meia beterraba
  • Um pedaço pequeno de cebola
  • Meio dente de alho ou uma rodela de alho poró
  • Meio tomate sem semente
  • Duas folhas de repolho
  • Duas folhas de agrião
  • Uma colher rasa das de sobremesa de óleo de milho ou girassol
  • Uma pitada de sal ou nada de sal (quanto menos sal você colocar na comida melhor e seu bebê se acostumará com a comida menos salgada)
  • Uma colher das de sopa de caldo de feijão
  • Salsinha

B) Modo de fazer  

1) Lave bem os legumes e as folhas.

2) Coloque um pouco de água filtrada para ferver  o suficiente para cozinhar os ingredientes.

3) Depois que a água entrar em ebulição, coloque os legumes, as folhas, a cebola, o alho, o sal e o óleo.

4) Cozinhe em panela de pressão ou em panela comum com tampa, até os legumes ficarem macios.

5) Após retirar a casca dos legumes, amasse todos os ingredientes com um garfo e acrescente a salsinha e o caldo de feijão.

C) Dicas

Procure não misturar os ingredientes depois de amassados, assim você poderá oferecer cada alimento em separado e o bebê poderá reconhecer os sabores desses alimentos;

A batata ou o milho podem ser substituídos por uma colher das de sopa de arroz cozido, amassadinho com o garfo;

O caldo de feijão pode ser substituído por caldo de lentilha, ervilha, grão de bico ou por vagem. Se a opção for pela vagem, cozinhe os grãos com o resto dos alimentos;

Depois de uma semana, os caldos – de feijão, lentilha, etc, já podem ser substituídos pelos grãos cozidos e amassados com o garfo;

Por volta do sexto mês, acrescente à papa meio bife ou meio filé de frango ou meio bife de fígado. Cozinhe a carne com os outros ingredientes. Depois, desfie a carne e corte em pedaços pequenos ou moa no liquidificador. O melhor é colocar a carne em um pratinho separado e oferece-la com as primeiras colheradas das papinhas;

Quando a criança estiver com oito meses, dobre a quantidade de carne, de arroz e de grãos.

Muito importante também é não cozinhar a comida do bebê separado do resto da família para que ele sinta o tempero da casa e não estranhe qualquer mudança.

Um alerta: crianças menores de um ano não devem ingerir mel devido ao risco de botulismo, uma doença muito grave. Portanto, nada de adoçar as frutinhas com mel, nem ovo, pois, a clara de ovo está na lista de alimentos que mais causam alergias devido a um de seus componentes, a albumina.

Anemia por falta de ferro

Outro cuidado muito importante é a anemia por falta de ferro,  é o maior problema nutricional no mundo e atinge grande parte dos bebês. O ferro é um nutriente essencial para a vida e atua principalmente na fabricação das células vermelhas do sangue e no transporte do oxigênio para todas as células do corpo. A carência de ferro diminui a resistência do corpo, deixando o bebê mais exposto a infecções.

Alimentação para bebês a partir dos 6 meses (Depois das duas primeiras semanas)

A seguir 10 receitas de papinhas para bebês a partir dos 6 meses.

alimentação para bebes

1- PAPINHA DE CARNE, ABÓBORA, BATATA E COUVE.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de carne moída
  • 1 batata pequena cortada em cubos pequenos
  • 2 colheres de sopa de abóbora cortada em cubos pequenos
  • 2 colheres de sopa de couve picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a abóbora. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

2- BATATA DE CARNE, BETERRABA E COUVE-FLOR.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de carne moída
  • 1 batata pequena cortada em cubos pequenos
  • ½ beterraba pequena cortada em cubos pequenos
  • 2 colheres de sopa de couve-flor picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a beterraba. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve-flor e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

3- PAPINHA DE CARNE, FEIJÃO, MACARRÃO, ABÓBORA E BRÓCOLIS.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de carne moída
  • 2 colheres de sopa de feijão cozido com caldo
  • 1 colher de sopa de macarrão para sopa
  • 3 colheres de sopa de abóbora picada em cubos
  • 2 colheres de sopa de brócolis picados

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a abóbora e o macarrão. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte o feijão e os brócolis e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

4- PAPINHA DE FRANGO, MANDIOQUINHA, BETERRABA E ESCAROLA.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
  • 1 mandioquinha pequena cortada em cubos
  • ½ beterraba pequena cortada em cubos
  • 2 colheres de sopa de escarola picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida a mandioquinha e a beterraba. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a escarola e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

5- PAPINHA DE CARNE, FUBÁ, CENOURA E COUVE.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de carne moída
  • 2 colheres de sopa de fubá
  • ½ cenoura pequena picada em cubos
  • 2 colheres de sopa de couve picada
  • ½ xícara de chá de água filtrada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a cenoura e cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Acrescente a água fria e o fubá. Deixe cozinhar, sem parar de mexer até que o caldo fique encorpado. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Se necessário, acrescente mais água. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções.

6- PAPINHA DE FRANGO, BATATA, BETERRABA, CHUCHU E ACELGA.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
  • ½ batata pequena cortada em cubos
  • 2 colheres de sopa de beterraba cortada em cubos
  • 2 colheres de sopa de chuchu cortado em cubos
  • 2 colheres de sopa de acelga picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida a batata, a beterraba e o chuchu. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a acelga e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

7- PAPINHA DE FRANGO, ARROZ, ERVILHA, CENOURA E ESPINAFRE.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
  • 1 colher de sopa de arroz cru lavado
  • 1 colher de sopa de ervilha fresca
  • ½ cenoura pequena picada em cubos
  • 2 colheres de sopa de espinafre picado

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida o arroz, a ervilha e a cenoura. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte o espinafre e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

8- PAPINHA DE FRANGO, ABÓBORA, MACARRÃO, ERVILHA E COUVE-FLOR.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 3 colheres de sopa de abóbora picada
  • 1 colher de sopa de macarrão para sopa
  • 2 colheres de sopa de ervilha fresca
  • 2 colheres de sopa de couve-flor picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida a abóbora, a ervilha e o macarrão. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve-flor e cozinhe por mais 5 a 10 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

9- PAPINHA, MANDIOQUINHA, CENOURA E COUVE.

Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de carne moída
  • 1 mandioquinha pequena cortada em cubos pequenos
  • ½ cenoura pequena cortada em cubos pequenos
  • 2 colheres de sopa de couve picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a mandioquinha e a cenoura. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

10- PUREZINHO DE CHUCHU E CENOURA.

Ingredientes

  • 1 colher de chá de óleo vegetal
  • 1 colher de chá de cebola picada
  • ½ chuchu pequeno cortado em cubos pequenos
  • ½ cenoura pequena cortada em cubos pequenos

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola. Acrescente em seguida o chuchu e a cenoura. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Amasse todos os ingredientes com um garfo.

Rendimento: 1 porção

Dica: para deixar a papinha mais cremosa, passe os ingredientes em uma peneira grossa.

Fontes:

http://www.cookinglight.com/food/recipe-finder/baby-purees

Pílulas Anticoncepcionais – Mais Usadas, Como Tomar? Engorda?

Descubra as perguntas e respostas mais comuns sobre preocupações a cerca do uso de pílulas anticoncepcionais. Se você regularmente usa anticoncepcional, ou seja, um contraceptivo oral, provavelmente deve estar satisfeita com a conveniência e confiabilidade. Mas você pode ter muitos questionamentos sobre os potenciais efeitos em sua saúde geral. Vamos aqui responder as dúvidas mais comuns.

Você pode usar pílulas anticoncepcionais para atrasar ou eliminar o seu ciclo menstrual?

Sim, pílulas anticoncepcionais podem ser usados para reduzir ou eliminar o sangramento mensal. Quando as pílulas anticoncepcionais foram disponibilizadas, foram embalados como 21 dias de pílulas hormonais ativas e sete dias de pílulas de placebo. Durante a semana, as mulheres tomaram as pílulas de placebo e tinham sangramento semelhante a um período menstrual regular.

Hoje, as mulheres têm muito mais opções. Podem escolher, por exemplo, pacotes com 24 dias de pílulas ativas e quatro dias de pílulas de placebo para os esquemas que usam todas pílulas ativas. Os primeiros esquemas de pílulas de ciclo prolongado fornecem pílulas de hormônio ativo todos os dias durante três meses após uma semana de pílulas de placebo ou pílulas de baixa dosagem de estrogênio. Os esquemas mais recentes de ciclo prolongado, são projetados para que tomem as pílulas continuamente durante um ano, assim suprimindo todos os sangramentos.

Este tipo de controle contínuos, ou de ciclo prolongado, têm vários benefícios em potencial. Eles evitam instabilidade hormonais que são responsáveis por sangramento, cólicas, dores de cabeça entre algumas outras questões desagradáveis.

Quais sao as pílulas anticoncepcionais mais usadas?

As marcas de pílulas anticoncepcionais mais usadas no Brasil são:

  • Aranka
  • Allestra
  • Cerazette
  • Ciclo 21
  • Diane 35
  • Elani ciclo
  • Gybera
  • Microvlar
  • Minigeste
  • Mercilon
  • Selene
  • Tâmisa
  • Yasmin
  • Yaz

As anticoncepcionais injetáveis mais usados no Brasil são:

  • Depo Provera
  • Noregyna
  • Mesigyna

Você precisa de pílulas especiais ou você pode usar pílulas anticoncepcionais comuns para evitar ter um período fértil?

Existem pílulas destinadas a prevenir menstruação durante três meses, ou até mesmo mais tempo. Isto implica em ignorar as pílulas de placebo e iniciar, de imediato, um pacote novo. Os efeitos do uso contínuo de pílulas anticoncepcionais funcionará melhor se você tomar pílula monofásica – com a mesma dose de hormônio nas três semanas de pílulas ativas.

É possível engravidar logo após a interrupção do uso de anticoncepcional?

Depois que você parar de tomar a pílula, você pode ter até duas semanas antes de começar ovular novamente. Seu período seguiria cerca de quatro a seis semanas depois de tomar a última pílula. Uma vez que a ovulação recomeça, você pode engravidar. Se isto acontecer durante o seu primeiro ciclo após tomar a pílula, você não terá um período completo.

Existe alguma vantagem em esperar alguns meses após a interrupção da pílula antes de tentar engravidar?

No passado, os médicos tinham a preocupação de que se você concebesse imediatamente após a interrupção da pílula, teria um maior risco de aborto espontâneo. No entanto, estas preocupações provaram ser infundadas.

A maioria das mulheres não tem mais do que quatro semanas de atraso na menstruação depois de parar de tomar pílula. No entanto, se seus períodos não eram regulares antes de começar a tomar a pílula, provavelmente será dessa forma novamente depois de parar de tomá-las. Algumas mulheres acham que é preciso cerca de dois meses antes de voltar ao período menstrual novamente. Se você pretender esperar alguns meses, é indicado que use outra forma de controle de natalidade, enquanto seus ciclos menstruais voltar ao normal.

O que acontece se você parar de tomar pílula anticoncepcional, mas seu ciclo menstrual não continuar?

Você pode ter o que é conhecido como amenorréia de pós-pílula. A pílula inibi a produção de hormônios envolvidos na ovulação e menstruação. Quando você parar de tomar a pílula, pode demorar algum tempo para o seu corpo voltar à produção normal desses hormônios.

Normalmente, o período deve começar de novo dentro prazo de três meses após parar de tomar a pílula. Mas algumas mulheres, especialmente aquelas que tomaram pílula para regular seu ciclo menstrual, pode não ter outro ciclo por alguns meses.

Se você não tiver menstruação por três meses, faça um teste de gravidez para se certificar de que esteja grávida e, em seguida, consulte um médico.

É preciso fazer teste de gravidez se estiver tomando pílula anticoncepcional?

Enquanto estiver tomando pílula, você pode obter resultados precisos com um teste de gravidez. Os testes de gravidez funcionam medindo hormônio específicos da gravidez – gonadotrofina coriônica humana (HCG) – no sangue ou urina. Os ingredientes ativos em pílulas anticoncepcionais não afetam a maneira como o teste de gravidez mede o seu nível de HCG.

O que acontece se você tomar pílulas anticoncepcionais durante uma gravidez?

Se você continuou a tomar a pílula, porque você não percebeu que estava grávida, não se assuste. Apesar de casos como este acontecerem durante anos, há pouca evidência de que uso de pílulas anticoncepcionais causam problemas na gravidez ou nascimento. Naturalmente, após  saber que está grávida, pare de tomar a pílula anticoncepcional.

Você pode usar várias pílulas anticoncepcionais de uma só vez por questão de alguma emergência?

É possível usar pílulas anticoncepcionais para contracepção de emergência, mas verifique com um médico para saber a dose adequada o tempo. 

Existem dois tipos de pílulas especificamente projetadas para impedir que você engravide caso tenha tido relações sexuais sem proteção. Estas pílulas são por vezes referidas como a “pílula do dia seguinte“.

  • Levonorgestrel – Ele está disponível em farmácias, bem como clínicas de saúde e Planned Parenthood.
  • Acetato de ulipristal (Ella) também está aprovado para contracepção de emergência. Ele está disponível apenas por prescrição.

Se você estiver tomando pílulas anticoncepcionais por muitos anos e decidir parar, você pode parar a qualquer momento ou você deve terminar o seu pacote atual?

Não existe diferença a cerca do momento exato que você irá parar de tomar o anticoncepcional. Mas quando parar, você pode ter alguns sangramentos, o que pode alterar o ritmo do seu ciclo menstrual. Mas você pode parar a qualquer momento.

Você pode engravidar durante a semana que você estiver tomando pílulas inativas (placebo)?

Os inativos fazem parte do esquema contraceptivo. Tomando corretamente exatamente como indicado, você estará protegida por uma eficácia de 98% à 99% contra gravidez.

Se, no entanto, você perdeu uma pílula – ou várias pílulas – durante um ciclo, você pode estar em maior risco de gravidez indesejada durante esse ciclo. Para ser seguro, use uma forma de “backup” de contracepção, como um preservativo.

Tomar pílulas anticoncepcionais engorda?

Muitas mulheres pensam assim. No entanto, estudos têm mostrado que é muito pequeno o efeito da pílula em ganho, se é que existe. Em vez disso, o que é acontece é que você pode reter mais liquido, o que pode fazer a mulher se sentir inchada, particularmente nos seios, quadris e coxas. As pílulas anticoncepcionais podem afetar células adiposas (gordura), tornando-as maiores, mas não mais numerosos.

Como pílulas anticoncepcionais afetam o risco de câncer?

A evidência científica sugere o uso de pílulas anticoncepcionais por longos períodos de tempo, pode aumentar riscos de alguns tipos de cânceres, como o câncer de colo do útero e câncer de fígado. Por outro lado, pode diminuir o risco de outros tipos de câncer, incluindo câncer de ovário e câncer do endométrio.

O efeito de pílulas anticoncepcionais no risco de câncer de mama, não é muito claro. Enquanto alguns estudos têm mostrado uma ligação entre o uso da pílula e câncer de mama, estudos mais recentes não mostram um aumento do risco de câncer de mama com pílulas anticoncepcionais. Se você estiver preocupada com o risco de câncer de mama, converse com seu médico para saber se seu anticoncepcional é ideal para você.

Pílulas anticoncepcionais afetam os níveis de colesterol?

As pílulas anticoncepcionais podem afetar os níveis de colesterol. No entanto, depende do tipo e qual é a concentração que você esta tomando. As pílulas anticoncepcionais com mais estrogênio, podem ter um efeito global ligeiramente benéfico sobre os níveis de lipídios no sangue. Em geral, porém, as alterações não são significativas e não afetam sua saúde geral.

Tomar pílulas anticoncepcionais afetam a pressão arterial?

As pílulas anticoncepcionais podem aumentar ligeiramente a pressão arterial. Se você tomar pílulas anticoncepcionais, procure ter sua pressão arterial verificada regularmente. Se você já tem pressão alta, converse com seu médico sobre se você deve considerar uma forma alternativa de controle de natalidade.

Mulheres com mais de 35 anos de idade podem continuar a tomar pílulas anticoncepcionais?

Embora costumava ser dito para mulheres com mais de 35 anos de idade, que parassem de tomar pílulas anticoncepcionais, esses limites não se aplicam mais a mulheres saudáveis (e  não-fumantes). No entanto, pílulas anticoncepcionais não são recomendados para mulheres com mais de 35 anos de idade que fumam, isso pois o risco de doença cardiovascular pode aumentar. Se você é 35 anos ou mais e você fuma, você precisa parar de fumar para poder tomar pílulas anticoncepcionais em segurança.

Antibióticos podem diminuir a eficácia de pílulas anticoncepcionais?

Os efeitos dos antibióticos sobre pílulas anticoncepcionais podem ser exagerada – exceto no caso de um antibiótico: o rifampicina. Estudos mostram claramente que a rifampicina diminui a eficácia das pílulas anticoncepcionais para evitar a ovulação. No entanto, o rifampicina não é amplamente utilizada hoje em dia.

Como calcular o período fértil?

Existem alguns aplicativos que ajudam a calcular o período fértil. Naturalmente, podem não ser 100% das vezes eficazes.  Clique aqui para conferir »» Como calcular o período fértil para engravidar?

Fontes:

https://www.hhs.gov/opa/pregnancy-prevention/hormonal-methods/birth-control-pills/index.html

https://medlineplus.gov/druginfo/meds/a601050.html