10 Coisas que Você Precisa Comprar Para o seu Novo Bebê

Se você vai ter um bebê pela primeira vez, acaba percebendo novidades nos comércios por aí e certas pessoas opinam sobre o que se deve comprar para o seu novo bebê. Porém, certas coisas podem ser compradas sem necessidade, até porque só serão utilizadas após os 3 ou 4 meses, e quando o recém-nascido chegar você poderá notar a ausência de itens essenciais que devem fazer parte de seu enxoval.

Veja a seguir 10 coisas essenciais que você precisa comprar para o seu novo bebê:

10 Coisas que Você Precisa Comprar Para o seu Novo Bebê

1) Roupinhas

Os bebês crescem muito rápido a cada mês e muitas roupas serão perdidas. Porém, para um recém-nascido, é essencial você comprar pelo menos:

  • 5 bodies de manga longa e 5 de manga curta;
  • 5 macacões;
  • 5 pares de meias;
  • 5 calças;
  • 2 casaquinhos.

2) Fraldas

É óbvio que qualquer recém-nascido necessita de fraldas específicas para o seu tamanho por pelo menos 15 dias. Não há a necessidade de comprar tantas fraldas para recém-nascido. Além disso, muitas mães acabam ganhando fraldas dos outros tamanhos (P, M, G, GG) em chás de bebê, por exemplo, o que já facilita e reduz o gasto com este item principal. Você vai precisar comprar:

  • 3 ou 4 pacotes de fraldas para recém-nascido é o ideal;
  • Fraldas de pano também podem ser úteis para colocar embaixo do bebê quando for realizar a troca das fraldas descartáveis, evitando que escape algum xixi.

3) Kit de higiene para banho e cuidados com a pele

Na chegada de seu novo bebê, você precisará cuidar de suas necessidades na hora do banho e manter sua pele saudável. Então você terá que comprar:

  • Sabonete líquido e neutro próprio para bebês;
  • Shampoo específico para bebês (testado dermatologicamente e que não arda os olhos);
  • Escova e pente de cerdas naturais;
  • Escova de dente para limpar a gengiva do bebê após a alimentação;
  • Talco (a versão líquida do talco é ótima para prevenir assaduras nas dobrinhas do bebê);
  • Colônia e óleo de bebê;
  • Algodão e cotonetes;
  • Lenços umedecidos;
  • Creme para assaduras;
  • Tesourinha sem pontas para cortar as unhas do bebê;
  • Pelo menos 2 toalhas de banho.

4) Banheira

Você precisará comprar uma banheira e dar banho no seu bebê em um local quentinho e sem corrente de ar. Para evitar dores nas costas toda vez que você der o banho, banheiras com base ou suporte são bem úteis, te deixando mais confortável. Você também pode comprar um termômetro para banho a fim de verificar a temperatura da água da banheira, evitando machucar a pele do bebê.

5) Berço

O berço é essencial para seu bebê ter bons momentos de sono. As versões desmontáveis podem ser úteis, já que você pode levar à casa de outras pessoas ou colocá-lo em outro cômodo da casa, caso você more em um sobrado, por exemplo. Você também pode comprar para o berço:

  • Colchonete de berço mais confortável (pois muitas versões das que já vem no berço são muito finas);
  • Em torno de 4 jogos de lençol;
  • 2 cobertores de berço;
  • 2 mantas.

6) Bebê conforto

O bebê conforto é primordial para a segurança de seu filho, principalmente se você pensa em sair da maternidade de carro. Comprar uma base para fixar o “bebê conforto” no banco de trás do automóvel será também necessário, apesar de muitos já virem com esta opção. Há versões de bebê conforto que, retirando sua base, vira um “moisés”, ou seja, uma cestinha onde o bebê fica totalmente deitado.

7) Carrinho de passeio

Um carrinho de passeio será extremamente útil para transportar seu bebê. É de fácil utilização e ideal para as facilidades do dia-a-dia. Há carrinhos que já vem com o “bebê conforto”, onde este fica dentro do assento do carrinho, outros que possuem assentos com diversas posições, cobertura para proteção do sol e chuva, cesto para colocar as coisas do bebê, etc. Escolha aquele que for do seu agrado e necessidade, e prefira os que têm freios para maior segurança ao deixar o carrinho parado.

8) Bomba de tirar leite

Às vezes, pode acontecer de você produzir mais leite do que seu bebê pode sugar. Então para evitar inflamar os canais por onde o leite sai e empedrá-los, compre uma bomba de tirar leite. Além disso, este item é útil no caso de outra pessoa, como seu marido ou avós, querer alimentar o bebê ou também quando você estiver ausente.

9) Kit alimentação

Na hora das refeições é necessário possuir itens essenciais que estejam de fácil acesso, contribuindo na boa alimentação do seu bebê. Você precisa comprar:

  • Mamadeira pequena e uma média;
  • Escova de mamadeira;
  • Pinça para pegar a mamadeira quente e não se queimar;
  • Toalhinhas de boca e muitos babadores para o bebê;
  • Jogo de talher;
  • Pratos para papinhas.

10) Kit de primeiros socorros

Principalmente para mães de primeira viagem, é importante fazer um kit com itens necessários para primeiro socorros. Você pode comprar:

  • Termômetro para verificar a temperatura do bebê;
  • Álcool em gel ou antisséptico (para limpar o coto umbilical);
  • Bolsa de água quente (principalmente para quando o bebê tiver cólicas);
  • Soro fisiológico para a limpeza dos olhos e nariz;
  • Analgésicos em gotas (não usar sem consultar o médico);
  • Gaze e esparadrapos;
  • Seringas, conta-gotas ou copinho medidor caso necessite dar algum medicamento líquido que venha sem esses itens.

10 Coisas que Você Precisa Comprar Para o seu Novo Bebê

Fonte:

http://www.inhabitots.com/10-things-you-should-buy-for-your-new-baby/

Cólica no Bebê – O que precisa fazer?

Quando você é mãe ou pai de primeira viagem, pode ser um grande desafio ter um bebê que está sempre com cólica. Saiba que é normal e comum sentir raiva ou ressentido ou um pouco irritadiço. Você não é um mau pai ou mãe se sentir assim, portanto, não se sinta culpado. Todo mundo tem esses sentimentos em diversos momentos. Os amigos e a família sempre tentam ajudar, mas o que é cólica no bebê e como tratar?

O que é cólica?

O termo se aplica a qualquer criança saudável, que chora mais de 3 horas por dia, mais de 3 dias por semana, por mais de 3 semanas. A cólica no bebê é provável que comece em torno da idade das 2 semanas ou mais tarde, se for prematuro e quase sempre vai embora por conta própria por volta dos 3 ou 4 meses.

O que provoca a cólica no bebê?

cólica no bebê

A causa exata da cólica no bebê é desconhecida. Algumas teorias sobre o que está por trás disso incluem:

  • Um sistema digestivo em crescimento
  • Gazes
  • Hormônios que causam dor de estômago
  • Hipersensibilidade ou superestimulação pela luz, ruído, etc.
  • Um sistema nervoso ainda em desenvolvimento

Lembre-se, há muitas coisas que podem parecer com a cólica, mas não são. Se você estiver preocupado com seu bebê, o médico pode fazer um exame completo para descartar uma causa médica do porque o bebê chora e é agitado.

Ele poderia estar irritadiço por causa de:

  • Uma infecção
  • Problemas de refluxo ácido do estômago
  • Pressão ou inflamação do cérebro e do sistema nervoso
  • Problema no olho como um arranhão ou aumento da pressão
  • Arritmia cardíaca
  • Lesão de ossos, músculos ou dedos

Como tratar as cólicas

cólica no bebê - massagem

Baby receiving massage

Com base nas necessidades do seu bebê, o seu médico pode ajudar. Você provavelmente vai ter que tentar uma coisa de cada vez para ver se ele se acalma. Se isso não acontecer em poucos dias, passe para outra alternativa.

1- Leite materno: geralmente, não é uma causa da cólica, mas pode causar irritação. Se você acha que pode ser a causa do choro do seu bebê, fale com seu pediatra para ver se o bebê está pegando bem o peito.

2- Ajude-o a engolir menos ar: tente uma garrafa especial destinada a reduzir o gás ou um mamilo com um buraco menor. Sente-o enquanto ele mama, assim ele engole menos ar. Lembre-se de arrotar durante e após as mamadas.

3- Caminhada: movimento ajuda os bebês a acalmar. Andar por aí com seu bebê no colo ou em um canguru ou algum outro modelo de sua preferência, mas é importante que ele fique perto de seu corpo. O calor e ritmo podem ajudá-los a dormir.

4- Segure e balance ou o coloque em um balanço ou carrinho de criança. O movimento suave pode parar as lágrimas.

5- Muitos bebês respondem bem ao zumbido suave de uma máquina, como secadora ou ventilador.

6- Você também pode tentar música ao lado do berço.

7- Luzes brilhantes e sons podem sobrecarregar um bebê com cólica. Seu bebê pode se acalmar, se você:

  • Colocá-lo nas costas em um quarto escuro e silencioso
  • Colocá-lo confortavelmente em um cobertor
  • Por em seu colo e esfregar suavemente suas costas
  • Tente massagem infantil
  • Coloque uma garrafa de água morna na barriga do seu bebê
  • Mergulhe-o em um banho morno

8- Dar um tempo:

Cólica não é apenas difícil para o seu bebê. Ele pode desgastá-lo, também. Quando a pressão de tentar acalmar o seu bebê chorando começa a ser demais, o deixe com uma babá, membro da família ou amigo de confiança e saia de casa.

Mesmo se você apenas fizer uma caminhada ou uma pausa, alivia um pouco o estresse. Quando ninguém está por perto para ajudar, não há problema em deixar o seu bebê no berço ou cercadinho e ir para outro quarto brevemente até que você se recomponha.

Se tudo isso falhar, fixe-o em seu assento de carro e vá para um passeio. Apenas certifique-se que você não está tão cansado que é inseguro para dirigir.

Chame o seu médico se o seu bebê:

  • Tem diarreia, especialmente, se houver sangue
  • Não comer ou ganhar peso
  • Tem uma febre
  • Vômitos
  • Parece menos alerta ou mais sonolento do que o habitual

 

3 Dicas para se Organizar e Otimizar Tempo

Se tem uma coisa que incomoda muita gente nos dias atuais é a falta de tempo. É tanto trabalho, estudos, cuidados com a casa e a família que muitas vezes começamos a atropelar as coisas e não terminamos nenhuma delas. Dessa forma, precisamos nos organizar para que o tempo torne-se nosso aliado e não inimigo. É essencial você se organizar para ser mais produtivo na sua rotina.

Siga estas 3 dicas e dê o primeiro passo para otimizar tempo e trabalhar de forma eficiente:

1. Fazer uma coisa de cada vez

otimizar tempoUm dos maiores erros que muita gente comete, é tentar fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Para facilitar, vou usar o exemplo de mim mesma: imagino se eu tentasse escrever posts, programar posts na page, postar no insta, escrever meu relatório de estágio e ler o livro que o prof indicou em apenas 2 horas. É óbvio que os posts sairão mais ou menos, o relatório ficará péssimo e a leitura será bem por cima. Por isso, tenha uma lista de prioridades. Pois você terá que aplicá-la sempre! Tanto em casa, quanto no trabalho.

Faça o seguinte: Tenha um bloquinho/agenda só para as tarefas do dia, e vá riscando cada uma enquanto for fazendo. Isso trará uma sensação de produtividade e bem estar, consequentemente, você executará as tarefas de forma mais leve e prazerosa, e sabe o que mais? Quando se faz algo em bem, se sentindo tranquilo sem se apressar, ele termina mais rápido!

2. Não deixe as coisas para a última hora

otimizar tempo

Tá aí outro erro grotesco que muita gente comete: “Vou fazer amanhã”, e este amanhã nunca chega. Muitas vezes, essa mesma pessoa tem tempo no momento, mas não fará a tarefa, pois “é pra semana que vem”, “ainda tenho tempo”. Uma coisa: Não, você ainda não tem tempo. Você tem tempo agora, pode ser que amanhã não terá mais.

Portanto, assim que receberes uma tarefa, adicione-a a sua lista, levando em consideração sempre o que precisa ser entregue primeiro no topo e o que há mais tempo no final. Mas não esqueça deste item, simplesmente, em um momento, a hora dele chega. O quanto antes fizer melhor!

Não se engane com o calendário, só porque ele diz que faltam cinco dias você deixará só para o último dia. Geralmente, você fará extremamente forçado, sairá uma porcaria e você ainda ficará insatisfeito.

3. Mantenha seu home office organizado

shutterstock_157625327

De nada adianta todos os itens anteriores se sua mesa/gaveta/armário forem desorganizados. Pois, aí é o mesmo que eu colocar na minha lista: Ler o livro que a prof indicou, e eu ter que procurar este livro em um milhão de trecos.

Mas, como manter essa organização? Semanalmente, jogue fora papéis inúteis; mantenha a papelada organizada em pastas nomeadas; mantenha limpo o local; tenha uma agenda de alcance rápido; canetas também devem estar visíveis; entre outros. Ou seja, além da organização da mesa ajudar na hora de achar algum item, também faz bem a saúde! Nos sentimos mais satisfeitos conosco, é sério!

 

Fontes:

http://www.mollymaid.com/cleaning-institute/save-time.aspx

5 Dicas e curiosidades sobre perfume

Muita gente acredita que para o perfume ter o seu efeito, basta borrifá-lo em qualquer parte do corpo. Mas, não é bem assim que funciona, existem truques e pontos estratégicos que potencializam ainda mais seu efeito e prolongam a duração da sua fragrância. Confira a lista.

1. Devemos aplicá-lo onde há maior corrente sanguínea

Muita gente acredita que aplicar atrás dos pulsos, atrás do joelho, na nuca e atrás da orelha são pontos estratégicos. Mas você sabe o por quê? Esses pontos são escolhidos por possuírem maior corrente sanguínea e, desta forma, o perfume é absorvido para dentro de nossas veias, espalhando-se pelo corpo e inalando seu aroma por mais tempo.

2. Quantidade para o dia e para a noite

O ideal é que optemos por uma quantidade diferente de dia, enquanto trabalhamos, ou a noite, quando vamos àquele evento badalado. Durante o dia é interessante passá-lo apenas em dois pontos, por exemplo, na nuca e nos pulsos, sempre borrifando uma só vez em cada área.  Já durante a noite, podemos “abusar” um pouquinho mais, aplicando em mais áreas, porém, seguindo a ideia de um borrifo por ponto escolhido.

3. No verão

Precisamos ter um maior cuidado durante esta estação, utilizando perfumes mais suaves, sem exagerar na aplicação, já que o calor e o suor podem provocar efeito contrário e a fragrância adquirir um aroma desagradável.

4. Duração das fragrâncias

Normalmente, uma fragrância dura cerca de quatro horas na pele, por isso, é ideal reaplicá-la de três a quatro vezes por dia. Dependendo da marca do perfume a fixação na pele pode ser maior, além disso, alguns fatores influenciam neste quesito, como: exposição do frasco à luz do sol.

5. Diferença entre colônia e perfume

A diferença nada mais é do que a concentração da fragrância de ambos: a colônia possui menos concentração que o perfume, por isso, um torna-se mais “fraco” que o outro.