10 Dicas Eficientes para Falar Bem em Público

Você já sentiu ansiedade diante de uma apresentação na escola, ter que fazer uma leitura em voz alta para uma sala cheia ou falar em público? Com certeza sim.

O medo de falar em público é algo que acompanha qualquer pessoa em algum momento de sua vida. E esse medo vem acompanhado de diversas sensações, como coração acelerado, suor das mãos, tremedeira, perda de memória, etc, que não são tão prazerosos de sentir.

Confira agora estas 10 dicas eficientes para falar bem em público:

10 Dicas Eficientes para Falar Bem em Público

1) Pratique sua fala em voz alta e diante de um espelho

Antes de enfrentar uma platéia cheia, pronuncie todo seu discurso em voz alta do começo ao fim. Isso ajuda você a memorizar e rever se falta algum ponto. Você pode treinar sozinho diante de um espelho a fim de observar bem sua postura, como pronuncia as palavras, suas expressões faciais e gestos.

Caso não se sinta tão nervoso, faça um teste apresentando seu discurso para um grupo pequeno de pessoas que você se sinta mais à vontade, como familiares e amigos próximos. Assim, eles poderão te dar um retorno de como você se saiu e novas ideias para ajudar na sua apresentação. Ou até faça uma gravação de sua fala e escute-a para possíveis revisões.

2) Respire de forma correta

Uma boa apresentação inicia com uma boa respiração, a fim de pronunciar melhor os sons das palavras sem haver gagueira e perda de memória. Respire profundamente e solte o ar devagar pelo nariz ao falar. Evite falar frases muito longas sem respirar ou acelerar a fala para não se cansar.

Treine essas técnicas de respiração anteriormente. Caso contrário as pessoas podem achar que você está ansioso, inseguro e ofegante.

3) Estude bastante o conteúdo de sua apresentação

É essencial saber o assunto que se quer falar e que tipo de público você irá se apresentar. Ao treinar anteriormente, leia todo seu discurso e depois deixe o papel de lado e fale sem ler nada. Isso ajuda na memorização das palavras, esclarece as ideias e desenvolve seu vocabulário.

Acabar com o zumbido no ouvido

Estude também possíveis respostas para perguntas que o público poderá fazer acerca do assunto. Busque outras fontes, livros, revistas e matérias na internet sobre o que vai falar. Uma boa preparação evita possíveis falhas de execução e não deixará você sem saber o que responder para seu público.

4) Organize seu discurso

Toda apresentação deve ter seu início, meio e fim. Organize o que você vai falar sempre conectando uma fala na outra. Evite falar sobre um assunto no começo e completá-lo só ao final. Claro que algumas ideias ressurgem em um debate ou em um questionamento do público, mas se você não ligar uma ideia na outra, vai parecer artificial ou que não sabe do que está falando.

Primeiramente, cumprimente o público e se apresente. Fale rapidamente sobre você e qual é o seu objetivo ali. Depois, vá desenvolvendo o conteúdo do tema abordado passando informações encontradas. Após isso, mostre quais as conclusões você tem sobre o tema e o que quis transmitir com ele. E por fim, deixe aberto ao público possibilidades de tirar dúvidas ou mostrar sua opinião. Esse é o melhor retorno que você pode ter sobre seu discurso.

5) Utilize recursos de apoio

Contar com a “sorte” de que a memória vai funcionar o tempo todo na apresentação não é uma boa ideia. Além disso, um discurso baseado somente em palavras fica cansativo e o público pode não mostrar interesse. As pessoas gostam, além de ouvir, visualizar imagens ou vídeos sobre o tema abordado.

Utilize, por exemplo, slides, fotos ou vídeos curtos para exemplificar o que você quer transmitir. Isso faz com que o público mantenha o foco nesses recursos e você possa dar uma respirada e uma aliviada na tensão, já que todos os olhares estavam focados em você. Além disso, ajuda você a recordar alguma informação ao visualizar a sequência dos tópicos nos slides.

6) Preste atenção nos seus gestos

Quando estiver se apresentando em público, sempre preste atenção no seu corpo como um todo: sua respiração, sua postura, a clareza com que as palavras saem, seus gestos e expressões faciais. O excesso ou falta de gestos fará com que você não tenha a atenção necessária.

Ande de forma calma entre um lado e outro para manter a atenção das pessoas, seja cauteloso nos gestos com as mãos, respire devagar e pausadamente, busque olhar de um lado a outro para mostrar que você também está atento a todas as pessoas presentes.

7) Aja naturalmente

Se você se mostrar de forma artificial, o público poderá duvidar do que está falando. Falar baixo demais ou para dentro demonstra insegurança. Você deve acreditar fortemente naquilo que está falando e mostrar ao público que eles também podem acreditar.

Procure falar de forma natural e espontânea a fim de mostrar que você sabe do que está falando. Mesmo que você esqueça alguma informação ou erre sobre algo, mantenha-se tranqüilo e natural. Não tente imitar a forma como uma outra pessoa fala. Você tem seu próprio jeito de falar e é isso que o público está interessado em ver.

8) Fale pausadamente e com clareza

Falar rápido demais ou muito devagar fará com que o público peça para você repetir as informações ou fique entediado. Uma boa comunicação levará a um bom entendimento do seu discurso.

Acabar com o zumbido no ouvido

Fale sempre de forma pausada, respeitando sua respiração, e com clareza, transmitindo as informações sem que haja rodeios ou repetição de ideias. Tenha um tom de voz firme, com entusiasmo e energia, que demonstra veracidade nas informações.

9) Olhe para o seu público

Como já foi citado, é importante utilizar recursos como slides, imagens ou vídeos para esclarecer as idéias e deixar a apresentação mais dinâmica. Mas se você só fizer seu discurso olhando para estes recursos sem ter contato visual direto com o público, vai parecer nervoso ou que não está interessado nas pessoas que estão ali ouvindo.

Preste atenção em todos, de um lado a outro, volte sua atenção aos slides e novamente para o público, e veja a reação que as pessoas estão tendo diante de sua fala. Assim, você terá um retorno de sua apresentação, se está interessante ou não.

10) Demonstre tranquilidade

É sempre desconfortante ver o público perceber que você está nervoso ou tremendo, e não prestar atenção na sua fala. O nervosismo faz parte de qualquer apresentação, mas é importante não transparecer essa sensação às pessoas.

Para não demonstrar que está ansioso, fale com bom humor e com tranquilidade, de forma controlada, para convencer o público de que está tudo bem, dar mais credibilidade e manter sua atenção com mais facilidade.

Fonte:

http://www.techrepublic.com/blog/10-things/10-easy-ways-to-improve-your-public-speaking/


Mariana de Andrade

Psicóloga E-mail: mary.drad@yahoo.com.br