Memória de Curto e Longo Prazo: Como Funcionam?

Memória de Curto e Longo Prazo

A memória é a capacidade psíquica de armazenar informações através de fatos e experiências obtidas ao longo da vida. Ela resulta das conexões realizadas entre nossos neurônios e está relacionada à aprendizagem de novos conhecimentos que são retidos no cérebro.

Assim, é a memória que nos dá a sensação de continuidade da qual depende nossa própria noção de existir no mundo. Os pesquisadores dividem a memória em unidades gerenciáveis, como a memória de curto prazo e de longo prazo, que se referem ao tipo de armazenamento de informações. Veja a seguir a diferença entre memória de curto e de longo prazo:

1) Como Funciona a Memória?

Memória de Curto e Longo Prazo

1.1) Primeiro

Existe informação por toda parte. Constantemente existe algo chamando nossa atenção. Se não existe nenhum filtro, nosso cérebro irá absorver muita coisa de que não precisamos. Este filtro se chama codificação que tem como função, escolher o que entra e o que fica fora de nossa mente.

1.2) Segundo

Tudo que inicialmente damos um certo nível de atenção, passa pelo lobo frontal que é a memória de curta duração ou memória operacional.  Armazenamento é a parte responsável por armazenar dados, podendo ser de curto ou longo prazo. Por exemplo: reter o nome daquela pessoa nova que você conheceu ou lembrar quem é o atual presidente de nosso país;

1.3) Terceiro

O lobo frontal, responsável por essa memória “transitória”, tem capacidade limitada. Tudo que imprimimos mais relevância, ou seja, damos mais atenção, sai do lobo frontal e vai para o hipocampo, memória permanente.

As informações no hipocampo podem ser acessadas a qualquer momento. São aquelas que realmente tiveram uma atenção maior. Fica consolidado para que possamos usar, como aprender um idioma.

1.4) Quarto

É importante saber que o cérebro não “salva” informações como em um HD de computador. O que o cérebro registra são sensações. Os dados passaram por um processo chamado sinapse, como explicamos no artigo 5 Dicas Para Memorizar Novas Informações, que funciona basicamente por “repetição”.

Acabar com o zumbido no ouvido

Para memorizar algo é necessário foco. Mantenha a concentração e irá conseguir imprimir a atenção necessária para conseguir memorizar de forma permanente determinada informação.

2) Como Funcionam a Memória de Curto e Longo Prazo?

2.1) O que é memória de curto prazo?

A memória de curto prazo, também chamada de memória de operação, é quando armazenamos uma informação por alguns segundos, ou seja, consiste em memórias que são armazenadas por apenas alguns segundos.

Vamos supor que você acabou de conhecer uma pessoa chamada Maria. Um amigo chega e pergunta se você já conheceu Maria. Você logo recupera o nome dela rapidamente, em um ou dois segundos. Isso é memória de curto prazo, pois a recuperação da informação ocorreu apenas em alguns segundos.

A memória de curto prazo funciona conforme dois tipos de codificação, a fonológica (que armazena informações brevemente em um código acústico, ou seja, auditiva, por sons) e a visual (que armazena brevemente informações em um código visual ou espacial, ou seja, por imagens).

2.2) O que é memória de longo prazo?

A memória de longo prazo é quando armazenamos uma informação por intervalos mais longos, por muitos minutos ou anos para que seja resgatada a qualquer momento, ou seja, está envolvida quando a informação precisa ser armazenada por intervalos curtos quanto alguns minutos (como algo dito anteriormente em uma conversa) ou durante uma vida inteira (como as memórias de infância de um adulto).

Vamos usar o mesmo exemplo da memória de curto prazo sobre conhecer Maria. Caso você a encontre outras vezes depois, por exemplo, daqui uma semana, e logo você se lembrar do nome dela, isso é memória de longo prazo, pois a recuperação da informação ocorreu horas, dias ou meses depois que o nome “Maria” foi codificado e armazenado.

A informação da memória de longo prazo geralmente é codificada conforme o seu significado. Assim, quanto mais significativas forem as informações lembradas, melhor será a memória delas.

3) Como melhorar a memória?

Durante nossa vida, já tivemos experiências de não conseguir lembrar algum fato e depois vê-lo surgir na mente. Quantas vezes você já fez uma prova e não conseguiu se lembrar de um nome específico, lembrando-se dele só depois da prova? Ou quando uma palavra está na “ponta da língua” e não consegue lembrá-la?

Porém, saiba que a memória de curto prazo pode ser transformada em longo prazo através de ensaio, que é a repetição consciente de informações na memória de curto prazo, posteriormente gravadas na memória e transferidas para a memória de longo prazo. Assim, quanto mais você reproduzir uma informação, mais ela será relembrada posteriormente e gravada até mesmo por anos.

Acabar com o zumbido no ouvido

Outras dicas de como melhorar a memória são:

  • Busque associar a informação que você quer lembrar a uma imagem, como alguma pessoa ou coisas (objetos, por exemplo).
  • Faça exercícios mentais, como, por exemplo, mudando o caminho para o trabalho, fazendo palavras-cruzadas, aprendendo a tocar um instrumento musical, uma nova língua etc.
  • Tenha uma alimentação balanceada, com muitos vegetais e alimentos ricos em vitamina E (sementes e óleos vegetais), ômega 3 e 6 (como peixes) e ácido fólico (como feijão).
  • Evite o álcool, cigarro e outras drogas, que trazem prejuízo cognitivo.
  • Faça exercícios físicos, pois são importantíssimos para manter o cérebro em ordem, liberando substâncias necessárias ao bom funcionamento do organismo, como a função cardiovascular, aumento do fluxo sanguíneo e das conexões realizadas pelo cérebro.
  • Tenha uma boa noite de sono, pois se recupera as informações do cérebro e evita os males causados pelo estresse. Além disso, faça atividades que sinta prazer e que possibilita o bom humor.
  • Tenha uma vida social ativa, pois o contato com outras pessoas mantem, além da boa qualidade de vida, uma boa memória, principalmente na velhice (geralmente os idosos preferem se isolar ao manter amizades, e conexões com outras pessoas é muito importante).

Leia também »» 10 Super Alimentos que Melhoram a Memória

Veja este vídeo interessante do canal Nerdologia sobre a memória (5:25):

Fonte:

https://www.unforgettable.org/blog/short-term-vs-long-term-memory-loss-whats-the-difference/


Mariana de Andrade

Psicóloga E-mail: mary.drad@yahoo.com.br