Tudo Sobre AAS – Ácido acetilsalicílico (Aspirina)

AAS (Ácido Acetilsalicílico)

Acido acetilsalicílico (Aspirina), também conhecido pela sigla AAS, é um medicamento com propriedades anti-inflamatórias não esteroidais, atuando na inflamação, dor, e febre. Sua ação principal ocorre na inibição de substâncias mensageiras da dor, proporcionando o alivio da dor.

1) Como usar o ácido Acetilsalicílico?

É possível encontrar Aspirina na forma de comprimido, com dosagem de 85 a 500mg para adultos. Geralmente, as embalagens contêm cerca de 10 a 100 comprimidos.

  • Adulto: Tome 1 comprimido de 4 á 6 horas. Para as crianças, os comprimidos têm a dosagem de 100mg.
  • Criança: Tome 1 comprimido de 4 á 8 horas. É importante tomar qualquer medicamento no horário estabelecido por seu médico.

2) Para que serve?

O AAS serve para tratar principalmente:

  1. Dor de garganta.
  2. Dor de cabeça.
  3. Dor de dente.
  4. Dor nas costas.
  5. Cólicas menstruais.
  6. Dores nas articulações e da artrite;

3) As 10 principais contraindicações:

1) Pacientes alérgicos ao AAS ou a outros medicamentos da mesma classe. Em caso de dúvida quanto ao histórico alérgico, consulte seu médico.

2) Pacientes que apresentaram crises de Asma induzidas pelo AAS ou por outros medicamentos com ação semelhante, como outros anti-inflamatórios não-esteroidais.

3) Pacientes com úlcera de estômago ou do intestino.

4) Pacientes com tendências a sangramentos.

Acabar com o zumbido no ouvido

5) Pacientes com insuficiência renal grave.

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

6) Pacientes com insuficiência hepática grave.

7) Pacientes com insuficiência cardíaca grave.

8) Pacientes em tratamento com metotrexato em doses iguais ou maiores a 15 mg por semana.

9) Pacientes que estejam no último trimestre de gravidez.

10) Pacientes com suspeita de dengue.

4) Mulheres grávidas ou amamentando podem utilizar o AAS?

  • 1º e 2º trimestre de gravidez: só deve ser utilizado sob recomendação médica.
  • 3º trimestre de gravidez: o uso é contraindicado, podendo causar sérios prejuízos ao bebê e a mãe.
  • Mulheres que estão amamentando: o AAS e seus metabólitos passam para o leite materno, desta forma, consulte seu médico antes de utilizá-lo.

5) Dengue X AAS

O uso do AAS em pacientes com dengue pode causar sangramento (hemorragia). No caso da versão hemorrágica da doença a ingestão do AAS pode causar até a morte. Por essa razão, se você sentir algum sintoma semelhante ao da Dengue, como dor no corpo e febre, os quais são comumente confundidos com os sintomas de gripes e resfriados, não trate com o AAS e procure orientação médica.

6) Posso tomar o AAS com outros medicamentos?

O AAS pode interagir com outros medicamentos e causar reações indesejáveis. Caso você utilize um dos medicamentos abaixo, consulte seu médico antes de fazer uso do AAS:

  • Metotrexato.
  • Anticoagulantes.
  • Antiagregantes plaquetários.
  • Ácido valpróico.
  • Inibidores seletivos de recaptura da serotonina.
  • Anti-inflamatórios não esteroidais.
  • Digoxina.
  • Antidiabéticos (medicamentos que diminuem a taxa de açúcar no sangue).
  • Corticosteroides sistêmicos.
  • Diuréticos e hipotensores.
  • Benzobromarona e probenicida.

7) As 5 principais reações adversas que o AAS pode causar:

AAS - Ácido acetilsalicílico (Aspirina)

Acabar com o zumbido no ouvido
  • Distúrbios gastrintestinais
  • Aumento do risco de sangramento
  • Anemias
  • Reações alérgicas
  • Tontura e zumbido

No caso do aparecimento de qualquer reação adversa você deve procurar atendimento médico para avaliação.

8) Preço do Ácido Acetilsalicílico

O preço varia de 1 a 45 reais dependendo da marca e da quantidade de comprimidos.

Lembre-se sempre:

  • Informe ao seu médico ou cirurgião dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
  • Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico sobre o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do Ácido Acetilsalicílico
  • Em caso de dúvidas procure orientação do farmacêutico, médico ou cirurgião-dentista.
  • Não desaparecendo os sintomas procure orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Fontes:

Bula para o paciente – Aspirina 500 mg

http://consumerhealth.bayer.com.br/html/bulas/publico_geral/aspirina500mgPaciente.pdf

Farmacêutica Especializanda em Assistência Farmacêutica Hospitalar Instituto Central do Hospital das Clinicas de Sao Paulo.