O que é Cetoconazol?

Cetoconazol

O Cetoconazol é um remédio utilizado para o tratamento de doenças fúngicas – aquelas infecções ocasionadas por fungos – Com mais de 30 anos no mercado, a droga pode ser encontrada em quatro opções adaptadas de acordo com cada problema:

  1. Comprimidos.
  2. Creme.
  3. Pomada.
  4. shampoo.

A contraindicação do remédio, normalmente, é direcionada à pessoas que possuem doenças hepáticas. Tanto para casos agudos quanto crônicos, já que a metabolização do medicamento é feita no fígado.

Também é contraindicado para pessoas hipersensíveis a qualquer substância presente no medicamento, além das mulheres grávidas com risco C ou no período de amamentação, já que pode interferir e prejudicar o desenvolvimento da criança.

Caso você esteja fazendo tratamento com o remédio é importante manter separados roupas, toalhas, lençóis, cobertores, a fim de evitar contaminação. No caso do tratamento com a pomada ou creme de cetoconazol é importante não reutilizar os acessórios.

1) Para que serve o Cetoconazol?

Como mencionado anteriormente, o Cetoconazol é utilizada para tratamento de doença de origem fúngicas. Dentre as principais estão:

Acabar com o zumbido no ouvido
  • Candidíase ocular.
  • Candidíase osteoarticular.
  • Tinea corporis.
  • Tinea cruris.
  • Pé de atleta.
  • Candidíase vaginal.
  • Candidíase disseminada.
  • Pano branco.
  • Caspa.
  • Micoses.
  • Dermatite seborreica.

2) Como tomar o Cetoconazol?

A administração do medicamento pode ser feita por comprimidos, creme, pomada ou shampoo. Desta forma, os cuidados com a utilização do cetoconazol variam de acordo com cada caso. É importante, principalmente, não ingerir álcool durante o tratamento, a fim de evitar a acidez no estômago.

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

Lembre-se que, na maioria dos casos, o tratamento dura, em média, 15 dias. Após este período, procure um médico especialista, para que ele possa realizar uma nova orientação.

Esteja atento, principalmente, para a ingestão feita por comprimidos, tendo em vista que os problemas do fígado podem ter uma manifestação mais intensa. Esse é um dos principais motivos pelo qual o acompanhamento médico deve ser feito após o período de tratamento.

3) Efeitos Colaterais

cetoconazol

Dentre os principais efeitos colaterais do uso do Cetoconazol, estão: enjôo, náusea, vômito, dor abdominal e diarreia. Contudo, alguns outros sintomas podem ser apresentados, dentre eles temos:

  • Dor de cabeça, tontura.
  • Sensibilidade à luz forte.
  • Sensação de formigamento nos dedos das mãos e dos pés.
  • Diminuição no número de plaquetas.
  • Inchaço das mamas.
  • Impotência masculina.
  • Distúrbios menstruais.
  • Falta de apetite.
  • Náusea.
  • Vômito.
  • Dor abdominal.
  • Urina escura.
  • Fezes claras.
  • Pele amarelada.
  • Cansaço anormal e/ou febre.

Há também a possibilidade de que o paciente desenvolva uma sensibilidade ao remédio, também denominado de alergia, apesar de ser raro. Caso ocorra, os principais sintomas são vermelhidão da pele ou urticária, coceira, sensação de falta de ar ou inchaço no rosto.

Acabar com o zumbido no ouvido

Caso você esteja sentindo essa sensibilidade, o primeiro passo é parar de utilizar o medicamento e procurar o médico. Se além dos sintomas que foram citados você apresentar problemas respiratórios, procure uma emergência.

Se estiver fazendo uso do medicamento do tipo shampoo, os sintomas podem ser:

  • Queda de cabelo.
  • Irritação.
  • Mudança na textura do cabelo.
  • Coceira.
  • Pele seca.
  • Pele oleosa.
  • Feridas no couro cabeludo.

Ler a bula do medicamento antes de fazer o uso é um modo de evitar ingerir algo que provoque reação alérgica e também ajuda você a conhecer os possíveis efeitos colaterais. Além disso, converse com seu médico para esclarecer todas as dúvidas.

Fonte:
http://www.medicinanet.com.br/bula/8069/cetoconazol.htm

Farmacêutica Especializanda em Assistência Farmacêutica Hospitalar Instituto Central do Hospital das Clinicas de Sao Paulo.