Saiba Tudo Sobre o Coletor menstrual

Há um bom tempo, os coletores menstruais vêm se apresentando como uma opção popular para os absorventes tradicionais. Hoje em dia, eles são disponibilizados no mercado com marcas, preços e características variadas que buscam cada vez mais uma melhor adaptação de uso. No entanto, você sabe bem o que é o coletor menstrual? Ainda que seja um produto cada vez mais popular, muitas mulheres ainda possuem diversas dúvidas a respeito. Confira os tópicos a seguir para conhecer bem sobre essa opção:

1) O que é coletor menstrual

Como dito no início deste artigo, já fazem alguns anos que essa opção ao absorvente tradicional é comercializada, hoje em dia, novamente vem se tornando popular entre as mulheres, nem que seja só por boca a boca. A questão é que atualmente, com os avanços tecnológicos, existem muitas opções de maior adaptabilidade no mercado. Trata-se de um dispositivo constituído de silicone, algumas marcas oferecem materiais com até 100% de silicone. O formato se assemelha a uma pequena taça e ao ser introduzido no canal vaginal, o sangue da menstruação é coletado.

Algumas marcas variam nos tamanhos disponibilizados, enquanto algumas oferecem até 4 tamanhos, outras, comercializam apenas dois, um para mulheres que já tiveram filhos e outro para as que não possuem.

2) Como escolher?

Se tem o interesse pelo coletor menstrual e queira aderir ou pelo menos experimentar, é interessante reforçar que existe mais de um tamanho disponibilizado no mercado. Confira a seguir alguns aspectos capazes de influenciar na hora de adquirir finalmente o seu coletor menstrual:

A) Musculatura pélvica

Para uma musculatura forte, a adaptação pode ser melhor em tamanhos menores, já ao contrário, com uma musculatura mais fraca, os tamanhos maiores é mais recomendado. A idade e hábitos influenciam muito para a força da musculatura pélvica, geralmente jovens e pessoas que praticam exercícios físicos, possuem uma musculatura mais forte, ao contrário de idosos e pessoas que já possuem filhos.

Acabar com o zumbido no ouvido

B) Fluxo

A intensidade do fluxo influencia na escolha do coletor de forma significativa, isso porque um coletor menor para um grande fluxo pode representar a necessidade de esvaziar em intervalos menores de tempo. Dessa forma, escolher um que atenda ao seu tipo de fluxo menstrual, é o mais recomendado para que você tenha mais praticidade.

C) Colo do útero

A altura do colo do seu útero é um dos fatores determinantes para a escolha, isso porque algumas opções podem ser mais confortáveis para quem tem uma altura elevada e outras, para quem tem altura baixa do colo do útero. Para saber qual é a sua, lave bem as mãos e se posicione confortavelmente. Coloque o dedo indicador no canal vaginal e deslize para cima até sentir o colo do útero. Observe o quanto do dedo foi necessário introduzir, se foi até a primeira articulação, significa que seu colo é de baixa altura; passou da primeira articulação, indica que a altura é média e respectivamente, a partir da segunda articulação, ele é alto.

3) Como usar o coletor menstrual? 

Saiba Tudo Sobre o Coletor menstrual

Para que uma boa escolha seja tomada, sem dúvidas, é fundamental conhecer as formas de uso e claro, de higienização para ver se é o tipo de produto que condiz com suas preferências ou se é algo que apresentará uma grande adaptabilidade! É justamente o que você poderá conferir a seguir:

A) Como colocar?

Para o uso do coletor menstrual, basta dobrá-lo para que seu tamanho diminua e introduzi-lo cautelosamente na vagina, ao se abrir, ele ficará preso à parede vaginal. Para ter certeza de que está bem encaixado, você pode rodá-lo cuidadosamente. A posição correta, é próxima da entrada da vagina, por isso que a pontinha do coletor muitas vezes pode ficar um pouco para fora.

B) Como retirar?

A cada 8 ou 12 horas você deve retirar o coletor menstrual. Isso pode ser feito sentada no vaso sanitário, com as pernas bem abertas. Basta puxar sutilmente a parte final (a haste) do coletor até sua completa retirada. Para facilitar, também é possível inserir o dedo indicador pela lateral entre o coletor e a parede vaginal.

4) Saiba como fazer a higienização

1) Este é o último passo, após retirar, despeje o sangue no vaso e lave atenciosamente o coletor com bastante água e sabão próprio para região íntima.  No fim, seque com papel higiênico.

Acabar com o zumbido no ouvido

2) Em banheiros públicos, por exemplo, é possível driblar a dificuldade levando uma garrafinha de água para lavá-lo e secando posteriormente. Depois a limpeza e secagem adequada, o coletor pode ser usado normalmente.

3) Outro ponto importante para este tópico sobre higienização, é que antes e principalmente no final de cada ciclo, é recomendado realizar uma limpeza mais profunda. Para isso, basta colocar o coletor em água fervente e deixar de 4 a 5 minutos.

5) Prós e contras

Naturalmente, como qualquer produto a ser adquirido, os coletores menstruais contam com prós e contras, é algo a levar em consideração para quem deseja se arriscar um item tão importante como esse para o dia a dia feminino. Confira a seguir os pontos positivos e negativos dessa opção:

A) Conheça os prós

  • Material: naturalmente, o material vai depender do fabricante, porém, de forma geral, não favorece a proliferação de bactérias, algo que reduz o risco de infecções;
  • Sustentabilidade: O uso do coletor menstrual reduz a necessidade de aplicadores, embalagens plásticas e até mesmo de resíduos plásticos, o que contribui para o meio ambiente;
  • Praticidade: Enquanto o absorvente carrega a necessidade de ser substituído em intervalos curtos de tempo, os coletores precisam apenas de serem retirados e higienizados em um intervalo bem maior, de aproximadamente 8 a 12 horas;
  • Tempo de uso: o coletor menstrual pode ser usado por até 10 horas seguidas, algumas marcas, afirmam que pode-se chegar até 12 horas, essa indicação, naturalmente, vai variar conforme cada fabricante;
  • Durabilidade: O copinho pode durar 10 anos, alguns especialistas recomendam a troca a cada 2 ou 3 anos, mas cabe a cada mulher analisar sua preferência e necessidade de substituição;
  • Custo-benefício: O valor inicial pode soar caro – média de R$ 50,00 a R$ 120 – mas a longo prazo, sem dúvidas, ele é mais econômico, já que anula a necessidade mensal de comprar absorventes. Sem contar que existem embalagens que contém de 2 a 4 unidades, sendo mais vantajosas ainda.

B) Conheça os contras

  • Local para higiene: Caso a mulher passe o dia todo fora, o momento de retirar e lavar o coletor para reutilizá-lo pode ser uma desvantagem, afinal, é preciso fazer isso com privacidade;
  • Contato com o sangue: para colocar e retirar o coletor, o contato com o sangue pode ser maior e nem todas as pessoas se dão bem com esse tipo de proximidade;
  • Adaptação: Algumas mulheres podem estranhar o coletor, especialmente as que estão mais acostumadas com absorventes externos, porém, atualmente existem diversos modelos e marcas. Existem mais finos, maiores, menores e de diversas cores, aumentando assim a chance de você encontrar um com o qual se adapte.

6) Onde Comprar?

Clique aqui para acessar o produto na drogaria Drogasil.  O preço do produto é 89 reais e você poderá achar a descrição do produto no link ao lado.


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br