9 Principais Doenças do Sistema Digestório

9 Principais Doenças do Sistema Digestório

O sistema digestório, tal como os demais sistemas do organismo, guardam uma função de extrema importância: regular os líquido, nutrientes e excessos que serão expelidos pelo corpo. Não é por acaso que as principais doenças do sistema digestório estão entre as responsáveis pelas maior parte das taxas de mortalidade no Brasil.

Para situar quais são as principais delas, e como você pode se prevenir, preparamos uma lista com as principais doenças do sistema digestório. Sabendo suas causas, fica muito mais simples cuidar do corpo e buscar soluções saudáveis para o mesmo.

As 9 Principais Doenças do Sistema Digestório

9 Principais Doenças do Sistema Digestório

1) Prisão de Ventre

Também conhecida como “cólica estomacal”, a prisão de ventre é caracterizada por fortes dores na barriga, dificuldade para evacuar, e fezes duras, ocorridas fora do tempo regular. Entre os fatores que as causam, os principais são o sedentarismo, seguido de uma falta de alimentação rica em .

Sem uma alimentação rica em vegetais, ocorre o que chamamos de trânsito intestinal, que é a dificuldade de transição dos nutrientes e excessos a serem expelidos do organismo. Além de uma boa alimentação, é importante adicionar exercícios que estimulem o metabolismo, o que por consequência reforça o sistema digestório.

2) Apendicite

É uma inflação que ocorre no apêndice, órgão ligado diretamente ao intestino grosso. Essa inflamação costuma acontecer devido a bloqueios no órgão, seja devido a fezes ou algo mais grave, como um tumor, por exemplo. Entre os sintomas mais comuns, estão calafrios, dor intensa na região inferior direita do abdômen, febre baixa e vômitos.

O tratamento mais adequado contra a é a cirurgia. O procedimento vai retirar as inflamações diretamente no organismo, e o paciente precisa ficar um bom tempo de repouso, além de uma adaptação na rotina alimentar. Caso a cirurgia não seja, a apendicite pode evoluir para algo mais grave, a peritonite, que destrói o órgão por completo.

3) Pancreatite

O pâncreas é uma glândula localizada atrás ao estômago, e sua inflamação, a Pancreatite, é uma das doenças digestivas mais perigosas. Diferente da Apendicite, uma inflamação no Pâncreas solta o líquido presente dentro dele, o suco pancreático, nos demais órgãos.

As causas podem variar de acordo com a gravidade da Pancreatite, mas uma das mais comuns é a . O tratamento pode ser feito com medicamentos, uma reeducação alimentar, ou procedimentos cirúrgicos.

4) Úlcera Peptica

A úlcera ela está entre uma das doenças do sistema digestório mais perigosas. A úlcera é uma erosão ocorrida nos tecidos que revestem o estômago. Devido ao excesso de ácidos, sobretudo potencializados pela bactéria Helicobacter, o estômago não só deixa de funcionar normalmente, como expõe o órgão ao vazamento de seus sucos gástricos dentro do corpo.

A doença pode resultar em morte se não for devidamente tratada. dores abdominais, sensação de vazio no corpo, e desconforto durante a noite são alguns de seus principais sintomas. O tratamento é feito através de medicamentos específicos para o estômago, e uma alimentação com o mínimo de ácidos possíveis.

5) Cálculo Biliar

Ocorrendo de forma parecida com o cálculo renal, trata-se de uma formação irregular de cristais na região da vesícula, órgão que ajuda na produção de bílis, essencial no processo digestório. O cálculo biliar causas fortes dores na região do abdômen, e pode levar o enfermo a doenças ainda mais graves.

As causas podem ser tanto relacionadas a uma má alimentação ao longo da vida, como vindas de outras doenças e situações específicas. Entre elas, inclui-se transplantes de medula, e , entre alguns outros processos. O tratamento é feito através de medicamentos e procedimentos cirúrgicos.

6) Câncer de Cólon

Entre os vários tipos de tumores que atingem a região digestiva, o intestinal é uma das mais aterradoras. Esses tumores ocorrem em uma região específica do intestino grosso, o cólon, e no reto. Apesar de perigoso, também é um dos cânceres com maior possibilidade de cura através de um tratamento adequado.

Um dos fatores que pode aumentar a possibilidade de ter um é a falta de uma alimentação mais rica em fibras. O ideal é que, à partir do momento em que realizar um tratamento contra a prisão de ventre, que realize os exames necessários para ter certeza que não há a possibilidade de ter um câncer.

O tratamento funciona da mesma forma que outros tipos de cânceres, como radioterapia e quimioterapia.

7) Faringite

É uma infecção ocorrida na faringe, que além de afetar o sistema digestório, também pode afetar o sistema respiratório em casos mais graves. Essa infecção pode ser causada tanto por quadros indiretos (alergias, por exemplo), como também por casos diretos, o que inclui , tumores, e distensão dos músculos da garganta.

Nódulos no pescoço, além de coceira e dificuldade para respirar, são alguns dos sintomas mais comuns da . O tratamento varia para cada caso, mas basicamente são utilizados medicamentos e mudança de alguns hábitos, como o abandono do cigarro ou mudanças de ambientes que propiciam a doença.

8) Diarreia

É uma das doenças digestivas e sintomas mais comuns. A se trata de do surgimento de fezes líquidas durante um longo período, além da falta de controle no sistema excretor neste ponto. Ele pode anteceder outras doenças, ou ser consequência de outros casos, como a própria prisão de ventre, por exemplo.

O tratamento consiste no uso de medicamentos que reconstruam a flora intestinal, responsável por regular e combater infecções no sistema digestório. O consumo constante de também é essencial para evitar outros problemas, como a , por exemplo.

9) Gastrite

É uma versão um pouco mais branda da úlcera péptica, e porém ainda assim perigosa. Trata-se de um ´no revestimento do estômago, e em casos mais graves podem ser inflamações. Diferente da úlcera, ela pode durar por pouco tempo se bem controlada com medicamentos mais leves e reeducação alimentos.

O consumo constante de bebidas alcoólicas, alimentos com alto teor de acidez, assim como hábitos como , são algumas das causas mais comuns da O tratamento, conforme sugerido acima, é feito a base de medicamentos e mudanças simples nos hábitos alimentares.

Agora que você já sabe bem das principais doenças do sistema digestório? Que tal compartilhar nas redes sociais? É a forma mais simples e direta de ajudar quem está passando por dificuldades do tipo e precisa de um mínimo de informação. Até a próxima!

Equipe Biosom

contato@biosom.com.br