O que é ansiedade?

A é um mecanismo de defesa, muito próximo ao medo, que é “ativado”, quando estamos em perigo ou acreditamos que estamos em apuros. Como um mecanismo de defesa, o Sistema Nervoso Central gera uma grande excitação, o que propicia o aumento da sensação de insegurança e medo e incerteza.

Todos nós somos ansiosos em algum momento da vida, mas ansiedade em excesso, pode causar muitos problemas de saúde, como: , tensão muscular, , tremores, dor de cabeça e muito mais.

Ansiedade pode causar muito desconforto, gerar transtornos psicológicos e até prejudicar a vida afetiva, profissional e social. Ansiedade também pode ser causada por abuso de algumas substâncias: Chás, , drogas licitas e ilícitas.

I) Quais são os sintomas da ansiedade?

Veja abaixo alguns sintomas:

  • Coração acelerado
  • Não conseguir controlar a respiração
  • Transpiração
  • Vertigem
  • Inquietação
  • Insônia

II) Existem tratamentos para a ansiedade?

Como curar a ansiedade?

Em alguns momentos, um pouco de ansiedade é normal, porém, em excesso faz mal. Algumas mudanças de hábitos e técnicas podem amenizá-la e até eliminar o excesso de ansiedade. Se mesmo assim, os sintomas persistirem é preferível e necessário buscar ajuda médica, pois ansiedade em excesso prejudicial causa danos e deixa marcas dolorosas.

1) Respiração: respirar corretamente ajuda agir ao invés de reagir, dá clareza à mente e assim ajuda a raciocinar melhor quando ansioso.

Estudos mostram que a respiração lenta pelo diafragma traz benefícios à saúde. Este músculo (diafragma) localiza-se entre o tórax e o pulmão. Quando ele é utilizado, o oxigênio chega até a parte abaixo dos pulmões, onde ocorre a troca gasosa do oxigênio pelo gás carbônico; na saída, o gás carbônico passará completamente pelos pulmões.”

2) Atividade física: como o velho ditado diz: “mente sã, corpo sã”. Desde os filósofos gregos existe essa ideia que atividade física ajuda a mente, mas como ajuda na ansiedade?

Quando se pratica uma atividade física regular e moderada, ocupa a cabeça, ajuda tirar a tensão, o acaba com e regula a pressão, os batimentos cardíacos, a respiração e dá a sensação de prazer, ou seja, ajuda a controlar os sintomas físicos da ansiedade. Ajuda a inibir algumas ações que contribuem para ansiedade que são estresse e a tensão.

3) Alimentação: já sabemos que o abuso de cafeína, chá e álcool contribui para este problema, então uso moderado desses alimentos associados a uma alimentação equilibrada ajuda a controlar este problema.     

4) Organizar ideias: quando organizamos nossas ideias, temos uma visão crítica que ajuda a ver além e qual será o resultado final, então, crie estratégias, se um caminho não deu certo, tente outro.

Não se preocupe quando algo não dá certo, nem entre em desespero, como já diziam os mais velhos: “o que não tem remédio remediado está”, logo não remoa os problemas e nem persista em caminhos que não deram certo, respire fundo e tente outro caminho, aprenda a pensar antes de agir.

5) Ocupe o tempo ocioso: “Cabeça vazia oficina do diabo”, e o diabo é nossa própria mente que brinca pensando no que nem aconteceu, no “se”. O “se” não existe, mas o agora existe, então leia um livro, vá ao cinema, saia com os amigos e crie um hobby. Ocupe a mente, pois assim se mantém afastado de pensamentos indesejados e afasta a ansiedade.

6) Respeite seus limites: avalie até onde consegue ir e vá aos poucos. É devagar que se conseguem as coisas. Tentar ir rápido demais e, além do que consegue, só piora as sensações causadas pela ansiedade, então lembre-se: um passo de cada vez, se não deu certo não é o fim do mundo, tente outra vez, mas mude o caminho.

7) Comunique-se, escreva, fale, pinte: coloque para fora tudo que faz mal, escrever e pintar são expressões de arte transforme seus sentimentos em arte, caso não tenha o costume falar muito sobre si então a arte é o melhor caminho, pois guardar para si é pior. A mente é uma prisão se liberte, coloque para fora toda sua ansiedade, todo medo e incertezas.

A ansiedade em excesso é um mal, muito comum que não escolhe idade, então mude pequenos detalhes, pois é preciso não ficar preso aos problemas, no que ainda não aconteceu. A vida é curta, então, curta cada momento e tente se afastar do que causa dor, respire fundo e viva.

Assista também este vídeo animado que explica em detalhe da causa (5:05):

Fonte:

http://www.helpguide.org/articles/anxiety/anxiety-attacks-and-anxiety-disorders.htm

Equipe Biosom

contato@biosom.com.br