Depressao e Ansiedade Podem Causar Zumbido no Ouvido

Depressão e ansiedade podem causar zumbido no ouvido. Segundo a otorrinolaringologista Fernanda Fiorese Philippi, o zumbido no ouvido pode ter origem psicogênica e as duas principais manifestações são a ansiedade e a depressão, sendo que ambas podem ser anteriores ou posteriores ao zumbido.

A ansiedade é um mal-estar físico e psíquico e pode trazer a tona diversos sentimentos, como raiva, apreensão, amargura e fobias. A ansiedade em excesso, pode causar até um zumbido interminável, enquanto a depressão faz com que o mesmo passe a ter maior importância para o indivíduo. Vários autores relatam entre 20 e 50% de depressão clínica, sendo que em metade destes casos já havia história prolongada de depressão antes do início do zumbido.

Descubra quais são as causas e os tratamentos para cuidar do zumbido causado pela ansiedade e depressão.

Quais são as causas?

1. Fatores ambientais que podem causar ansiedade:

  • Trauma de eventos, como vítima de abuso, morte de algum parente próximo
  • Estresse em relações pessoais, casamento, amizade e divórcio
  • Estresse no trabalho e escola
  • Estresse sobre o estado financeiro
  • Estresse por catástrofes naturais- falta de oxigênio por causa da altitude

2. Fatores com relação a saúde:

3. Pesquisa feita na USP sobre a depressão e o zumbido

Uma pesquisa da USP – Universidade de São Paulo feita com pacientes que são portadores de zumbido no ouvido relacionou o sintoma com aspectos psicológicos, sobretudo entre idosos. O estudo realizado pela psicóloga Rosa Maria Rodrigues dos Santos, assinala que a percepção de sons sem fonte sonora externa, classificada como fenômenos alucinatórios, típico do zumbido, está associada não apenas às questões orgânicas, como a perda de audição, mas também com aspectos emocionais dos pacientes, como a depressão.

Segundo a pesquisa, todos os participantes apresentaram alguma questão relacionada à depressão, que se manifestava em diferentes níveis, seja leve, moderado ou grave.

4. Remédios antidepressivos podem causar o zumbido no ouvido

Muitas pessoas que tomam antidepressivos podem perceber um zumbido nos ouvidos. Este tipo de zumbido é geralmente temporário e pode ser consequência de mudanças nos níveis de neurotransmissores, como a serotonina. Em alguns casos, o zumbido pode ter surgido de uma reação ototóxica por um antidepressivo específico. A ototoxicidade é um termo médico que é usado para caracterizar os danos causados pelos tratamentos farmacológicos no ouvido interno.

Reações ototóxicos são geralmente raras, mas podem ocorrer após um tratamento em longo prazo ou como o resultado de uma combinação com um outro medicamento. Além disso, deve notar-se que, em alguns casos os antidepressivos podem causar hipersensibilidade auditiva. Em geral, é difícil identificar quais os antidepressivos que causam o zumbido no ouvido.

De qualquer forma, se você estiver sofrendo de zumbido no ouvido causado pela medicação antidepressiva, procure um otorrinolaringologista.

Acabar com o zumbido no ouvido

Sintomas que a ansiedade e a depressão podem causar no ouvido:

Depressao e Ansiedade Podem Causar Zumbido no Ouvido

1. Dificuldade para se concentrar em sons:

Provavelmente, o problema mais comum é a dificuldade de focar em um som ou conversa. Durante a intensa ansiedade, quando o sistema nervoso central está extremamente excitado, é comum ser incapaz de prestar atenção no mundo ao seu redor. Ou seja, pode ser incapaz de ouvir tudo o que alguém diz, enquanto falam com você. Não é que você não está ouvindo, o seu cérebro é que não consegue processar.

2. Ouvindo sons incomuns:

Ansiedade deixa a pessoa mais nervosa, e isso pode fazer com que ela ouça sons que não tinha percebido antes. Aqueles que têm ansiedade, ouvem com frequência pequenos rangidos, colisões, etc.

3. Alucinações auditivas:

Embora seja raro alguém ter alucinações auditivas, como ruídos estranhos, tem a sensação de ter ouvido alguém chamar seu nome e outros barulhos que aparentemente apenas você ouviu,  não se sabe precisamente o que pode causar esses sintomas, o mais certo é que o cérebro pode estar processando informações erradas.

4. Zumbido no ouvido:

O zumbido é mais comum com a idade e não é a causa da ansiedade. Mas, a ansiedade pode aumentar o volume do zumbido.

Como diminuir o zumbido causado pela depressão e ansiedade?

É importante você verificar o seu estado geral de saúde. Qualquer anormalidade pode ser a causa do seu zumbido.  Mantenha uma dieta saudável, faça atividade física, durma o suficiente e mantenha o nível de estresse baixo.

Tome medidas para melhorar a sua qualidade de vida. Assim você será capaz de se recuperar dos problemas psicológicos, como depressão, ansiedade  e insônia, consequentemente, livrar-se do zumbido no ouvido.

Acabar com o zumbido no ouvido

A única maneira de acabar com o zumbido é combatendo a origem das causas.

  • Pode ser tratado com uma combinação de medicamento e terapia. Por isso, é importante discutir tudo isso com um médico.
  • Excluir alimentos e bebidas que podem causar ansiedade como: café, açúcar, amido e álcool.
  • Incluir alimentos que melhoram o humor, como: alimentos antioxidantes(amoras e açaí)  e alimentos ricos em magnésio e potássio.
  • Prática de exercícios físicos
  • Reduzir o estresse diário
  • Controlar a respiração
  • Evitar pensamentos negativos ou catastróficos
  • Passe mais tempo com amigos e família

Ficar ansioso ao extremo pode ser um sinal de transtorno de ansiedade. Quem sofre desse transtorno, além de seguir as dicas acima, deve buscar acompanhamento de um especialista. Assim, evitar problemas que venham a prejudicar a vida profissional ou pessoal.

Fontes:

http://mentalhealthdaily.com/2014/10/28/can-antidepressants-cause-tinnitus-ringing-in-the-ears/

http://www.medicalnewstoday.com/info/anxiety/what-causes-anxiety.php

http://www.calmclinic.com/anxiety/signs/affected-hearing


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br