diarreia

A diarreia trata-se de fezes aquosas soltas que perderam consistência. O individuo com este problema precisa evacuar diversas vezes ao dia, o que pode levar a um quadro de desidradatação. A duração considerada normal é de dois a três dias, acima de duas semanas pode indicar presença de alguma doença grave.

1) Quais são os tipos de diarreia?

Existem dois tipos de , a aguda que possui curta duração de até duas semanas e pode ser curada em com hidratação e remédios que acalmam a flora intestinal. Além de excesso de defecação, os sintomas incluem também náuseas, cólicas moderadas e flatulências em demasia.

A crônica ultrapassa o período de duas semanas e pode estar vinculado a uma infecção no intestino, parasita ou . É importante não deixar passar o estágio de duas semanas e os sintomas não devem ser ignorados. A na diarreia crônica é perigosa, quanto mais a pessoa evacuar mais desidratada ela fica, é recomendável ir ao pronto socorro de imediato.

2) O que causa a diarreia?

diarreia

A diarreia varia de pessoa pra pessoa. Podemos avaliar a gravidade também pelos sintomas; sangue e muco nas fezes, febre, perda de peso, dores severas no abdômen/reto e vômitos são graves.

O tipo agudo pode funcionar também como uma limpeza, devemos permitir que nosso corpo expulse aquilo que não está nos fazendo bem, este período pode durar de dois a três dias. E quando há mudança brusca de alimentação e o corpo não está acostumado acaba reagindo com uma diarreia. Em viagens, no retorno principalmente se houver diarreia não é um bom sinal e um médico deve ser consultado. Todas as causas e sintomas são de risco quando se trata de mulheres grávidas, crianças e bebês.

As principais causas são:

  • Excesso de álcool
  • Água sem tratamento
  • Comidas gordurosas
  • Dificuldade de absorção de alguns alimentos pelo organismo
  • Distúrbio hormonal (hipertiroidismo)
  • Câncer no intestino
  • Síndrome do intestino irritável
  • Estresse
  • Ansiedade
  • Infecção por bactérias, as mais comuns são Salmonella e Shigella
  • Infecção viral
  • Parasitas
  • Intolerância a lactose
  • Efeito colateral de algum medicamento

3) Como aliviar a diarreia em um instante?

A) Tome remédios – você pode adquirir remédios, como subsalicilato de bismuto (posologia) e loperamia (Imosec) na farmácia. Eles diminuem os movimentos intestinais e ajudam a parar a diarreia. Além disso, também é recomendável utilizar probióticos que ajudam a repôr a flora intestinal e a regular o intestino, como Biovicerin. Para as crianças, é recomendável consultar um médico para uma melhor receita.

B) Aplique a almofada térmica – a diarreia pode ser causada por cólicas abdominais. Se este for o caso, então é importante para você acalmar os músculos contraídos. Você pode fazer isso colocando a almofada térmica no seu estômago por um tempo. Mas sempre use um pano para proteger a pele do calor.

C) e mel – o gengibre é excelente para tratar diarreia, dor abdominal e cólicas abnominais. Ele contém substâncias que regula o intestino irritado que causa a diarreia. Melhor maneira de tomar estes dois alimentos é fazendo chá de gengibre com .

D) Chá de camomila – as propriedades antiespasmódico da camomila ajudam a reduzir dores de estômago e inflamação intestinal. O também é uma alternativa, pois ajuda no funcionamento do sistema digestivo.

4) O que fazer durante a diarreia?

Durante o tratamento deve ser feito a prevenção da transmissão em casos de infecção viral, parasitas e por bactérias; estima-se que cerca de 70% dos casos são virais. São atitudes simples que evitam a transmissão como: lavar muito bem as mãos após defecar, ou após limpar uma criança que defecou, usar somente potável e manter uma boa higiene no preparo de alimentos e antes de consumi-los.

O tratamento baseia-se em se manter hidratado, quando há vômitos acompanhado da diarreia o cuidado deve ser dobrado. Logo a pessoa perderá o apetite e mesmo que não consiga ingerir alimentos sólidos, os líquidos nunca devem ser abandonados. Uma forma de se manter hidratado é tomar três goles devagar a cada 10/15 minutos. Os líquidos que devem ser tomados são: água mineral, isotônicos e .

Evite alimentos industrializados e gordurosos, prefira alimentos sólidos e salgados como batatas, arroz e legumes cozidos. Evite cafeína, leite,frutas que podem soltar o intestino e álcool durante o tratamento e três dias após a melhora

Em caso crônico o médico vai determinar o tratamento certo a ser feito, pois pode se tratar de uma doença grave e a hidratação somente não consegue curar ou tratar de forma eficaz.

Fonte:

http://www.webmd.com/digestive-disorders/digestive-diseases-diarrhea

http://www.enkivillage.com/how-to-get-rid-of-diarrhea.html

Equipe Biosom

contato@biosom.com.br