Dor no Peito – O que pode ser?

dor no peito

SEM TEMPO DE LER ESTE ARTÍGO? CLIQUE NO PLAY A BAIXO E APENAS OUÇA ENQUANTO FAZ OUTRA COISA!

Quando sentimos uma dor no peito, logo pensamos no coração. Porém, nem sempre essa é a causa. Ainda assim, a preocupação é válida, já que dores no peito podem significar problemas graves e levar a morte.

Antes de procurar ajuda médica, avalie a intensidade da dor, localização e se vem acompanhada de outros sintomas. Dependendo da situação vá imediatamente ao pronto socorro.

I) Conheça as 5 principais causas de dor no peito:

1) Problemas Cardíacos

dicas-para-prevencao-de-doencas-cardiovasculares-2

È comum sentir dor no peito que esteja ligada a problemas no coração. Geralmente ocorre em pessoas acima dos quarenta anos e que tem tendência a problemas cardíacos, mas também pode afetar pessoas jovens. As principais causas de dores no peito são:

  • Infarto: bloqueio da passagem de sangue para o músculo do coração causando a morte de parte do órgão. A dor é semelhante a um aperto no peito e geralmente vem acompanhada de cansaço, suor excessivo, náuseas, falta de ar, palidez e tontura. O tratamento pode ser feito com remédios ou cirurgia.
  • Angina: se caracteriza pelo impedimento da passagem de sangue e oxigênio ao coração, porém não causa danos graves. A dor se parece com uma pressão no peito e dura alguns minutos. Pode ser causada por esforço ao fazer atividade física e . O tratamento é à base de remédios e cirurgias como a ponte de safena.
  • Pericardite: inflamação no pericárdio (membrana que protege o coração). Apresenta uma dor aguda e prolongada. Algumas das causas são infecções virais, hipotireoidismo e infarto. Pode ser tratada com analgésicos e anti-inflamatórios.
  • Dissecção aórtica: rasgo na aorta (maior artéria do corpo). A dor se localiza na parte superior das costas e pode ser súbita e aguda. A principal causa é a .
  • Prevenção: Consiste em visitar o cardiologista anualmente, ter uma alimentação saudável, evitar o estresse e fazer exercícios de acordo com sua condição física.

2) Problemas nos ossos e músculos

Problemas nos ossos e musculos podem causar dor no peito

Após muito esforço muscular e acidentes que fraturam ossos da costela, a pessoa também pode apresentar dores no peito. Algumas causas das dores são:

  • Tensão muscular: pode ser causada por excesso de atividade ou estresse que atinge uma área do tórax. Quando a adrenalina aumenta faz o coração bombear mais sangue, de forma que os músculos se contraem. A cura se dá com o tempo ou com o uso de analgésicos.
  • Fratura na costela: é uma dor localizada que se intensifica quando tocamos na região fraturada ou respiramos. A causa é devido à inflamação das costelas e do esterno (osso na parte superior do tórax em formato de T). Para fazer o tratamento deve-se consultar o ortopedista que receitará o remédio para dor.
  • Telhas: também conhecida como zoster, os sintomas são dor aguda no peito e bolhas vermelhas. É causada pelo vírus Varicella-Zoster, o mesmo vírus da . Não existe cura, mas o tratamento é à base de medicamentos antivirais.

3) Problemas pulmonares

câncer de pulmão
lung cancer

Outro motivo para dor no tórax são os problemas com os pulmões, que atinge principalmente pessoas fumantes. Algumas causas são:

  • Pleurisia: é uma inflamação da membrana que reveste os pulmões e o peito. A dor aumenta quando a pessoa tosse e respira. Ela fica localizada em apenas um lado do peito, costas e ombros. As causas mais comuns são gripes e . O tratamento é feito com medicação para dor e anti-inflamatórios.
  • Embolia Pulmonar: entupimento de uma das artérias dos pulmões, por meio de um coágulo de sangue. A dor é aguda, também ocorre um aumento da respiração e dos batimentos cardíacos. O tratamento é por meio de anticoagulantes.
  • Asma: é uma doença crônica onde ocorre a inflamação da vias aéreas. Não possui causa definida, mas os sintomas são variados. Além da dor no peito, podem ocorrer dificuldades para respirar e tosse.

Outras causas de dor no tórax podem ser pneumotórax, hipertensão pulmonar e pneumonia.

  • Prevenção: a melhor prevenção é a rapidez em tratar pequenas inflamações nos pulmões, evitando futuras dores.

4) Problemas digestivos

problemas digestivos dor no peito

Até mesmo problemas com o estômago podem provocar dores no peito. Algumas causas são:

  • Azia: é uma sensação de queimação que surge no estômago, passa pelo peito e vai até a garganta. È causada pelo do ácido gástrico que faz a digestão. Alimentos como , , refrigerante, álcool e laranja podem dar . O tratamento é feito com antiácidos, mas comer um pedaço de miolo do pão pode aliviar o problema.
  • Gastrite: são feridas na parede protetora do estômago, que causam dor no tórax. A ainda apresenta outros sintomas como náuseas, azia e má digestão. É comum pessoas que bebem, fumam e tomam certos medicamentos apresentarem a doença. O tratamento pode ser feito com antiácidos.
  • Pancreatite: é uma inflamação no pâncreas (ajuda na digestão e produção de hormônio). A dor pode ser intensa e passar para as costas, a pessoa ainda pode ter vômito e náuseas. Para o tratamento, o paciente deve ficar internado para receber soro e aliviar a dor.
  • Gases: o acúmulo de pode expandir o estômago, provocando dores no lado esquerdo do peito. O tratamento pode ser feito com e mudanças na alimentação.

Outras causas de dor no peito pode ser esofagite, problemas na vesícula e espasmos no esôfago.

  • Prevenção: é necessário mudar sua alimentação, evitando alimentos gordurosos e pimentas.

5) Problemas emocionais

dor no peito problema emocional
A female patient describes her symptoms to her doctor.

Os problemas emocionais são grandes causas de dores no peito. O que leva a pessoa ir imediatamente para o hospital devido ao medo da morte.

  • Ataques de pânico: é o medo excessivo que se manifesta em sintomas físicos como a dor no peito, e sudorese.
  • Crise de ansiedade: durante uma crise ocorre dificuldade para respirar e quando não há hiper-ventilação no pulmão, provoca uma dor aguda e formigamento no peito.

II) Procure um pronto socorro quando:

  • Sentir um aperto, pressão, dor repentina e aguda no peito
  • Sentir outros sintomas como sudorese, respiração ofegante, tontura, vômito e taquicardia
  • Se tiver um histórico médico de risco, com tendência a ter pressão alta, , angina, alto ou obesidade
  • A dor se espalhar para outras partes, como costas, braços e mandíbula
  • Durar mais do que 15 minutos
  • A dor ocorre quando está em repouso, depois de uma viagem longa ou se a perna estiver inchada.

Fonte:

http://www.webmd.com/pain-management/guide/whats-causing-my-chest-pain