O Que as Espinhas no Corpo Podem Dizer Sobre sua Saúde?

O que as espinhas no seu corpo diz sobre a sua saúde

Quando as células sebáceas produzem mais gordura do que a de costume, surgem as temidas espinhas e os cravos, que vão desde casos mais leves até os mais graves. Vários fatores podem levar ao aparecimento da espinhas no corpo, como, por exemplo, puberdade, alimentação, estresse, menstruação, uso de anticoncepcional etc, mas que por detrás podem indicar como está funcionando nosso corpo, além de problemas de saúde que podem estar presentes, principalmente dependendo do local onde se estabelecem as espinhas.

Veja agora o que as espinhas no corpo podem dizer sobre sua saúde:

O Que as Espinhas no Corpo Podem Dizer Sobre sua Saúde?

1. Rosto

Espinha no rosto geralmente está ligada ao sistema digestivo, urinário e cardíaco (área da testa), fígado (sobrancelhas e olhos), pulmões (bochechas), desequilíbrio hormonal e estresse (queixo), podendo, assim, indicar desidratação, sono irregular, desequilíbrio nos rins, má alimentação, má circulação, sedentarismo e problemas gastrointestinais.

Procure cortar bebidas alcoólicas e a base de cafeína, além de evitar alimentos gordurosos e processados, ingerindo muita água, alimentos ricos em fibras e antioxidantes, praticando atividades físicas regularmente (em média de 20 a 30 minutos por dia) e dormindo pelo menos 8 horas por noite.

2. Orelhas

Espinhas na orelha indicam também possível desidratação, que deixa a pele da região ressecada e grossa, o que aumenta a oleosidade e o acúmulo de células mortas. Além disso, pode ser um sinal para ficar atento à saúde dos rins, que provavelmente está não está recebendo água e os nutrientes necessários.

É necessário tomar medidas preventivas, principalmente cortando o álcool e bebidas com cafeína. Ingira bastante água para limpar os rins e evite alimentos ricos em sódio e gorduras.

3. Pescoço e ombros

Roupas muito justas, que não deixam a pele transpirar o suficiente, levam à espinha na região do pescoço e ombros. Bolsas e mochilas também entram em atrito com a pele, acumulando células mortas nesta região e causando espinhas e cravos. O consumo de açúcar refinado, queijo e seus derivados, além do alto nível de estresse também são fatores que contribuem.

Acabar com o zumbido no ouvido

Espinhas nos ombros, em particular, podem indicar também problemas gastrointestinais. Dessa forma, ingira muita água e menos alimentos gordurosos, açucarados e processados. Além disso, use também roupas mais confortáveis.

4. Braços e antebraços

Quando aparecem espinhas nos braços e antebraços, atente-se para a pele seca e oscilações hormonais. Ter uma dieta de má qualidade leva a deficiências nutricionais, que também formam espinhas nestas regiões.

Procure ter uma alimentação mais balanceada, evitar usar roupas com mangas muito justas, manter a pele hidratada, tomar sol na região com freqüência (por 10 minutos e nos horários antes das 10hs da manhã e após as 16) e usar pomadas e sabonetes antibacterianos em casos de espinhas infeccionadas.

5. Tórax

Outra vez roupas muito justas são uma das causas que podem gerar espinhas, principalmente na região do tórax. Materiais como nylon e poliéster principalmente. Alergias ou infecções também podem ser os causadores das espinhas, que podem indicar problemas digestivos, desequilíbrio hormonal, alto nível de estresse e consumo excessivo de açúcar refinado.

Procure eliminar os fatores estressantes, tendo momentos de laser e descanso, além de preferir usar roupas de algodão e mais confortáveis, e ingerir muita água e vitamina C para evitar infecções.

6. Barriga

Espinhas na região do abdome é muito difícil aparecer, mas quando surge pode ser um forte indicativo de consumo de açúcar em excesso e níveis de glicose no sangue instáveis. Roupas muito apertadas também levam a espinhas nesta região.

Da mesma maneira como no caso de espinhas nos braços e no tórax, é importante usar roupas mais leves, aumentar a ingestão de água e de alimentos mais saudáveis, preferindo os açúcares naturais (das frutas, por exemplo) ao invés do refinado.

Acabar com o zumbido no ouvido

7. Costas

A pele das costas é uma região de muita queixa nos consultórios de dermatologia, principalmente em relação à acne e cravos, causados por alimentos gordurosos, roupas justas e sem a transpiração necessária. Isso indica também problemas gastrointestinais, sono irregular, excesso de transpiração e alergias da pele.

Uma ingestão maior de água, alimentação rica em fibras e de pouca gordura, redução do açúcar refinado e de bebidas cafeinadas e alcoólicas, são as melhores indicações para tratar acnes nas costas.

8. Pernas

Espinhas na região das pernas não são muito comuns, mas quem já apresentou casos assim possui sensibilidade ou alergias a certos produtos, como cremes, sabonetes, etc. A depilação, principalmente com gilete, propicia pêlos encravados, que inflamam e acumulam bactérias, originando a espinha.

Além disso, alguns estudos dizem que espinhas nas pernas pode indicar deficiência de vitaminas, portanto é melhor se alimentar corretamente, através de alimentos mais saudáveis e maior ingestão de água. Evite expor sua pele a cremes e outros produtos que contem alguma substância que você possua alergia e busque por outro meio de depilação que não agrida tanto a pele.

Fonte:

http://positivemed.com/2014/11/07/body-acne-telling/


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br