Saiba Tudo Sobre a Osteoporose

A osteoporose é uma doença ligada ao metabolismo dos ossos (osteometabólica) em que ocorre uma diminuição da massa óssea, e leva a uma menor resistência, os tornam mais sensíveis e vulneráveis às fraturas. Os locais mais atingidos pela doença são as vértebras, o fêmur e o punho.

Segundo pesquisas, aproximadamente 10 milhões de brasileiros sofrem com a doença, sendo que as mulheres são as mais atingidas. O hormônio estrogênio (maior quantidade em mulheres) explica essa situação, ele mantém o balanceamento entre a perda e o ganho de massa óssea.  Uma a cada quatro mulheres com mais de 50 anos possuem a doença.

1) Quais os sintomas da osteoporose?

Saiba Tudo Sobre a Osteoporose

A osteoporose não acontece de uma hora para outra, ela  é progressiva, ou seja, ela é adquirida gradualmente e em muitos casos é de difícil diagnóstico, já que é uma fratura óssea e que não apresenta muitos sintomas aparentes.

O que pode prenunciar da doença são as fortes dores nas costas e a gradual diminuição da estatura, o que pode representar alguma fratura vertebral.

2) Quais são as causas da osteoporose?

Existem dois tipos da doença, a primária ou fisiológica e a secundária. A primeira forma pode ser causada por uma alta reabsorção óssea, o que gera uma atividade osteoclástica alta e a diminuição do cálcio (caso de menopausa precoce) ou por uma reabsorção óssea aumentada, o que diminui a atividade osteoclástica e causa uma não evolução do metabolismo ósseo (frequente em mulheres e homens idosos). Nesse primeiro tipo há também a incidência de casos em que a genética é uma grande influenciadora.

A forma secundária é causada, na maioria das vezes, por doenças. As enfermidades causadoras estão ligadas à baixa absorção de cálcio, as diminuições no nível de estrogênio, a perda de massa muscular e baixa absorção da vitamina D. Doenças relacionadas ao sistema endócrino como: tireoidopatias, hipogonadismo, hipopituitarismo, síndrome de Cushing, diabetes e hiperparatireoidismo são alguns exemplos que podem causar a osteoporose.

3) Quais são os tratamentos para a osteoporose?

Hábitos para uma alimentação rica em cálcio e em vitamina D podem ajudar no atraso da doença e devem ser adquiridos desde a infância. Os tratamentos usados na osteoporose estão ligados à diminuição da dor, ao retardamento da doença e ao fortalecimento dos ossos, já que ela não tem cura.

A fisioterapia é uma ótima ajuda pra quem tem a doença, ela fortalece os músculos e as articulações além de servir como estímulo para a formação óssea. A dança e a caminhada são também bastante recomendadas aos portadores da doença, que podem diminuir a perda de minerais, além de aumentar o fortalecimento dos ossos, evitando maiores dores e lesões mais graves.

Hoje, no mercado existem também inúmeros medicamentos que tratam da osteoporose, eles apresentam grandes doses de vitamina D, de hormônios e de cálcio, exemplos de medicamentos são os biofosfonatos (que evitam as fraturas) e a Calciotonina (equilibra o nível de cálcio do osso).  Existem também alguns remédios caseiros para a osteoporose. Sucos de caju e de amora são considerados mágicos na hora do fortalecimento dos ossos. Não podemos nos esquecer também das vitaminas. As mais recomendadas para quem possui a doença é a vitamina de mamão com iogurte e a vitamina de mamão com gergelim.

4) 10 Remédios Naturais e Tratamentos Caseiros para a Osteoporose

Saiba Tudo Sobre a Osteoporose

1 – Maçã

Devido a capacidade de antioxidantes, a maçã é um ótimo aliado para manter os ossos saudáveis. É importante que se tenha um cuidado com a quantidade de agrotóxicos presentes nas frutas atualmente.

Especialistas indicam que deve-se consumir uma maçã por dia para auxiliar no tratamento da doença.

2 – Ameixa

De acordo com um estudo realizado pela Universidade do Estado de Flórida, as ameixas secas possuem uma alta concentração de polifenóis, considerada um importante antioxidante que contribui para a redução de perda do fortalecimento dos ossos.

Além dos polifenóis, as ameixas possuem boro e cobre, minerais que auxiliam na formação óssea. O consumo deve ser feito diariamente.

3 – Amêndoa

O leite de amêndoa é considerado um bom remédio para a osteoporose devido a grande quantidade de cálcio presente em sua substância. A amêndoa também possui flavonoides, que ajudam na redução da quantidade de radicais livres no corpo, e por isso também pode ser utilizado para a prevenção.

  • Ingredientes: apenas 1 xícara de amêndoas
  • Modo de preparo: mergulhe uma xícara de amêndoas em água durante a noite. Já no outro dia, retire a casca e coloque as amêndoas no liquidificador, juntamente com duas xícaras e meia de água. Após produzir o purê, coe e filtre. Beba o leite de amêndoa diariamente

4 – Óleo de coco

De acordo com estudos, o óleo de coco virgem contribui para a reversão dos efeitos da deficiência de estrogênio. Dentre os problemas decorrentes desta perda está a diminuição da densidade óssea.

Além disso, o óleo de coco contribui para a absorção de cálcio e magnésio, que contribui para fortalecer. O consumo deve ser feito diariamente, com três colheres de sopa do óleo de coco para prevenção e cinco colheres para tratamento.

5 – Gergelim

[wd_hustle id="drconsulta" type="embedded"]

O gergelim é um importante aliado na prevenção da osteoporose. Para isto, basta inserir as sementes de gergelim na dieta alimentar. Os benefícios são decorrentes da grande quantidade de cálcio presente na semente.

Além disso, as sementes de gergelim contém magnésio, manganês, cobre, zinco, fósforo e vitaminas K e D, considerados importantes nutrientes para o tratamento da osteoporose.

6 – Abacaxi

Pela quantidade de manganês presente na fruta é extremamente importante para o tratamento da osteoporose, já que o mineral contribui para a diminuição da má-formação e perda óssea.

A medida ideal é uma xícara de pedaços de abacaxi, que devem ser consumidos diariamente antes das refeições. O suco de abacaxi pode ser uma alternativa para o tratamento.

7 – Óleo de peixe

Os suplementos de óleo de peixe contribuem para o aumento da densidade mineral óssea devido a grande quantidade de Ômega-3, ácidos graxos essenciais e vitaminas D contidas no óleo, que auxiliam no tratamento de osteoporose.

O consumo pode ocorrer das seguintes maneiras:

  • Tomando 1.000mg de suplementos de óleo de peixe uma vez por dia com uma refeição;
  • Comer peixe de água fria (como salmão).

8 – Vitamina D

Com a importante função de auxiliar na absorção de cálcio, a vitamina D contribui para a prevenção da osteoporose. Mas onde obter a vitamina? O sol é considerado o melhor meio de se obter a vitamina D de maneira natural.

O ideal é que a pessoa se exponha aos raios solares da manhã por 10 a 15 minutos diariamente, desde que haja aplicação de protetor solar antes de sair ao sol.

9 – Coentro

Por ser rico em diferentes minerais que contribuem para uma melhor saúde, as folhas de coentro são essenciais para o tratamento de prevenção da osteoporose e, também, podem contribuir para a redução da perda óssea da coluna vertebral em mulheres da terceira idade.

Ingredientes:

  • Duas colheres de chá de sementes de coentro
  • Água
  • Mel a gosto

Modo de preparo: Misture duas colheres de chá de sementes de coentro em um copo de água quente e cubra, deixando descansar entre cinco e dez minutos. Após coar, adicione mel a gosto. A bebida deve ser ingerida duas vezes na semente.

Outra alternativa é inserir folhas de coentro e sementes em sua dieta alimentar.

10 – Atividades físicas

Considerado de extrema importância para uma melhor qualidade de vida, as atividades físicas são aliadas no tratamento e combate a osteoporose. A prática deve ser feita de maneira regular.

Exercícios de levantamento de peso, caminhadas e aeróbica de baixo impacto são bons exemplos para o fortalecimento dos ossos.

Veja também este vídeo com exercícios para combater a Osteoporose (7:21):

Veja também este vídeo que explica detalhadamente sobre a osteoporose (2:12)

Fonte:

https://www.niams.nih.gov/health-topics/osteoporosis


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br