osteoporose

A osteoporose é uma doença ligada ao metabolismo dos ossos (osteometabólica) em que ocorre uma diminuição da massa óssea, e leva a uma menor resistência, os tornam mais sensíveis e vulneráveis às fraturas. Os locais mais atingidos pela doença são as vértebras, o fêmur e o punho.

Segundo pesquisas, aproximadamente 10 milhões de brasileiros sofrem com a doença, sendo que as mulheres são as mais atingidas. O hormônio estrogênio (maior quantidade em mulheres) explica essa situação, ele mantém o balanceamento entre a perda e o ganho de massa óssea.  Uma a cada quatro mulheres com mais de 50 anos possuem a doença.

1) Quais os sintomas da osteoporose?

osteoporose

A não acontece de uma hora para outra, ela  é progressiva, ou seja, ela é adquirida gradualmente e em muitos casos é de difícil diagnóstico, já que é uma fratura óssea e que não apresenta muitos sintomas aparentes.

O que pode prenunciar da doença são as fortes e a gradual diminuição da estatura, o que pode representar alguma fratura vertebral.

2) Quais são as causas da osteoporose?

Existem dois tipos da doença, a primária ou fisiológica e a secundária. A primeira forma pode ser causada por uma alta reabsorção óssea, o que gera uma atividade osteoclástica alta e a diminuição do (caso de menopausa precoce) ou por uma reabsorção óssea aumentada, o que diminui a atividade osteoclástica e causa uma não evolução do metabolismo ósseo (frequente em mulheres e homens idosos). Nesse primeiro tipo há também a incidência de casos em que a genética é uma grande influenciadora.

A forma secundária é causada, na maioria das vezes, por doenças. As enfermidades causadoras estão ligadas à baixa absorção de cálcio, as diminuições no nível de estrogênio, a perda de e baixa absorção da . Doenças relacionadas ao sistema endócrino como: tireoidopatias, hipogonadismo, hipopituitarismo, síndrome de Cushing, e hiperparatireoidismo são alguns exemplos que podem causar a osteoporose.

3) Quais são os tratamentos para a osteoporose?

Como tratar a Osteoporose?

Hábitos para uma alimentação rica em cálcio e em D podem ajudar no atraso da doença e devem ser adquiridos desde a infância. Os tratamentos usados na osteoporose estão ligados à diminuição da dor, ao retardamento da doença e ao fortalecimento dos ossos, já que ela não tem cura.

A fisioterapia é uma ótima ajuda pra quem tem a doença, ela fortalece os músculos e as articulações além de servir como estímulo para a formação óssea. A dança e a são também bastante recomendadas aos portadores da doença, que podem diminuir a perda de minerais, além de aumentar o fortalecimento dos ossos, evitando maiores dores e lesões mais graves.

Hoje, no mercado existem também inúmeros medicamentos que tratam da osteoporose, eles apresentam grandes doses de vitamina D, de hormônios e de cálcio, exemplos de medicamentos são os biofosfonatos (que evitam as fraturas) e a Calciotonina (equilibra o nível de cálcio do osso).  Existem também alguns remédios caseiros para a osteoporose. Sucos de caju e de amora são considerados mágicos na hora do fortalecimento dos ossos. Não podemos nos esquecer também das vitaminas. As mais recomendadas para quem possui a doença é a vitamina de mamão com iogurte e a vitamina de mamão com gergelim.

Veja também os 10 Remédios Naturais e Tratamentos Caseiros para a Osteoporose

Veja também este vídeo que explica detalhadamente sobre a osteoporose (2:12)

Fonte:

http://www.webmd.com/osteoporosis/

Equipe Biosom

contato@biosom.com.br