Otite (Infecção no Ouvido): Tipos, Causas, Sintomas e Tratamentos

Saiba Tudo Sobre a Otite

Otite é um termo geral para toda inflamação ou infecção no ouvido, em ambos humanos e animais.

Otite pode ser dividido em 3 partes:

Saiba Tudo Sobre a Otite

 

Otite externa

Otite externa é uma infecção na região da orelha externa ou no canal auditivo e é mais comum em adolescentes e jovens. A infecção pode ter várias causas, por exemplo a infecção não bacterial como a alergia. Mas geralmente ocorrem por infecções pela bactéria ou fungos na pele do canal auditivo.

A infecção ocorre quando o ouvido possui alguma lesão mesmo que seja pequena. As pessoas que tem o costume de limpar com o cotonete ou qualquer outro objeto o ouvido externo e também coçar o ouvido estão muito propensos a lesionar o ouvido ficando expostos a infecções. Outra causa comum  é o contato constante com a água que facilita a remoção do cerume  (nossa proteção do canal auditivo) e como é comum a água do mar ou piscina estar contaminada a pessoa possui muitas chances de infeccionar. Por esse motivo, também é conhecido como otite do nadador ou ouvido de nadador.

1) Sintomas de otite externa

  • Dores nos ouvidos;
  • Coceira e irritação dentro ou ao redor do canal auditivo;
  • Avermelhamento e inchaço no ouvido externo e canal auditivo;
  • Pressão e ouvido tampado;
  • Descascamento de pele ao redor do canal auditivo;
  • Escorrimento de pus e água do ouvido;
  • Tensão no movimento do queixo e ouvido;
  • Inchaço e dor de garganta;
  • Perda auditiva.

2) Recomendações

  • Não inserir objetos pontudos para coçar ou limpar o ouvido, pois podem ferir o ouvido;
  • Seque a orelha com cuidado, usando uma toalha;
  • Evite o uso de cotonetes. Eles podem empurrar a cera para dentro do canal auditivo;
  • Utilize protetores na hora de nadar;
  • Consulte um otorrinolaringologista caso tenha dor ou coceira nos ouvidos ou perda de audição.

3) Como tratar?

A otite externa pode ser tratada com  medicamentos tópicos; ou seja, pomadas ou gotas otológicas. E também antibióticos como neomicina, polimixina B, clorafenicol e ciprofloxacina associado a hidrocortizona. Cuidando de forma apropriada, a melhoria ocorre dentro de três dias. Para pacientes que praticam  natação, deve acidificar a pele para prevenir infecção bacteriana. Pode-se usar ácido bórico, salicílico ou acético. Orienta-se a secar bem a orelha com a toalha .

Otite média

Otite média é uma inflamação do ouvido médio: a região depois da membrana timpânica. A otite média possui condições agudas e crônicas; todas envolvendo inflamação da membrana timpânica e, geralmente, associadas com o aparecimento de fluído no espaço atrás do tímpano que costumam ocorrer durante ou depois de uma gripe, resfriado, infecção na garganta ou doença respiratória que prejudicam o funcionamento da tuba auditiva, consequentemente há o acúmulo de líquidos facilitando a infecção das bactérias.

É mais comum na infância, pois o a tuba auditiva é pequena e ainda  não funciona de maneira tão eficiente como nos adultos, assim a tuba fica mais exposta a ter contato com bactérias que infeccionam o ouvido médio.

Outra maneira das crianças contraírem a otite média é através da posição que mamam. Se a mãe posicionar de maneira que fique deitada estará facilitando a entrada de alimentos, sucos digestivos e bactérias na tuba auditiva, devendo ser necessário uma atenção extra nas crianças na hora de mamar, tanto no peito com o na mamadeira.

1) Sintomas de otite média

Os principais sinais e sintomas são:

  • Dor severa;
  • Diminuição da audição;
  • Febre, choro constante (nos bebês), falta de apetite, irritabilidade, desconforto, perda de apetite e secreção local no caso de perfuração timpânica;
  • Crianças podem ter sintomas de vômitos e diarreia;
  • Pode também haver presença de pus na região externa do ouvido;
  • Alguns casos são relatados em jovens e adultos também, com as mesmas características.

2) Recomendações

[wd_hustle id="drconsulta" type="embedded"]

Algumas medidas para evitar a otite média nas crianças:

  • A posição para amamentar a criança deve ser inclinada e não deitada;
  • Evitar que a criança tenha contato com a fumaça do cigarro;
  • Limpe as secreções nasais provocadas por gripes e resfriados para o catarro não acumular no nariz e na garganta. Principalmente, em bebês e crianças pequenas;
  • Vacinar a criança contra algumas das principais bactérias e vírus causadoras das otites médias, como Haemophilus influenza, Streptococcus pneumoniae (pneumococo) e vírus Influenza (gripe).

3) Tratamento

O tratamento é feito através de antibióticos e analgésicos. Com alguns dias de tratamento, a audição volta ao normal e o líquido da infecção que se acumula atrás do tímpano é absorvido.

Nos casos em que a audição  não melhora após três meses é necessário verificar se há sinais de secreção atrás da orelha média para fazer  um procedimento cirúrgico,  no qual é feita uma pequena incisão no tímpano para a retirada do líquido acumulado.

Otite interna ou labirintite

Envolve o ouvido interno. O ouvido interno é constituído por órgãos sensoriais que nos dão equilíbrio e audição. A tontura é um dos sintomas mais comuns na infecção do ouvido interno.

Comumente, resulta em tonturas e uma incapacidade de se manter em linha reta por um período longo. Além disso, pode causar zumbido no ouvido e, eventualmente, leva a uma perda auditiva temporária até que a infecção seja totalmente tratada. Leia mais >>

Não deixe de baixar o software Hearing Guardian v1 no seu computador

A alta exposição sonora tem sido uma das principais causas da perda auditiva e o zumbido no ouvido tem sido uma das principais consequências. Para que o usuário possa avaliar os resultados antes de fazer qualquer renovação, então, disponibilizamos 30 dias grátis do software para que utilize diariamente e sinta as melhorias em sua capacidade auditiva. Clique no link ao lado e visite o website para baixa o software. www.biosom.com.br

Fonte:

https://en.wikipedia.org/wiki/Otitis

https://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/001336.htm


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br