Quais são as causas do sarampo?

sarampo

O sarampo é uma das doenças virais que mais mata crianças no mundo. Segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), foram registradas 139.300 mortes relacionadas ao sarampo em 2010, a maior parte das vítimas eram menores de cinco anos.

Sendo uma doença viral respiratória, o sarampo, assim como a catapora e a rubéola, é transmitido através do ar. O contato com o infectado, tosse, espirro e o compartilhamento de objetos são formas fácies de se contrair o vírus, que é facilmente espalhado. A vacina contra esta doença é muito utilizada, principalmente para pessoas que estiveram próximas a um infectado, já que ela pode fazer efeito em até 72h depois do contato.

1) Quais são as causas do sarampo?

Uma das principais causas do sarampo está na não vacinação. Alguns pais preferem não vacinar os filhos devido aos chamados “efeitos colaterais”, ou doenças associadas à vacina, tais como: enjoos, convulsões, danos cerebrais e coma. Porém, essas associações não acontecem com a maioria que é vacinada.

Outra causa associada ao sarampo é a deficiência de vitamina A, que pode deixar a criança mais propícia a contrair o vírus.

2) Quais são os sintomas?

sarampo sintomas

Os sintomas de sarampo costumam aparecer depois de 14 dias de exposição ao vírus. Os sinais mais aparentes são:

  • Tosse
  • Febre
  • Olhos avermelhados
  • Sensibilidade à luz
  • Dores musculares
  • Coriza
  • Dor de garganta
  • Manchas brancas pela boca
  • Coceiras
  • Erupções mais graves nas articulações
  • Manchas vermelhas pelo corpo (as manchas vermelhas aparecem de três a cinco dias depois da exposição ao vírus, e podem durar até sete dias).

3) Como diagnosticar?

sarampo

O diagnóstico é dado, na maioria das vezes, sobre o fator observação. Notadas as manchas brancas na boca, a vermelhidão na pele, a febre e os outros sintomas, o médico pode fazer o diagnóstico. Se não detectado dessa maneira,  o exame de sangue pode verificar a existência do vírus ou não, além dos  exames de urina.

Acabar com o zumbido no ouvido

4) Existem complicações?

As complicações do sarampo podem ser fatais. Pneumonia, encefalite, infecções na orelha, bronquite, diminuição das plaquetas, cegueira e até diarreia grave podem ser consequências do vírus, se não tratado adequadamente. Em mulheres grávidas há risco de aborto ou parto prematuro.

5) Como prevenir?

A maior forma de prevenção é a vacina. Chamada de vacina MMR ela protege contra o sarampo, papeira e rubéola. A primeira dose deve ser dada aos 12 meses de idade e a segunda entre os 4 e os 6 anos.

6) Como tratar?

Diferentemente da catapora, não há medicamentos certos para aliviar a dor ou a coceira no sarampo, o meio mais usado para a cura é a vacina. Os sinais e sintomas costumam terminar em até três semanas. Todavia o médico costuma fazer as seguintes recomendações:

  • Ingestão de líquidos (para auxiliar na hidratação é recomendado a ingestão de 6 a 8 copos por dia)
  • Uso de umidificador nos ambientes
  • Suplementos de vitamina A
  • Repouso

7) Tratamentos caseiros para você tratar em casa

Alguns remédios naturais são indicados para tratar do sarampo, entre eles, o que mais se destacam são:

A) Alho

beneficios-do-alho-2

O alho misturado com mel é um remédio natural muito eficaz para o sarampo. Recomenda-se a mistura e a ingestão todos os dias até os sintomas diminuírem.

B) Água de coco e carne

Junto com a carne, a água de coco pode ser uma bebida muito eficaz e rápida para a recuperação do sarampo. Contendo nutrientes naturais e antioxidantes, a mistura ajuda na limpeza e equilíbrio do corpo.

C) Cevada

ce

Quanto mais cevada, melhor. O sarampo pode ter seus sintomas e feridas diminuídos mais rapidamente com a ingestão de cevada com água e óleo de amêndoa.

Acabar com o zumbido no ouvido

D) Manteiga

manteiga-margarina

Para diminuir a febre, um dos sintomas do sarampo, a manteiga é bastante utilizada. Misture manteiga com doces com bastante açúcar e coma uma colher da mistura toda manhã.

 

Fontes:

http://emedicine.medscape.com/article/966220-overviewhttp://www.healthline.com/health/measles#Prevenção7

http://home-cure.net/best-natural-cure-measles-home-remedieshttp://www.medicinenet.com/measles_rubeola/page2.htm


Equipe Biosom

contato@biosom.com.br