Sinusite – Causas, Sintomas, Tratamentos e Remédios Caseiros

Conheça os Melhores 10 Remédios Caseiros para Sinusite

Sinusite é uma inflamação responsável pelos danos a mucosa dos seios paranasais. As cavidades, basicamente estão repletas de ar, porém, no momento em que são imobilizadas por causa do fluído, o cenário fica favorável para agentes como vírus e bactérias. Dessa maneira, uma inflamação como a sinusite pode acabar surgindo. Algumas pessoas podem pensar que se trata de um problema corriqueiro ou nem sabem que possuem a sinusite, mas é importante buscar pelo tratamento adequado,  e recorrer às orientações médicas. Neste artigo, você conhecerá os tipos de sinusite, remédios caseiros, sintomas e tratamentos. Confira a seguir!

O que é sinusite?

Sinusite - Causas, Sintomas, Tratamentos e Prevenção

O termo sinusite refere-se a uma inflamação que afeta as cavidades ao redor das vias nasais, chamados também de seios paranasais. Ela pode acometer qualquer um dos quatro grupos dos seios paranasais: esfenoidais, frontais, maxilares e etmoidais. Na maioria dos casos, a doença se estabelece juntamente com a inflamação dos canais nasais e alguns médicos podem utilizar o termo rinossinusite nessas situações.

Existem dois tipos principais, mas há mais 2 formas da condição ocorrer, tais como:

  • Aguda: Tem as características semelhantes a um resfriado, podendo ser desencadeada por um ou por uma alergia. Dura em torno de 3 semanas ou menos. Normalmente, ocorre no inverno, que é um período onde os resfriados costumam surgir com mais facilidade;
  • Crônica: Os sintomas são mais persistentes, durando em torno ou mais de 8 semanas. Geralmente, o caso da sinusite crônica é desencadeado por uma infecção;

A condição ainda pode afetar as pessoas das seguintes formas:

  • Subaguda: A inflamação dura de 4 a 8 semanas;
  • Recorrente: Refere-se à ocorrência da condição várias vezes ao ano.

Quem mora em grandes cidades, como São Paulo, frequentemente sofre pelas mudanças repentinas na temperatura, ora calor de 35 graus, ora frio ou ventania. Nesse contexto, as mudanças bruscas de temperatura e principalmente, o uso do ar condicionado no escritório, poluição, calor intenso em muitos dias, podem contribuir para as crises de sinusite.

A sinusite, seja causada por reações alérgicas como a pó ou originada de infecções virais e bacterianas, pode atingir todas as idades, especialmente pessoas acima de 20 anos. Por isso, é essencial buscar sempre o auxílio médico e ficar de olho nos sintomas, que podem parecer um resfriado comum a principio, mas se trata de algo mais grave e que merece atenção médica, além de um tratamento adequado.

Quais são as causas de sinusite?

Milhões de brasileiros são acometidos pela sinusite por ano. Nas crianças, o ambiente pode ser um dos fatores principais para o desenvolvimento da inflamação, incluindo alergias e doenças transmitidas por outras crianças, o que geralmente ocorre em ambientes cheios e fechados. Nos adultos, a sinusite pode ocorrer por reações alérgicas, infecções virais ou bacterianas e tabagismo. Abaixo, você pode conferir uma lista com as principais causas:

  • Reações alérgicas: Causas ocasionadas pelo ar como poeira, pólen, poluição, pelos, mofo, cigarros e etc. São agentes que geralmente estão fortemente presentes no dia a dia de grande parte das pessoas;
  • Desvio de septo nasal: Acontece quando a parede entre as narinas estão tortas e causam um desvio nos seios podendo bloqueá-los, isso pode propiciar o surgimento da rinite;
  • Trauma na face: Quando um osso do rosto é fraturado pode causar obstrução das passagens das vias nasais;
  • Infecções respiratórias: Os mais comuns são a gripe e o resfriado, que inflamam e bloqueiam a drenagem de muco. Dessa forma, condições favoráveis para o crescimento de bactérias são criadas. Essas infecções podem ser virais, bacterianas ou causadas por fungos. Outras doenças respiratórias como rinite e asma, podem favorecer a origem de sinusite;
  • Doenças ou até remédios que enfraquecem a imunidade: complicações de fibrose cística, refluxo gastroesofágico, AIDS e outras complicações que acometem o sistema imunológico e possuem a capacidade favorecer o estabelecimento de uma inflamação como a sinusite;
  • Células do sistema imunológico: as células do sistema imunológico, que recebem o nome de eosinófilos podem resultar na inflamação do seio nasal;
  • Pólipos nasais: refere-se ao acréscimo do tecido que reprime as passagens nasais.

Qual é a ligação entre sinusite e dor de ouvido? 

Você provavelmente já ouviu falar da relação da dor de cabeça com a sinusite. No entanto, sabia que também existe uma ligação entre essa condição e a dor de ouvido? Afinal, tanto a sinusite, quando a dor de ouvido, são complicações que estão associadas à congestão nasal. Nesse cenário, as pessoas acabam tendo dificuldade de ouvir corretamente e também para respirar.

O motivo, é que as orelhas estão ligadas à parte traseira da cavidade nasal, por meio da trompa de Eustáquio. Estes “tubos” tem o propósito de manter uma pressão adequada, entre o nariz e a orelha. Nas pessoas infectadas pela sinusite, a trompa de Eustáquio é bloqueada através do fluído acumulado na zona do ouvido médio.

Dependendo do grau de intensidade da infecção causada dentro da orelha, a sinusite, juntamente da dor no ouvido, podem ser repletamente maçantes, ardentes ou afiadas. Certas vezes, o líquido que está dentro da trompa de Eustáquio não é infectado, porém, ainda assim coloca pressão sob o tímpano, causando dessa forma, inchaço e vermelhidão. Além disso, possui um impacto direto em relação ao nervo auditivo, tendo assim, chances de bloquear a capacidade de audição.

A retirada do muco por meio dos “tubos” não é uma tarefa fácil. O motivo, é que se trata de um líquido espesso, gerando assim maiores dificuldades na hora de ser drenado. Em casos muito severos, o tímpano pode ficar inflado e surgir uma dor grave de ouvido.

Existem alguns medicamentos indicados para impedir a retenção de líquido e, portanto, contribuem com a prevenção dos principais problemas de audição ou dores no ouvido que costumam surgir. No entanto, é sempre válido lembrar-se da importância de receber orientações médicas para cuidar da sua saúde e utilizar medicamentos, não se esqueça!

A infecção pode levar a uma extrema dor de ouvido, o que geralmente é difícil de tolerar, seja por crianças ou até mesmo adultos. É algo, de fato, muito incômodo. Esse cenário acaba criando um grande problema e aumentando a necessidade da busca por um médico especializado para realizar adequadamente o diagnóstico e o tratamento.

Estudos têm demonstrado que a sinusite e a dor no ouvido podem ser o efeito colateral de medicação prolongada de anti-histamínicos e antibióticos fortes. Outras razões para o aparecimento dessas complicações podem ser reações alérgicas, poluição do ar, pele de animais, poeira, fumaça ou mudança sazonal súbita. Pode começar com um corrimento nasal e pressão na testa ou área dos olhos o qual leva a infecção no ouvido. É claro que cada caso pode se desenvolver de maneira distinta, ocorrendo assim, divergências em cada tratamento prescrito.

Quais são os sintomas da sinusite?

A sinusite crônica e a sinusite aguda têm sintomas parecidos, mas sinusite aguda é temporária e muitas vezes associadas a um resfriado. Por exemplo, febre é apenas um sintoma comum de sinusite aguda e não de uma sinusite crônica. Pelo menos dois dos seguintes sintomas devem estar presentes para o diagnóstico de sinusite crônica:

  • Catarro mucoso, amarelo esverdeado no nariz ou na garganta
  • Obstrução ou congestionamento nasal que causa dificuldade na hora de respirar pelo nariz
  • Dor, sensibilidade e inchaço ao redor dos olhos, bochechas, nariz ou na testa
  • Redução ou perda de olfato e paladar
  • Duração de mais de 12 semanas.

Outros sintomas podem incluir:

Acabar com o zumbido no ouvido
  • Dor de ouvido
  • Dores no maxilar superior e dentes;
  • Inflamação do ouvido;
  • Tosse;
  • Dor de garganta;
  • Dor de cabeça;
  • Mal-estar;
  • Inchaço no rosto;
  • Sensibilidade facial;
  • Mau hálito;
  • Fadiga ou irritabilidade;
  • Náusea.

Como é feito o diagnóstico?

A realização de exames laboratoriais ou de imagem é algo difícil de ocorrer em consultórios para diagnosticar a sinusite, porém, não é impossível que o médico solicite uma tomografia computadorizada ou outros testes de imagem. Lembrando que essa também é uma forma de descartar outros problemas de saúde.

Mesmo com o tratamento em casa, a pessoa deve consultar um especialista para obter o melhor diagnóstico, tratamento e remédio para o processo. O motivo principal é erradicar a mucosa infectada e permitir a passagem para a trompa de Eustáquio.

Os médicos costumam sugerir antibióticos, analgésicos e descongestionantes para eliminar a infecção e criar uma passagem livre dentro da trompa de Eustáquio. A sinusite e a dor de ouvido podem ser diagnosticadas e tratadas com precisão, é claro, se você fizer o indicado pelo seu médico. Há muitas pessoas que têm medo de mostrar doenças de orelha para os médicos e os casos não tratados podem se tornar ainda piores.

O ouvido é uma parte do corpo sensível e você deve começar o tratamento o quanto antes. Não hesite em consultar um especialista, pois essa é uma forma de evitar complicações futuras que podem ter como consequências grandes impactos em sua vida.

Quais são os tratamentos?

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

A) O tratamento da sinusite crônica visa:

  • Reduzir a inflamação de seios nasais;
  • Manter a passagem nasal aberta;
  • Eliminar a causa subjacente;
  • Reduzir os sintomas.

É importante notar que em alguns casos, a sinusite aguda não necessita de tratamento, a não serem medidas tomadas para o alívio dos sintomas presentes, como medicamentos para a dor, soro ou solução salina para as lavagens nasais e descongestionantes. Ao contrário da sinusite crônica, que geralmente requer o uso de antibióticos, entre outros medicamentos. Naturalmente, a necessidade dos métodos a serem seguidos, será avaliada pelo seu médico e dependerá muito de qual é o seu estado.

B) Pode ser recomendado pelo médico:

  • Solução salina: A mistura de água e sal ajuda a limpar as secreções nasais. Você pode inserir no seu nariz diretamente, mas existem sprays nasais que facilitam a inserção no nariz. Para preparar essa solução em casa, basta aquecer 1 litro de água quente e misturar com uma colher de chá de açúcar e uma colher na mesma medida de sal. Espere esfriar um pouco e goteje de duas a três gotas nas narinas;
  • Corticosteroides orais ou injetáveis: Estes medicamentos são usados normalmente para aliviar inflamações mais graves de sinusite, especialmente para aqueles que têm pólipos nasais. Corticosteroides podem causar sérios efeitos colaterais quando usados durante longos períodos, por isso, eles são indicados apenas para tratar sintomas graves. Não use nem esse, nem nenhum outro tipo de remédio sem prescrição médica;
  • Descongestionantes: Estes medicamentos estão disponíveis nas drogarias em forma de líquidos, comprimidos ou spray nasais. Esses medicamentos são normalmente tomados somente por alguns dias, caso contrário podem causar um efeito colateral, levando ao reaparecimento de um congestionamento mais grave;
  • Antibióticos: são necessários para as sinusites se você tiver uma infecção bacteriana. No entanto, as sinusites crônicas são causadas por algo mais do que bactérias, por exemplo, fatores externos, por isso, somente o uso dos antibióticos nem sempre ajudam. Dessa forma, eles acabam servindo para complementar o tratamento, afinal, dificilmente um tratamento contará apenas com um tipo de recomendação médica;
  • Imunoterapia: se alergia está contribuindo a sua sinusite, injeção de imunoterapia pode ajudar a abaixar os sintomas causados pela alergia;
  • Cirurgia: Nos casos em que a sinusite continua resistindo aos tratamentos, a cirurgia pode ser uma solução. Para este procedimento, o médico usa um endoscópio fino que examina as passagens nasais. Dependendo da causa de obstrução, o médico pode utilizar os instrumentos adequados para remover o tecido ou raspar um pólipo que está obstruindo e causando o problema.

10 remédios caseiros para sinusite

 

Sinusite - Causas, Sintomas, Tratamentos e Prevenção - Remédios Caseiros

Algumas vezes, descobrir meios de lidar com algum problema de saúde com métodos caseiros, pode ajudar de uma forma significativa. Não se esqueça de pesquisar bem a respeito e se possível, perguntar a opinião do seu médico, para não ter complicações futuras.

Em algumas circunstâncias, é difícil ou até mesmo inevitável fugir dos fatores que podem agravar ainda mais a sinusite, como a mudança brusca de temperatura, Sendo assim, vale a pena conferir algumas dicas da medicina alternativa e tratamentos naturais que podem ser aplicados no dia a dia.

1) Vinagre de maça

É conhecido por ser muito eficiente no tratamento da sinusite. O que você precisa fazer é misturar com água quente e mel. Você pode beber um chácara de chá diariamente.

2) Inalação feita em casa

Respirar no vapor ajuda a descongestionar a mucosa nasal. O que você precisa fazer é misturar água e menta e ferver a solução. Respire o vapor.  

3) Extrato de semente de uva

O líquido formado no extrato é conhecido como um dos remédios caseiros mais eficientes. Você pode simplesmente espremer as sementes com um espremedor caseiro e usar um conta gostas para aplicar o líquido dentro do nariz. 

4) Compressa de gengibre

Ferva raiz de gengibre por 15 minutos. Molhe uma toalha com o líquido quente, cubra o rosto com uma toalha molhada, pois isso pode ajudá-lo a obter alívio rápido de drenagem nasal e sinusite.

5) Aumento de ingestão de água

Aumentar a quantidade de água é uma grande ajuda no tratamento contra a sinusite. A água irá hidratar o corpo e assim reduzindo os bloqueios da sinusite. 

6) Suco de espinafre com hortelã

Ambos possuem capacidade de diminuir possíveis inflamações nasais.

7) Folhas de chá

um popular remédio caseiro contra a infecção do sinus, pois além de sua eficácia na cura da doença, ele ajuda também no alivio, além de ser fácil de usar. Tudo que você precisa é aquecer as folhas em uma chaleira chaleira quente, em seguida, beber normalmente.

8) Água do mar

Você precisa apenas aquecer água comum (água potável) juntamente com água do mar, na mesma quantidade. Goteje dentro da narina. A solução da água do mar irá ajudar na descongestionar as narinas.

9) Suco de Cenoura

Beber esse suco diariamente por um período de pelo menos um mês pode ajudar a tratar o problema. Para obter um melhor resultado, beba o suco de manhã.

10) Eucalipto

É eficiente para curar resfriado comum e dor de garganta. Também tem funções antissépticas que evitam a inflamação de suas cavidades nasais. Basta fazer um chá usando as folhas e consumi-lo diariamente.

Outra opção interessante envolvendo o eucalipto, é inalar o vapor dele, através de uma nebulização. Esse processo consiste em simplesmente inspirar o vapor de 15 a 20 minutos.

Acabar com o zumbido no ouvido

Dicas caseiras para aliviar a sinusite

Sinusite - Causas, Sintomas, Tratamentos e Prevenção - Guia de Lavagem Nasal

Por meio de algumas dicas simples, é possível tornar o tratamento ainda melhor em casos de sinusite. Não se esqueça da prioridade da sua saúde e seguir os passos indicados por seu médico, é a melhor maneira de alcançar bons resultados e ficar livre dessa condição tão incômoda. Confira as dicas:

1) Descansar

Isto ajuda o seu corpo a reagir contra inflamação e a se recuperar rapidamente. Um repouso adequado é uma ótima forma de complementar o seu tratamento, especialmente para evitar complicações futuras.

2) Beba água

Beber água ou suco ajuda a diluir e eliminar as secreções do corpo. Evite beber café ou bebidas alcoólicas que possuem a capacidade de aumentar o inchaço da sinusite e deixar desidratado.

3) Hidrate as cavidades nasais

Bloqueie com uma toalha em cima da cabeça e respire o vapor de uma tigela de água quente. Mantenha o vapor subir ao rosto. Ou tome um banho quente, para respirar o vapor.

4) Durma com a cabeça elevada

Isto ajuda a drenar e reduz o congestionamento.

5) Lavagem nasal com solução salina

Use as garrafinhas que podem ser espremidas. Encha a solução salina e aperte lentamente dentro do nariz para limpar bem a passagem nasal. Ainda mais, há outra opção, de utilizar uma seringa com água morna e sal, para eliminar os agentes irritantes e até mesmo o excesso do muco;

6) Lavagem nasal com soro fisiológico

Outra forma interessante e prática de eliminar os fatores irritantes, realizando uma boa limpeza das narinas, é usar soro fisiológico de cinco a seis vezes por dia.

Não deixe de baixar o aplicativo Hearing Guardian no seu mobile!

Você já conhece o aplicativo Hearing Guardian? Imagina cuidar da sua saúde auditiva por meio do seu celular? Com esse aplicativo, é possível! A alta exposição sonora tem sido uma das principais razões da perda auditiva e o zumbido no ouvido tem sido uma das principais consequências.

Para que o usuário possa avaliar os resultados antes de fazer qualquer renovação, disponibilizamos 30 dias grátis do software para que utilize diariamente e sinta as melhorias em sua capacidade auditiva. Caso prefira, o aplicativo também está disponível para ser usado em mobiles, tablets e computadores!

Você já teve algum sintoma da sinusite? Não se esqueça de buscar por um médico especializado, como um otorrinolaringologista para obter as informações mais precisas sobre o caso em questão. Além disso, é a forma de receber o tratamento certo e melhorar dessa condição, que muitas vezes é realmente incômoda.

Veja também o vídeo que ensina os tratamentos caseiros para a sinusite (10:21):

Fonte:

http://www.articlesworthreading.com/sinus-remedies-that-you-can-find-at-home.html

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMH0072669/